Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Calibre 12! Preso Controlava Chaves e Até Arma do CDP de Chapadinha

CDP de Chapadinha Elogiado em Passado Recente

Destacando que o Centro de Detenção de Chapadinha já chegou a ser elogiado na administração anterior da unidade. Hoje começa a apresentar riscos, o veterano e respeitado jornalista Aldir Dantas denunciou em sua página da internet que um detento tinha sob sua guarda documentos, computadores, chaves e até uma escopeta calibre 12 da unidade prisional.

“Os vícios e desmandos da desastrosa e criminosa administração do ex-secretário Sebastião Uchôa, infelizmente ainda prosperam dentro do Sistema Penitenciário do Maranhão. No município de Chapadinha, o preso Valdenilson Reis da Silva, era o responsável e tinha sob a sua custódia, chaves de uma sala em que eram guardadas armas, documentos, computadores e outros bens móveis da unidade prisional integrante da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária” diz a matéria do blog Quarto Poder.

“Apesar das sucessivas advertências feitas por servidores da instituição lotados na unidade, o diretor Geofran Fernandes, deixava bem claro que era o diretor e administrava como achava conveniente e quem achasse errado, que tomasse as providências que bem entendessem. Temendo pela própria vida, em razão de manifestações de sérios riscos já manifestada pelo preso e outros colegas da unidade prisional, o agente penitenciário Domingos Vaz Cutrim registrou um boletim de ocorrência na Policia Civil e denunciou o fato ao Promotor de Justiça e ao Juiz da Comarca de Chapadinha. O detento Valdenilson Reis da Silva tinha sob a sua responsabilidade uma escopeta 12, com 22 cartuchos, dos quais 18 com balas de borracha e 04 com balas de chumbo, que foram apreendidos”, completa Aldir Dantas.

Ainda de acordo com a matéria, “o Ministério Público mandou instaurar procedimentos para apurar as responsabilidades e o juiz solicitou revista imediata na unidade prisional pela Policia Militar, que não encontraram armas dentro das celas. Apesar do fato já ter sido comunicado a direção da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, o diretor Geofran Fernandes permanece na direção da unidade e já deixou bem claro que haverá retaliação”.

“Lamentável sob todos os aspectos é que todos os desmandos e vícios instituídos no Sistema Penitenciário do Maranhão por Sebastião Uchôa continuam prosperando, com sérios riscos de conflitos e mortes”, finaliza Dantas.

Blog Confirma Denúncias
Antes de publicar a matéria, o Blog do Alexandre confirmou os fatos com duas fontes ligadas ao CDP que preferiram não se identificar. Ainda de acordo com informações o detento Valdenilson Reis da Silva, conhecido como Irmão Calebe, foi preso por roubo em Anapurus e possui diversas passagens no sistema penitenciário. 

Padre Neves Desmonta Propaganda de Belezinha

DESCULPAS ENCHEM OS OUVIDOS, MAS NÃO CEGAM OS OLHOS.

“Não basta ter língua para bem falar. É preciso ter cabeça para saber o que se diz. Também não basta ter imaginação e espírito inventivo para encontrar desculpas. É preciso ter razão para se poder desculpar. Dentro da sã convivência social, é necessário que o que se diz coincida com o que se faz. É preciso falar a verdade. Sempre que em Chapadinha, alguém demonstra certo descontentamento ou desconfiança sobre o trabalho da Administração Pública, vem logo alguém a desfazer a observação e a dizer que não há quem tenha trabalhado mais. Mas, mais que com a boca, o que está em causa mede-se com os olhos. Não é questão de língua, mas de esforço e suor. O que não se enxerga feito não são palavras, por mais sábias que sejam, que o vão realizar. E temos que ser sinceros: não se enxerga grande coisa que justifique o gasto de milhões na atual Administração Municipal. Há projetos, sim, que vieram e obrigaram a mexer com um bocado de terras e estradas do interior. Projetos (todos sabem!) são também maneiras de aumentar o depósito de verbas para deputados amigos fazerem sua campanha eleitoral e satisfazerem a compra de votos e outros gastos. (Diz-se que políticos são os mais religiosos: de tudo que fazem “tiram um terço”). Mas fica sempre a pergunta: e o Fundo de Participação que vem para o Município? Há prestação de contas? Onde está a dita e tão apregoada transparência pública que não se vê e não aparece afixada em lugar nenhum?

