Publicidade

Publicidade

terça-feira, 30 de setembro de 2014

CONFIRMADO! Dia 04, Sábado, Grande Carreata de Levi Pontes em apoio a Flávio Dino


Por conta de manobras de adversários que tentaram de todas as formas impedir a carreata de encerramento da campanha de Levi Pontes em apoio a Flávio Dino, tivemos que recorrer à justiça eleitoral que mediou acordo entre as coligações, reconheceu nosso direito de livre manifestação e garantiu a realização da Grande Carreata da Vitória de Levi Pontes e Flávio Dino para sábado, dia 4 de outubro, a partir das 16 horas, com saída do colégio João Gomes, no bairro do Areal.

Portanto a carreata do único filho de Chapadinha que disputa uma vaga na Assembleia Legislativa e apoia o futuro governo Flávio Dino acontece neste sábado a partir das 16 horas e concentração no colégio João Gomes.

Levi Pontes 77123 e Flávio Dino 65!


Ninguém Vai Poder Calar a Nossa Voz, Queremos Levi Pontes Deputado Estadual e Flávio Dino Governador do Maranhão!

Da Assessoria

Começou a Compra de Voto em Chapadinha e a Fiscalização Rente


Neste momento o blog recebe a notícia de que têm vários intermediários de determinada candidatura de deputado estadual distribuindo cédulas de 100 reais a eleitores na periferia de Chapadinha.

De acordo com a informação, até lideranças de destaque na cidade estariam participando do crime eleitoral. O blog está aguardando fotos e vídeos do fato ocorrido hoje e disponibilizando o whatsapp 9119 7352 para o enviou de qualquer registro relativo à compra de votos e abuso de poder econômico para denúncias e medidas judiciais cabíveis. 

Mais detalhes na próxima postagem.  

Imagem Ilustrativa

É O FIM! Edinho Lobão Fecha Comitê em Imperatriz


Por Carlos Gaby (http://prensaitz.blogspot.com.br)

A campanha de Edinho Lobão não existe mais em Imperatriz. Desde o começo da disputa eleitoral, o comitê do candidato da família Sarney enfrenta motins e protestos das equipes de rua e de motoristas de carros de som por falta de pagamento. Por várias vezes, o comando do comitê teve de acionar a Polícia para acalmar os ânimos dos trabalhadores e evitar quebra-quebra.

O comitê fechou as portas definitivamente e somente membros da coordenação podem entrar em suas dependências.

Na no final da tarde de ontem (segunda, 29), duas viaturas da Polícia Militar foram chamadas para conter um início de tumulto no comitê, que fica localizado na rua Coronel Manoel Bandeira, próximo à Praça da Cultura, na parte antiga de Imperatriz. Trabalhadores da campanha tentavam obter alguma informação. O clima ficou tenso e houve ameaça de invasão e depredação do prédio.

Líderes de equipes de rua revelam que dezenas de pessoas que trabalham para Edinho abandonaram a campanha sem receber pagamentos. Muitas estão retornando todos os dias ao comitê sob a promessa de que irão receber os atrasados até a eleição, domingo dia 5. Mas não é o que está ocorrendo. Mesmo os que estão sendo pagos, não estão recebendo integralmente.

Segundo relatos, há grupos que ainda não receberam a quinzena e pelo menos um não vê o dinheiro de seu trabalho tem mais de um mês. A revolta é geral.

Os carros de som estão sem circular tem cerca de vinte dias por falta de combustível. Proprietários dos veículos também não receberam o pagamento da locação dos carros. Os motoristas também não receberam os salários atrasados.

Vídeo
Nos bastidores, integrantes da equipe de coordenadores do comitê reclamam do “desprezo” por parte do comando central em São Luís. O desânimo é visível. Vários abandonaram suas funções e outros admitem abertamente a derrota de Edinho – em Imperatriz, Flávio Dino deve obter grande votação, impondo uma vergonhosa derrota ao candidato da família Sarney.

Em um vídeo gravado de um celular e vazado nas redes sociais, uma funcionária do comitê tentar acalmar mulheres que trabalhavam nas equipes de rua. Ela admite que as equipes da coordenação estão “sofrendo a mesma pressão” e diz que não que também “nunca nenhum um centavo” desde o início da campanha.


Revela que “a gente não estava trabalhando aqui no comitê” e tenta justificar: “Mas a gente tava trabalhando para fechar as contas, para saber quanto que tinha para pagar até o final da campanha, quanto que a gente tem passar pra lá [o comando central em São Luís] pra saber quanto eles vão mandar. E a gente não tem outra coisa pra dizer… Estou aqui dando meu sangue. Minha casa e minha vida tá toda por conta. Eu nunca recebi um centavo até hoje, e eu não sou candidata a nada, eu sou uma pessoa comum como vocês. Uma mãe de família comum como vocês, que tem contas a pagar, que tem serviço a prestar. Então eu sei que é difícil, que as palavras não vão encher barriga, que palavra não vai pagar contar”.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A Fraqueza de Paulo Neto e Ana do Gás em Suas Terras Natais

Comício de Ana do Gás em Sua Cidade
Na reta final da eleição, registros de eventos de dois candidatos a deputado estadual que disputam votos em Chapadinha tiveram repercussão negativa na mídia estadual e colocaram em dúvida o potencial de Ana do Gás e Paulo Neto, justamente nas principais bases eleitoral de ambos, Santo Antonio dos Lopes e Mata Roma.

Ana Sem Gás
No dia 26 de setembro, o blog Marrapá, destacou matéria intitulada “Faltou Gás em Santo Antonio dos Lopes” e mostrando foto taxou o evento de fiasco. “Menos de cem cabos eleitorais se reuniram na principal praça de Santo Antonio do Lopes – a terra do gás natural – para acompanhar o comício dos candidatos Edinho Lobão e Ana do Gás. A expectativa era de cinco mil pessoas, mas a Ana e o prefeito Eunélio Mendonça (PMDB) não conseguiram gás suficiente para turbinar o evento. Devem ter esgotado todos os estoques subterrâneos do município”, diz a matéria.


Comício de Paulo Neto em Mata Roma

Paulo Neto: Fiasco em Mata Roma
Na mesma data (26 de setembro), os blogs aliados, como o Mata Roma.Com, até tentaram passar a imagem de grande evento, mas até a foto utilizada para ilustrar a matéria demonstrou que o candidato filho da terra, esposo da prefeita e todo poderoso não conseguiu disfarçar o fiasco do primeiro comício de Paulo Neto em Mata Roma e com a presença da cúpula da oligarquia Sarney.

Desculpas e Recados

Após o fracasso dos eventos foram várias as desculpas e tentativas de minimizar os efeitos. Mas se manifestações públicas ainda valem como termômetros, o recado é claro: Ana do Gás e Paulo Neto precisam urgente reagir em suas cidades natais. 




domingo, 28 de setembro de 2014

Flávio Dino Abre 40 Pontos de Vantagem, Diz Data M


A nova pesquisa DataM, publicada neste domingo (27) pelo jornal Atos e Fatos, mostra que o candidato Flávio Dino ampliou a vantagem sobre o segundo colocado e agora está 40 pontos na frente. Falta apenas uma semana para o dia da eleição, e o resultado daria hoje a vitória a Flávio Dino no primeiro turno.

De acordo com o levantamento, Flávio Dino subiu de 56,3% para 59,9%. O segundo colocado, Edinho Lobão, caiu de 27,5% para 19,9%.

Antonio Pedrosa (PSOL) tem 0,7%; Josivaldo (PCB) e Zeluis Lago (PPL) têm 0,6% cada; e Saulo Arcangeli (PSTU) tem 0,5%. Brancos e nulos somam 7,2%; e 10,7% não sabem ou não responderam.

Em votos válidos – que excluem brancos e nulos e são os considerados o resultado final –, Flávio Dino tem 72,2%.

A pesquisa DataM foi feita entre os dias 23 e 27 de setembro por encomenda do jornal Atos&Fatos e ouviu 1.500 eleitores em 50 municípios maranhenses. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob o número 0057/2014.

Vídeo Falso
A ampliação da vantagem de Flávio Dino é verificada após a divulgação pela TV Difusora – pertencente a Edinho Lobão – e por órgãos da família Sarney de um vídeo em que um presidiário faz falsas acusações contra o líder nas pesquisas.

O vídeo foi gravado dentro da penitenciária de Pedrinhas, e o próprio presidiário confessou que recebeu promessa de dinheiro e regalias para dizer que Flávio Dino era ligado a uma quadrilha de assalto a bancos.