Como se pode saber para onde vão as verbas que o Município recebe? Quanto vem sabe-se pela internet. Mas como são gastas de uma maneira razoável e convincente, não sei onde procurar. E sejamos claros: o Município está quase parado. Se não fossem as carreatas e as diligências para obrigar empregados a votar compulsivamente... eu diria: está tudo parado! As praças foram desarranjadas (a ex-Prefeita diz que deixou dinheiro! )e permanecem assim. Deixaram chegar o mercado a um ponto que até mete dó e nojo. As ruas do Bairro da Independência e Rua Ataliba Vieira levaram “breu“ para serem asfaltadas e já se não vê nem uma coisa nem outra. As torneiras estão sem água e até os poços e depósitos de Recanto dos Pássaros e da Boavista vão em ritmo tão lento que não sei se terão fim. Muitas coisas mexidas e poucas acabadas. Muitas palavras e poucas obras. Muitas desculpas que não convencem. Sabemos que de Tinguis a Centro Velho, de Bonfim a S. Rita, de S. Rita a Lagoa Amarela, de Muquém a Riacho Seco, na Chapada Limpa... é verdade que se melhoraram caminhos, mas também se sabe que foi com máquinas, agora,  próprias da Prefeitura e com projetos, para cada uma desta recuperações, de cerca de R$150.000,00, o que também não se justifica pelo que foi feito. Temos número de processos e verbas atribuídas. Que estão a fazer os senhores vereadores e os senhores Promotores de Justiça?”


Padre Neves / Blog da Paróquia, em 27 de outubro. 

Anistia Internacional Denuncia Mortes de Lideranças Rurais no Maranhão

Comunidade do Charco na Baixada Maranhense, palco de conflitos agrários no Estado. 
Foto: Renata Neder/Anistia Internacional


No dia 30 de outubro de 2010 – há exatos quatro anos,  o líder camponês e quilombola Flaviano Pinto Neto sofreu uma emboscada. Josué Sodré Sabóia, que segundo as investigações era chefe de um grupo de extermínio, deu sete tiros no camponês, que morreu instantaneamente. Segundo consta, o assassinato foi feito a mando de grileiros com interesses na região onde fica a comunidade quilombola do Charco,  município de São Vicente Férrer, na Baixada Maranhense.

O assassinato se transformou num símbolo da gravidade dos conflitos de Terra no Maranhão e mobilizou entidades maranhenses como Comissão Pastoral da Terra – CPT ;  a Federação dos Trabalhadores da Agricultura – FETAEMA; a Comissão de Direitos Humanos da OAB, a  Sociedade Maranhense de Direitos Humanos e Cáritas. A extensão dos prejuízos econômicos, sociais e sobretudo humanos, dos conflitos agrários no Maranhão, representados na morte de Flaviano, chamaram também a atenção de instituições internacionais.

A Anistia Internacional é uma organização não governamental célebre no mundo por investigar denúncias de torturas, prisões políticas, execuções e violações de direitos humanos. A organização atua desde os anos de 1960 e no Maranhão acompanha os conflitos agrários desde 2010 com ênfase nos desdobramentos dos conflitos como o quilombo Pontes (em Pirapemas), a comunidade Santa Maria dos Moreiras (em Codó), e da própria comunidade do Charco, onde Flaviano foi assassinado.

Segundo a Anistia Internacional, em 2014 – até outubro – já foram cinco lideranças rurais mortas no contexto da luta pela terra no estado.

Trago a seguir uma entrevista que fiz com Renata Neder, assessora de direitos humanos da Anistia Internacional no Brasil, que esteve na Baixada Maranhense no início do mês de outubro, acompanhando de perto os conflitos na região:

Qual o objetivo da “Maratona das Cartas”, realizada pela Anistia Internacional?
Renata Neder – A Maratona de Cartas é um evento que acontece todos os anos no mês de dezembro por ocasião do dia 10 de dezembro, o dia internacional dos direitos humanos. A cada ano, alguns casos emblemáticos de defensores de direitos humanos ou comunidades em situação de risco são escolhidos e há um esforço coordenado para fazer ações de campanha em defesa desses casos. As principais atividades envolvem coleta de assinaturas e envio de cartas para as autoridades competentes com o objetivo de colocar pressão para que as devidas medidas sejam tomadas em defesa daquele defensor de direitos humanos ou daquela comunidade. A campanha é também uma oportunidade para dar visibilidade – especialmente na imprensa – a cada um desses casos que, normalmente, sofrem de certa invisibilidade em relação à sociedade como um todo.

Qual foi a receptividade junto às comunidades quilombolas visitadas?
Renata Neder – Visitamos a comunidade do Charco, que fica localizada nos municípios de São João Batista e São Vicente Férrer, e fomos muito bem recebidos. Os moradores deram depoimentos sobre a história da comunidade e seu cotidiano e o conflito agrário na região. Eles também relataram os detalhes das ameaças e ataques que já sofreram por parte de fazendeiros locais, como por exemplo o incêndio da sede da associação de moradores e o assassinato de Flaviano Pinto Neto, presidente da associação, em 30 de outubro de 2010. Os moradores do Charco entendem a importância de sua mobilização para avançar na realização do seu direito à terra e também na luta por justiça. A articulação com a Anistia Internacional é um dos elementos dessa mobilização em busca de seus direitos.

Que avaliação você faz da situação dos territórios quilombolas no Estado?
Renata Neder – O conflito por terras no Maranhão leva a diversas situações de violações de direitos humanos. Há diversas denúncias de ameaças e ataques a comunidades rurais e quilombolas, assim como a suas lideranças.