A farsa teve repercussão nacional, sendo veemente condenado por instituições e, como mostra a pesquisa DataM, pelos eleitores maranhenses.

Pesquisa Exata
Na sexta-feira, o instituto Exata também divulgou pesquisa mostrando vitória de Flávio Dino no primeiro turno. De acordo com o levantamento, Flávio tem 68,2% dos votos válidos. A pesquisa foi encomendada pela TV Guará e pela Fiema (Federação das Indústrias do Estado do Maranhão) e está registrada no TRE sob protocolo número MA-00054/2014. A sondagem ouviu 1.400 eleitores em diversos municípios maranhenses, com a margem de erro de 3,2 pontos percentuais para mais ou menos.

Jornal Pequeno

Nonato Baleco Intensifica Campanha ao Lado de Flávio Dino

Antenor Ferreira
Fotos: Lucas Nascimento

A campanha 2014 entra na reta final e as atividades do candidato a deputado federal, Nonato Baleco - 1234, vai ganhando ritmo cada vez mais intenso, mostrando sua força e liderança em todo baixo Parnaíba.

Flavio Dino e Nonato Baleco, rumo a um novo Maranhão

Na última semana Nonato Baleco esteve acompanhando o candidato ao governo do estado, Flavio Dino (PC do B), em vários momentos pela região, merecendo destaque uma grande carreata que sacudiu Chapadinha.

Ao lado de Flavio Dino, Roberto Rocha e lideranças, Nonato Baleco mostra sua força

Baleco esteve ao lado de Dino, recebendo amplas demonstrações de carinho e apoio popular, que estão tornando sua campanha cada vez mais forte.

Veja mais imagens desses grandes momentos:

Nonato Baleco rumo a vitória, dia 5 de Outubro



sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Flávio Dino Atinge 60% Contra 24% de Edinho Lobão, Diz Pesquisa Exata


Pesquisa realizada na semana do escândalo de um vídeo divulgado pela campanha da família Sarney mostra que Flávio Dino voltou a subir chegando a 60% das intenções de voto. Já Edinho Lobão, que chegou a exibir o vídeo em sua emissora de TV caiu de 29% para 24%.

A diferença aumentou de 29 pontos para 36 pontos na pesquisa Exata/TVGuará/Fiema. Considerando os votos válidos – que excluem brancos e nulos e são os contabilizados para efeito legal – Flávio Dino tem 68,2%. Os candidatos Antonio Pedrosa (PSOL), Professor Josivaldo (PCB), Saulo Arcângeli (PSTU) e Zéluis Lago (PPL) têm um ponto cada um. Branco ou nulo somam 7% e os indecisos são 5%.

A pesquisa do instituto Exata foi encomendada pela TV Guará e pela Fiema (Federação das Indústrias do Estado do Maranhão) e está registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) sob protocolo número MA-00054/2014. A sondagem ouviu 1.400 eleitores em diversos municípios maranhenses, com a margem de erro máxima de 3,2% para mais ou menos.

Roberto sobe 4 pontos e abre vantagem sobre Gastão
Na pesquisa Exata sobre cenário para o Senado, o candidato da coligação Todos Pelo Maranhão Roberto Rocha tem 36% das intenções de voto – o que representa um aumento de quatro pontos em relação ao último levantamento, na semana passada. O candidato da família Sarney, Gastão Vieira, variou dentro da margem de erro para 29%.

Marcos Silva (PSTU) tem 4% e Haroldo Saboia (PSOL) tem 3%. Gersão (PPL) tem 1% das intenções de voto e Evan de Andrade (PCB) não pontuou. Cerca de 12% pretendem votar em nulo ou branco, enquanto 15% estão indecisos ou não sabem responder.

Denúncia Que Levou a Abordagem do Jatinho de Edinho Lobão pela PF Partiu da Polícia Civil do MA


Com informações do IG

A revelação do site de notícias IG, de que a denúncia que resultou na abordagem pela Polícia Federal do jatinho de Edinho Lobão em Imperatriz, não foi anônima como alegou o PMDB, mas partiu da Polícia Civil do Maranhão levanta a suspeita de uma grande armação para transformar o candidato do PMDB em vítima, ao mesmo tempo que abafa a repercussão nacional do caso do vídeo montado com um detento de Pedrinhas com acusações falsas contra Flávio Dino.

Do contrário, a denúncia haveria razão de ser, já que a Polícia Civil não a faria se não houvesse motivos suficientes que a justificasse.

E aí se faz necessário apresentar os indícios que levaram à denúncia, para que não reste dúvidas dúvidas que utilizaram a Polícia Civil para manipular a Polícia Federal e gerar um fato político para beneficiar o candidato Edinho Lobão.

Toda a operação comandada pelo delegado da Polícia Federal Paulo de Tarso Cruz Viana foi comunicada anteriormente ao superintendente da Polícia Federal no Maranhão, Alexandre Saraiva e a Justiça Eleitoral no estado.

Segundo o IG, Paulo de Tarso explicou, internamente, que poderia cometer crime de prevaricação caso não averiguasse a denúncia de um órgão como a Polícia Civil do Maranhão.

Como se tratava de uma denúncia de um órgão oficial e não de terceiros , com a possibilidade de realização de um flagrante de crime eleitoral, não havia a necessidade de um mandado de busca e apreensão, segundo explicou o delegado a colegas.

O delegado Paulo Júnior citou o chamado “senso de oportunidade” típico de situações propícias para flagrantes de crimes eleitorais. A denúncia contra Lobão Filho surgiu a menos de três horas da realização da abordagem, na noite de quarta-feira.

Além disso, o iG também apurou que a abordagem ocorreu sem truculência ou veemência. Na noite do dia 24 de setembro, o delegado, com sua equipe, fez antes a revista na aeronave de Lobão Filho.


Durante a revista da aeronave, Lobão Filho estava na ante-sala do aeroporto de Imperatriz. E somente no aeroporto, na presença de Lobão Filho, foi feita a revista das bagagens dele e de Gastão Vieira. O delegado negou truculência ou tentativa de intimidação durante a revista.

Belezinha Quer Voto Casado e Filmado, Denunciam Vereadores


Os vereadores Nonato Baleco / PDT e Marcelo Menezes / PRP vêm há duas semanas denunciando suposta determinação da prefeita Belezinha para que funcionários contratados, comissionados e até os concursados que tomam posse hoje e excedentes que seriam chamados em breve filmem a hora exata do voto usando telefone celular.

Ainda de acordo com os parlamentares a prefeita teria contratado pessoas de maneira informal e sem portaria em troca de votos e que o registro em celular seria uma forma de prevenir traição e garantir os votos para os candidatos de Belezinha.

Após alertar que o ato de filmar ou fotografar o voto se constitui crime eleitoral que pode levar à prisão o eleitor que for apanhado quebrando o sigilo do voto, os vereadores adiantaram que vão procurar o Ministério Público para investigar a denúncia e a Justiça Eleitoral de Chapadinha para que adote medidas preventivas.

Até o momento a prefeita Belezinha não se manifestou sobre a denúncia.

Leia também: Eleitora Fotografa Voto e Fica Detida em Arapiraca. Clique aqui.

Deu na Folha: Maranhão e outros 8 Estados Devem Eleger Governador em Primeiro Turno


O jornal Folha de S.Paulo traz reportagem de capa nesta sexta-feira (26) destacando que nove Estados devem encerrar a eleição no primeiro turno – entre eles, o Maranhão, onde Flávio Dino lidera as pesquisas.

“O mau desempenho de apostas dos grandes partidos e a ausência de um terceiro candidato competitivo contribuem para que nove Estados caminhem para definir as eleições para governador já no primeiro turno”, diz o jornal.

A Folha leva em conta o Ibope, no qual Dino aparece com 48% das intenções de voto. Outros institutos, entretanto, mostram Flávio acima dos 56%.

Portal Gaditas

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Flávio Dino e Levi Pontes Realizam Carreata em Chapadinha


Nem o calor e o sol inclemente conseguiram atrapalhar a carreata de Flávio Dino que começou às 10 horas da manhã de hoje em Chapadinha. Ao lado de Levi Pontes e Nonato Baleco, Flávio Dino percorreu as principais ruas de Chapadinha e recebeu o carinho da população.

Em seu discurso Flávio Dino destacou que lidera todas as pesquisas e que nesta eleição o objetivo é unir todos em torno do projeto de mudanças rumo a construção de um Maranhão de todos os maranhenses. Ainda em sua fala Flávio Dino pediu apoio às duas lideranças chapadinhenses que estão lhe apoiando: “reconheço no vereador Nonato Baleco e no médico Levi Pontes dois companheiros de primeira hora e que são merecedores do voto de vocês”, disse Flávio Dino, quase ao meio-dia, encerando a carreata, agradecendo a presença de todos e sendo o único a falar devido o avançar da hora.