O estado do Maranhão é marcado por um histórico de conflitos por terra e violência contra trabalhadores rurais e comunidades quilombolas. Os dados divulgados pela Comissão Pastoral da Terra indicam que 34 pessoas foram assassinadas em decorrência de conflitos por terra no Brasil em 2013, sendo três delas no estado do Maranhão. Em 2014 – até outubro – já foram cinco lideranças rurais mortas no contexto da luta pela terra no estado. Na maior parte das vezes, esses crimes permanecem impunes. Não há a devida investigação desses assassinatos e os casos não são levados a justiça. Esse quadro de impunidade acaba alimentando um ciclo de violência no campo.

O processo de identificação e titulação de comunidades quilombolas no estado do Maranhão é bastante lento. São cerca de mil comunidades quilombolas no estado, das quais pouco mais de 400 já tiveram o certificado emitido pela Fundação Palmares. Mas o número de comunidades que teve o RTID concluído não chega a dez. A comunidade do Charco é uma delas.

E essa lentidão no processo de titulação das comunidades quilombolas deixa essas comunidades expostas a uma situação de risco de ameaças e ataques por parte de fazendeiros locais.

Como a Anistia Internacional tem atuado em relação aos conflitos agrários no Estado?
Renata Neder – Desde de 2010 a Anistia Internacional tem acompanhado, através de organizações locais como a Comissão Pastoral da Terra, as violações decorrentes de conflito por terra no Estado, especialmente ataques e ameaças a defensores de direitos humanos e comunidades rurais e quilombolas. Até o momento, a atuação da Anistia Internacional foi reativa à situações de ameaças graves ou risco iminente através de um instrumento de mobilização chamado “Ação Urgente”. A “Ação Urgente” é um chamado da Anistia Internacional para que seus membros e ativistas se mobilizem e enviem cartas, e-mail ou faz para as autoridades chamando a atenção para uma situação de risco imediato e pedindo a proteção – e outras medidas cabíveis – para garantir a segurança do defensor de direitos humanos ou da comunidade em risco. Diversas “Ações Urgentes” foram lançadas desde 2010 em defesa de lideranças, defensores de direitos humanos e comunidades no Maranhão, tais como o quilombo Pontes (em Pirapemas), a comunidade Santa Maria dos Moreiras (em Codó), o líder comunitário José da Cruz da comunidade quilombola Salgado, e também da própria comunidade do Charco.

No entanto, compreendemos que violações decorrentes de conflitos por terra tem causas estruturais e ações reativas a situação de risco iminente, embora extremamente importantes, não são suficientes. Por isso, a Anistia Internacional decidiu começar a ampliar sua atuação em defesa do direito de comunidades quilombolas no estado do Maranhão. Essa missão da Anistia Internacional ao Maranhão em outubro de 2014 foi o primeiro passo para isso.

A Anistia Internacional buscou algum tipo de posicionamento das autoridades em relação ao agravamento dos conflitos de terras no Maranhão?
Renata Neder  – A Anistia Internacional sempre busca dialogar e ouvir as autoridades e instituições envolvidas em um determinado caso de possível violação de direitos humanos, tanto para obter informações oficiais sobre o caso quanto para ouvir o posicionamento das autoridades diante de denúncias. E, finalmente, quando uma campanha é lançada, buscamos as autoridades competentes para apresentar nossas preocupações, recomendações e eventuais demandas.

Nesta primeira missão da Anistia Internacional ao Maranhão, conversamos com representantes do Ministério Público Federal e da Defensoria Pública da União que atuam no caso da comunidade do Charco. Ainda iremos conversar com outras autoridades de instituições relevantes no caso para obter mais informações e ouvir seus posicionamentos.

Jornal Pequeno / Blog da Lígia Teixeira 

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Parlamento Fiscalizador ou Câmara da Vergonha?


Depois das eleições de Deputado a Presidente da República a bola da vez nos bastidores políticos é a escolha da mesa diretora da Câmara Municipal de Chapadinha e há muito mais em jogo do que a simples vitória deste ou daquele vereador para comandar o poder legislativo entre 2015 e 2016.

É lógico que governo e oposição brigarão pelo controle da Câmara numa disputa aparente distante dos interesses da população que em regra acompanha o desenrolar da peleja com certa distância e apesar de não além de torcer, a população tem muito o que ganhar ou perder.

A prefeita Belezinha não esconde de ninguém o incômodo com a fiscalização de recursos públicos que a oposição tem conseguindo exercer de 2013 pra cá, com ajuda da presidência. Outros alvos do governo são iniciativas da mesa diretora comandada pelo vereador Nonato Baleco / PDT como as transmissões das sessões pelas Rádios Mirante e Cultura e avanços em favor da cidadania como a Câmara Itinerante (que desloca os trabalhos do parlamento a bairros e localidades da Zona Rural) e a Tribuna Popular (que concede espaço a movimentos sociais e personalidades públicas).

A depender do resultado da eleição prevista para 15 de dezembro podemos ter a consolidação de uma Câmara Municipal mais fiscalizadora e participativa ou a volta daquela câmara subserviente ao prefeito de plantão e que no passado ficou consagrada como “câmara da vergonha”. 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Reportagem Teria Flagrado Sarney Votando em Aécio Neves



Disponibilizado em reportagem da TV Amapá, afiliada da Rede Globo, o vídeo acima registra o exato momento do voto do senador José Sarney (PMDB) no tucano Aécio Neves (PSDB) para presidente da República.

Apesar de ostentar um bóton da petista Dilma Rousseff no peito, o oligarca maranhense aperta as teclas 4 e 5 da urna e confirma o voto.

Nas imagens exibidas pela emissora é possível ver claramente a foto de Aécio antes de José Sarney finalizar o voto do segundo turno.

Abaixo a reportagem na íntegra:



Com Informações da TV Amapá e Blog Marrapá

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Chapadinhense Jefferson Portela Confirmado Como Secretário de Segurança


Em entrevista à rádio Educadora AM, o governador eleito Flávio Dino anunciou na manhã desta segunda (27) o próximo secretário de Segurança Pública do Maranhão.

O delegado Jefferson Portela comandará a pasta a partir de 1º de janeiro, durante a administração de Flávio Dino à frente do Poder Executivo.


À frente da pasta, Jefferson será responsável pela implantação de políticas para prevenção de crimes, combate ao tráfico e à criminalidade no Maranhão. Em seu programa de Governo, Flávio Dino apresentou como proposta para a área a implantação do programa Pacto pela Vida – com a articulação de políticas de Estado entre todos os poderes para reduzir os índices de criminalidade no estado.

Do Blog do John Cutrim

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma Amplia Vantagem Segundo Ibope e Datafolha


Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

- Dilma Rousseff (PT): 54%
- Aécio Neves (PSDB): 46%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".



Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

Dilma Rousseff (PT): 53%
Aécio Neves (PSDB): 47%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.


A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

G1/Globo

Izamara Rebate Belezinha e Relembra Escândalos de Corrupção


Em nota divulgada pela Rede Social Facebook Izamara Menezes (foto) rebate  Belezinha no ponto em que ela se queixava de não ter conhecimento do que se passava nas secretarias administradas por indicados do ex-prefeito Isaías. Izamara diz que os processos licitatórios eram e continuam sob controle direto de Belezinha, relembra alguns escândalos de corrupção envolvendo exclusivamente pessoas ligadas à prefeita. Sobre a suposta trama para agredir a prefeita , Izamara nada comentou. Veja abaixo a íntegra da nota da filha do ex-prefeito Isaías.   

"Amigos de Chapadinha volto a fazer uso desse espaço, ainda livre e democrático, para tecer alguns comentários sobre uma entrevista concedida pela prefeita municipal de Chapadinha na rádio Mirante. Considero deprimente e lamentável o pronunciamento da autoridade maior do município que se propõe a agradecer os votos recebidos na eleição e foge do tema, como sempre, e passa a fazer comentários tentando justificar a sua incompetência e falta de preparo para o cargo, atribuindo os seus erros e falhas a outras pessoas.

Todo covarde e traidor possuem como característica principal nunca assumir seus erros. No caso em questão a prefeita já afirmou que foi eleita pelos seus méritos e graças a sua fortuna pessoal, portanto não precisou da ajuda de Isaias Fortes e do seu grupo politico. Afirmou na entrevista que no ano de 2013 não tinha conhecimento do que acontecia nas duas principais pastas do seu governo que estavam nas mãos do Senhor Isaias e por isso resolveu romper com o compromisso estabelecido durante a campanha eleitoral.

Quero agora jogar um pouco de luz sobre as sombras do ano de 2013.

1 – Os processos licitatórios foram e continuam sendo feito por uma comissão de licitação que funciona de forma independente das secretarias. Os secretários apenas assinam os contratos sem participarem do processo, e por sinal em 2013 vários contratos estão sem as assinaturas dos secretários.

2 – Qual secretário pertencente ao grupo de Isaias participou da compra de um caminhão compactador feito em nome da empresa da prefeita e depois alugado para a prefeitura para coletar lixo no município?

3 – Qual secretário ligado ao grupo de Isaias participou da transformação de uma empresa de fundo de quintal numa grandiosa locadora de veículos com o nome pomposo de Quepés? Onde o empresário proprietário é apenas um funcionário da prefeitura de Tutoia e sua companheira se enquadra no perfil dos beneficiários do programa bolsa família.

4 – Quem pertencente ao grupo de Isaias orientou a prefeita a sancionar uma lei que não havia sido aprovada pelo poder legislativo e com isso fraudar a previdência e o governo federal?

5 – De qual membro do grupo de Isaias partiu a orientação para que o município não repassasse para a secretária de Educação os 5% do FUNDEB?


Vou parar não por falta do que lembrar a COMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA dos seus erros grosseiros, que procura transferir para outras pessoas, mas para não transformar esse texto esclarecedor numa leitura enfadonha. QUEM PROCURA COM CERTEZA ENCONTRA E NA MEDIDA CERTA"

Nordeste Repudia Preconceito e Manifesta Apoio a Dilma


Em ato de campanha que reuniu mais de 30 mil pessoas em Petrolina, Pernambuco, na terça-feira (21), a presidenta Dilma Rousseff, candidata à reeleição, destacou que, diferente dos tucanos, os governos de Lula e Dilma mudaram a realidade do seminário e enfrentaram a seca.

 “Nós fomos capazes de enfrentar a seca e conviver com a seca. Nós sabemos que a seca vem e temos que estar preparados para ela. O estado mais rico do Brasil, o estado de São Paulo, não se preparou para a seca. O Nordeste se preparou e diante da maior seca, nós temos condições de viver aqui e não ficar catando pingo de água por aí. As milhões de cisternas são uma benção que construímos”, pontuou a candidata.

Durante o ato, Dilma leu um bilhete que recebeu de uma eleitora agradecendo a oportunidade da filha estudar na Austrália por meio do programa Ciência Sem Fronteiras, que prevê bolsas de estudo no exterior. “Eu li esse bilhete porque o Ciência Sem Fronteiras hoje beneficia todos os brasileiros, beneficia uma pessoa do Semiárido e várias pessoas”, destacou Dilma.

Sobre o Semiárido, Dilma destacou: “Está é uma das mais importantes regiões desse país, apesar do que acham os tucanos. Eles dizem que os votos que tivemos aqui foram de pessoas ignorantes. Nós somos ignorantes porque ignoramos os tucanos. Nós não reconhecemos os tucanos como alguém que fez uma política em favor de nenhum estado brasileiro, muito menos do Nordeste”, pontuou a presidenta.

Chapadinha Presente

Um dos dez estados que compõem o semiárido brasileiro, o Maranhão também mandou delegação a Juazeiro/Petrolina e Chapadinha marcou presença representada por este blogueiro e pelo militante da Articulação do Semiárido – ASA Juvenal Neres. 

Mais Fotos. 


  

terça-feira, 21 de outubro de 2014

A Chapadinha Lembrada por Dilma Não Pode Ser Esquecida por Nós


Uma das coisas mais imperdoáveis em Dilma e Lula (na visão da elite sulista) é que seus governos desviaram o olhar e modificaram prioridades não só em benefício do povo mais carente, mas fundamentalmente para regiões nunca antes contempladas com obras e ações pelos mandatários que os antecederam.

Nossa Chapadinha é um exemplo completo dessa inversão de prioridades com iniciativas como UFMA, Máquinas do PAC, Luz Para Todos, Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, UPA...

Matéria do Valor Econômico Elogiando Campus de Chapadinha
Contra o eterno abandono do Campus IV, o governo Lula aqui implantou o CCAA, Centro de Ciências Agrárias e Ambientais, cuja imponência das instalações só perde importância diante da excelente formação dos professores em sua totalidade mestre e doutores. Veja o destaque do Campus Avançado de Chapadinha em matéria da mídia nacional (Jornal Valor Econômico), clique aqui.

Prefeita de Chapadinha Recebe Máquinas do PAC

Sem receber em sua história uma enxada ou cavador, o município de Chapadinha – assim como os demais – foi contemplado com diversas máquinas e equipamentos pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário/MDA/PAC.

Luz Para Todos: 90% da Zona Rural com Energia Elétrica 
Diante da escuridão centenária o Programa Luz Para Todos já colocou energia elétrica em mais de 90% das residências da Zona Rural de Chapadinha. E essa Luz Para Todos os irmãos do campo não significa somente conforto e entretenimento, representa melhoria econômica, informação e cidadania.

Minha Casa Minha Vida: 2.900 Tetos para Chapadinhenses 
Se antes as tímidas iniciativas do governo estadual se resumia à Cohab dos anos 70 e ao Mutirão dos idos de 80, agora o "Minha Casa Minha Vida" já colocou teto sobre a cabeças de mil famílias de viviam morando de favor, pagando aluguel caro ou habitando em situação precária. Lá mesmo ao lado das Mil Casas do Residencial José de Souza Almeida temos outras 900 prontas esperando futuros donos e mais 1000 novas unidade que terão obras iniciadas até dezembro. São ao todo 2.900 moradias dignas para os Chapadinhenses.

Bolsa Família em Chapadinha: 14 Mil Famílias Beneficiadas e R$ 2,5 Milhões no Comércio

O odiado e combatido Bolsa Família socorre mais de 14 mil famílias conterrâneas e injeta mais de R$ 2 milhões e meio na economia de Chapadinha para alegria e prosperidade de milhares de pequenos comerciantes da periferia, interior e toda cidade.

Algum eleitor de Aécio seria capaz de lembrar uma obra do tucano Fernando Henrique em favor de Chapadinha durante os 8 anos de seu governo? Espero resposta! 

“Izamara Queria Quebrar Minha Cara”, Disse Belezinha

Belezinha, Izamara, Charles e Francejane: Antes do Rompimento

Dez meses após demitir os ex-secretários Fracejane Magalhães (educação) e Charles Bacellar (saúde) e romper com o padrinho político Isaías Fortes a prefeita Belezinha falou pela primeira vez no tema em entrevista ao programa Direto ao Assunto/Rádio Mirante, na tarde de hoje.

Belezinha começou dizendo que passou quase um ano sem saber o que acontecia nas duas pastas mais importantes de sua gestão que eram controladas pelo ex-prefeito Isaías. A prefeita disse ainda que até para efetuar o pagamento de um credor ela teve que ameaçar de demissão o secretário de saúde (em setembro de 2013). Ainda de acordo com a prefeita no final de 2013 os secretários Francejane e Charles teriam viajado deixando pagamentos por fazer o que acabou obrigando-a a demitir por um dia os titulares das pastas para efetuar pagamentos. “Eles estavam todos viajando e a alternativa foi exonerar eles (Charles e Francejane) só por um dia para que o pagamento dos servidores fosse feito”, disse Belezinha. “Na volta quando eles chagaram do passeio, ao invés de se justificar ou que deveriam até pedir desculpas, eles foram entrar com ações contra o banco e contra a prefeita”, completou.  

Belezinha disse que depois dos episódios do final de ano resolveu demitir Charles e Francejane. Os áudios que foram divulgados com exclusividade pelo blog e que precipitou o racha não comentado pela prefeita. Reveja matéria sobre os áudios "É Só Ladrão"

Ainda na entrevista a prefeita relatou o que teria sido uma trama para agredi-la dentro do Hospital Antonio Pontes de Aguiar. Antes de demitir o secretário de saúde Charles a prefeita mudou a diretora do HAPA e teria provocado a ira da filha do ex-prefeito Isaías e esposa de Charles, Izamara Menezes. “Quanto eu estava preparada para ir dar posse a Fernanda (nova diretora do HAPA) recebi uma ligação que dizia: prefeita não vá porque a Izamara e outras pessoas estão no Hospital para quebrar sua cara. Eu não fui e empossei a Fernanda em minha residência. Queriam levar minha administração para o outro lado e pra completar queriam quebrar minha cara”, finalizou a prefeita.

Outro Lado

Em comentário no Facebook o ex-secretário de educação Francejane Magalhães lembrou que move um processo contra a prefeita Belezinha em defesa de sua honra e que em breve dará mais detalhes sobre processo e sua saída do governo. Conseguimos contato com Izamara Menezes que se encontra em Balsas, ela informou não ter conhecimento do teor da entrevista da prefeita Belezinha, mas adiantou que vai se pronunciar sobre o caso em breve.  

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Dilma 52%, Aécio 48%, Diz Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

Dilma Rousseff (PT): 52%
Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S.Paulo".

De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno.

Votos Totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

Dilma Rousseff (PT): 46%
Aécio Neves (PSDB): 43%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 6%

Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente. 

O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.

Informações G1/Globo.com

Belezinha Assume Lei Falsa, Denuncia Trama de Isamara Para Agredi-la e Irmão Carlos Deixa Liderança Governo


Dia movimentado na política de Chapadinha. Em entrevista à rádio Mirante a prefeita Belezinha assumiu ter sancionado lei não aprovada pela câmara e, falando pela primeira vez do rompimento com o ex-prefeito Isaías, criticou os ex-secretários Charles Bacelar (saúde) e Francejane Magalhães (educação) por terem desobedecido ordens e atrapalhado sua gestão. Em outro momento quente da entrevista Belezinha relatou o que teria sido uma suposta trama de Izamara Menezes para agredi-la nas dependências do Hospital Antônio Pontes de Aguiar.

Durante a sessão da câmara o vereador Irmão Carlos / PRB renunciou à liderança do governo municipal e fez duras críticas à prefeita Belezinha.

Detalhes sobre estes assuntos logo mais no blog. 

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Manin Lopes e Levi Murici Devem Disputar Presidência da Câmara


As movimentações de bastidores da eleição da presidência da Câmara Municipal para o período de 2015 a 2016 indicam que os vereadores Levi Murici / PRB e Manin Lopes / PT devem disputar o comando do legislativo municipal.

A prefeita Belezinha teria escolhido Levi Murici como candidato do governo, mas encontra dificuldades para gerar consenso em torno do vereador e depois das eleições a base de apoio ainda não foi refeita.

Já o petista Manin Lopes tem sido incentivado pela oposição a disputar a presidência como nome confiável para manter a independência do parlamento com relação ao executivo e dar continuidade a conquistas democráticas como a transmissão das sessões pelas emissoras de rádios, a tribuna livre e câmara itinerante. 

Manin ainda não se definiu sobre candidatura, mas deve receber o apoio do atual presidente Nonato Baleco / PDT, que fará um pronunciamento tentando convencer o colega a entrar na disputa.


A eleição do novo presidente da Câmara deve acontecer no dia 15 de dezembro.  

Aécio Coveiro do Sarney? Fala Sério!...


Em mais uma bizarrice deste segundo turno presidencial, vejo (até de blogueiros e usuários do facebook que esculachavam Flávio Dino) o argumento de que uma eventual vitória de Aécio teria o efeito de cravar uma bala de prata no lobisomem de bigode chamado Sarney. Esperteza que o eleitor não pode levar na inocência.

Quem apela pra tal premonição desconhece a longa história de compadrio entre os Sarneys e a Família Neves que começou com o próprio Aécio sendo nomeado por Sarney (que, aliás, assumiu a Nova República com a morte de Tancredo – avó de Aécio) para um cargo na Caixa Econômica Federal, isso nos idos de 1985.

Se Sarney deu emprego e até rádio para Aécio Neves, os tucanos tiveram muito como retribuir ao velho oligarca maranhense. Veja recortes e fotos abaixo.  

Sarney foi fiel defensor dos governos tucanos no senado e teve o filho Zequinha Sarney nomeado Ministro do Meio Ambiente, por Fernando Henrique Cardoso, de 1º de janeiro de 1999 a 5 de Março de 2002.

Aécio chegou à presidência da Câmara Federal em 2001 com apoio fechado da bancada sarneísta. Agora adivinhem quem era o presidente do senado no mesmo período? Se respondeu Sarney, errou por pouco, porque o senado era presidido por Edson Lobão, esse que é ministro da Dilma e pai do candidato derrotado por Flávio Dino.

Sarney, feito a imagem e semelhança do PMDB, é aliado de qualquer poder ou governo que o aceite. Da ditadura militar ao período da guerrilheira Dilma, nosso Zé Ribamar desfrutou do banquete do Planalto e não seria um confrade almofadinha-elitista como Aécio a enfiar a estaca no peito do velho vampiro.

O que o eleitor de Flávio Dino precisa entender é que Sarney derrotado no Maranhão e Amapá, se encontra ferido de mortal fraqueza e será enterrado sim por um bom governo e uma boa política do Governador de Todos Nós.  

Jovem Aécio Nomeado Diretor de Loterias da Caixa, Homenageia Sarney 

Nomeação de Aécio por Sarney

Aécio Ganha Rádio de José Sarney 

Sarney Filho Ministro de FHC

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Aprovação de Dilma Sobe Pra 54% e Rejeição de Aécio Aumenta


Dois dados das pesquisas que saíram ontem preocupam a campanha de Aécio Neves: o crescimento da aprovação do governo Dilma e o aumento da rejeição ao candidato tucano.

Com relação à aprovação do governo Dilma, o Ibope divulgou a evolução da aprovação do governo Dilma Rousseff. “Quarenta por cento dos entrevistados avaliavam o governo Dilma como ótimo ou bom. Depois, 39%. E agora, são 43%”.  Na soma dos dados a aprovação do governo agora é de 54%.

Rejeição de Aécio Sobe
Analistas também destacaram o acrescimento da rejeição de Aécio. “Um dado da pesquisa Datafolha chama a atenção: a rejeição do candidato do PSDB, Aécio Neves, subiu quatro pontos percentuais: hoje, 38 % dos eleitores não votariam de jeito nenhum no tucano (eram 34% no dia 9). Enquanto isso, a rejeição de Dilma ficou praticamente estável: passou de 43% para 42%” noticiou o G1, portal da Rede Globo.

O comentarista político da Globo News, Gerson Camarotti, pontuou a crescente avaliação negativa de Aécio Neves. “Isso mostra que a estratégia da campanha de Dilma de desconstrução de Aécio Neves começa a dar certo. Na pesquisa anterior, a rejeição menor do tucano era uma vantagem nesse segundo turno. Mas com a ampliação desse índice, diminui o número de eleitores que poderiam votar no tucano”, diz o analista da Globo.


Os dois dados diminuem a euforia inicial dos tucanos e indicam a necessidade de reação por parte de Aécio, caso queira evitar a vitória de Dilma.   

Militância Pró-Dilma Se Reúne e Decide Deflagrar Campanha em Chapadinha


Um grupo de militantes se reuniu na sede do Sindchap, na noite de ontem (15), para avaliar o quadro político nacional e para deflagrar uma campanha em favor da reeleição da presidenta Dilma Rousseff em Chapadinha.

Além de filiados a partidos políticos que apoiam Dilma como PT e PC do B, o evento contou com a presença de parlamentares, secretários municipais, sindicalistas, militantes sociais, integrantes do movimento estudantil universitário e de personalidades independentes que apoiam a reeleição da presidenta Dilma.

Nos pronunciamentos, os manifestantes reconheceram a divisão da sociedade brasileira em torno de dois projetos antagônicos: um que retirou milhões de brasileiros da miséria e que fez opção pelos mais pobres em sua agenda de desenvolvimento, representado por Dilma; contra as propostas elitistas e a plataforma conservadora, que ameaçam os avanços populares, encabeçadas por Aécio.


Diante da análise, os movimentos sociais presentes traçaram estratégias e elaboram uma agenda de atividades em defesa da manutenção do projeto popular e pela reeleição de Dilma Rousseff, com ênfase para a divulgação e esclarecimentos quanto as conquistas e programas dos governos Lula e Dilma realizados em Chapadinha, como a instalação da Universidade Federal do Maranhão (Campus IV), o Programa Luz Para Todos (que já atende 90% das casas da Zona Rural), Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, entre outros.

O primeiro ato da campanha será na noite desta quinta-feira (16), com concentração da militância na Praça do Povo, a partir das 18 horas, seguida de deslocamento de carros e motos para uma reunião no Bairro Mutirão.  

O restante da agenda de atividades será divulgado amanhã durante o evento, nos blogs e redes sociais. 

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Datafolha Confirma Empate Técnico entre Dilma e Aécio


A nova pesquisa de intenção de voto do Datafolha, divulgada nesta quarta-feira 15, mostra que a presidenta e candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, e o candidato do PSDB, Aécio Neves, continuam empatados tecnicamente na corrida presidencial, assim como na semana passada. Aécio oscilou um ponto para baixo e agora está em 45%. Dilma também caiu um ponto e soma 43%. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, não é possível dizer quem venceria as eleições se o segundo turno fosse hoje.

Se consideramos apenas os votos válidos, que excluem brancos e nulos, Aécio alcança 51% e Dilma sobe para 49% da preferência. Resultado idêntico ao mostrado pelo mesmo instituto na semana anterior. O levantamento foi realizado entre esta terça 14 e quarta-feira 15. Por isso, já contabiliza parte do impacto causado pelo debate da TV Bandeirantes, televisionado na noite de ontem, no eleitorado brasileiro. Os entrevistados que pretendem votar branco ou nulo subiram de 4% para 6%. Já o número de indecisos continua em 6%. O instituto ouviu 9.081 eleitores em 366 municípios.


A última pesquisado Datafolha, de 9 de outubro, mostrava um resultado similar. Segundo o instituto, o ex-governador de Minas Gerais tinha 46% contra 44% da petista, o que também é considerado empate técnico. Em votos válidos, o resultado era igual ao desta semana: Aécio com 51% e Dilma com 49%.

Carta Capital 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Carta Capital: "Não é Dilma contra Aécio. São Projetos Diferentes de Sociedade"



Uma imperiosa contradição está no ar: como seria possível uma renovação se o tucanato pretende voltar ao passado, e disso não faz mistério? Como seria possível, de resto, que promessas de mudança pudessem ser postas em prática por conservadores empedernidos? Conservador conserva, diria o Chico Anysio de antigos tempos.

Não bastassem as antecipações de Arminio Fraga, candidato a ministro da Fazenda em caso de vitória tucana, a fornecer um trailer de puríssima marca neoliberal, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso apressa-se a esclarecer, entre a ameaça e o didatismo, que quem vota Dilma além de pobre é desinformado. E qual seria a informação correta?

Fraga prontifica-se a informar o globo de um polo ao outro, no debate com Guido Mantega, mediado (mediado?) na Globo por Miriam Leitão: a crise econômica mundial acabou há cinco anos. Gostaríamos de imaginar, na nossa irredutível ousadia, o que pensam a respeito Angela Merkel , ou Barack Obama. Tendemos a acreditar que ambos os citados, e outros mais habilitados à citação, agradeceriam Fraga por sua oportuníssima revelação.  Há incertezas quanto a existência de Deus, mas dúvidas não subsistem em relação a Fraga , seu profeta.

Na linha das revelações , o Clube Militar informa que, com Dilma reeleita, o País estará à beira da sovietização. Há militares ainda dispostos a recorrer a terminologias emboloradas. Ao longo da campanha tucana, corroboradas pelos editoriais dos jornalões, desfraldaram termos mais contemporâneos. Imperdoável é ser “chavista”, ou “bolivariano”. Pois o único, indiscutível chavista brasileiro é Fernando Henrique Cardoso, que provocou a alteração constitucional destinada a permitir sua reeleição. E não hesitou para tanto em comprar votos de parlamentares.

Não invoquemos, de todo modo, exames de consciência por parte da mídia nativa, postada de um lado só na qualidade de porta-voz da casa-grande. Neste exato instante ela transforma em peça eleitoral o vazamento de depoimentos secretos do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, do doleiro Youssef e de sua contadora. Deles emerge uma complexa história, cujo ponto central seria a chantagem sofrida por Lula, por parte de parlamentares da base governista, para forçá-lo a nomear Costa para a direção da estatal.

Era de esperar que a mídia nativa extraísse da manga a carta pretensamente letal. O déjà vu é próprio destas atribuladas vésperas eleitorais desde quando o PT apresenta um candidato à Presidência da República. Lula avisa: “Nunca fui submetido a qualquer gênero de chantagem por parte de congressistas. Fala-se de fatos que teriam ocorrido há dez anos, de sorte que, para averiguar a sua veracidade, seria preciso ouvir o então ministro das Relações Institucionais, o então chefe da Casa Civil, o presidente da Câmara, o líder do PT”.


Tomados em conjunto, comportamentos e eventos dão razão a Lula quando afirma que esta eleição, antes ainda de confrontar Dilma e Aécio, coloca frente a frente dois projetos de Brasil, duas visões profundamente opostas de vida, de mundo, de política, de fé.

Para ler a entrevista de Lula à Carta Capital, clique aqui