Veja, abaixo, mais fotos. 



























Pesquisas Tabajara, Os Factóides de Hoje e o Desespero de Amanhã


Adeus Farsa!
A gente não é mais besta. A gente tá sabido... Burro o maranhense nunca foi! Nos enganavam antes porque só eles tinham Jornal, Rádio e TV. Agora temos a Internet. Anárquicos por essência foi justamente na vigilância das redes sociais e dos blogs livres que o novo caso Reis Pacheco foi desmascarado.

Aguarda-se o Desespero de Amanhã
Amanhã talvez ainda mais desesperados os oligarcas divulguem vídeo com um talibã mascarado acusando Flávio Dino de financiar e treinar os terroristas do 11 de setembro ou um extraterrestre surja da Área 51 delatando um plano comandado pelo candidato 65, para subjugar a raça humana rumo ao comunismo interplanetário . Não duvidem!

Pesquisa Tabajara
No passinho do desespero o comitê de Lobinho espera convencer que ele passou Flávio e corre o risco de ganhar no primeiro turno, apresentado a mais nova pesquisa do Instituto Tabajara, registrada com protocolo número 171/2014.  

Diga Não ao Factóide! 

Hoje circulou uma boa notícia falsa: a exclusão generalizada de candidatos que trocam votos por convênios, que compram apoios com gás que falta à população e sobra nos bolso de luxuosos entregadores de botijão e daqueles que esbanjam dinheiro fantasticamente surrupiado de um povo vizinho muito pobre. Se fosse verdade o Maranhão teria se livrado de uma cambada ruim. Não era bem assim e não podemos dar a notícia por acharmos boa ou benéfica. A verdade é sempre melhor.          

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Preso Confirma Proposta de Dinheiro Para Fazer Depoimento Contra Flávio Dino


Em depoimento prestado junto à Superintendência Estadual de Investigações, Criminais na noite da última terça (23), o presidiário André Escócio de Caldas confirmou que recebeu promessas de regalias para gravar vídeo contra Flávio Dino. André figura em vídeo veiculado nos últimos dias pela TV e pela rádio Difusora, blogs ligados ao grupo Sarney, ao portal iMirante e ao jornal O Estado do Maranhão – propriedade da família Sarney.

Ouvido pelos delegados da Polícia Civil Tiago Mattos Bardal na noite de terça, André Escócio afirmou que o vídeo foi gravado há cerca de oito dias na sala do diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas, Carlos Aguiar.

Para gravar o vídeo, o presidiário teria recebido “promessa de conseguirem um Alvará de Soltura e mais uma boa quantia em dinheiro, além do declarante (André Escócio) ficar ‘blindado’ (protegido) no sistema”, caso apontasse Flávio Dino, Patrícia e Weverton Rocha como mandantes do assalto ao banco do campus da UEMA. A declaração consta no termo de declaração emitido pela SEIC.

André Escócio afirma que não participou do assalto ao banco, data em que estava detido em um presídio. O enredo para tentar incriminar Flávio Dino foi criado após conversas do presidiário com o diretor da CCPJ de Pedrinhas, Carlos Aguiar, que também prestou depoimento à Seic, na manhã desta quarta (24).

Divulgação do Vídeo
O vídeo que foi veiculado pelo sistema de Comunicação e também pela campanha de Edinho Lobão foi gravado, segundo conta Escócio, por Nilson, identificado como chefe de Segurança. O presidiário conta ainda que se surpreendeu quando o vídeo foi veiculado em um dos programas da TV Difusora.

Ao assistirem o depoimento forjado no ar, os presos teriam começado a gritar “vai morrer, vai morrer”! O preso já está sob custódia, em sala separada, após os acontecimentos.

Depoimento do Diretor
Apontado como responsável pela produção do vídeo, Carlos Aguiar diz que o caso foi gravado na presença de Nilson e com o agente penitenciário conhecido como “Robson”. No depoimento ele confirma que gravou o vídeo, porém ele não teria acreditado no depoimento em que, segundo o próprio Aguiar, o presidiário “queria ser o bonzão”. O diretor nega responsabilidade pela divulgação do vídeo. Após confirmar a autoria do vídeo, o notebook de Carlos Aguiar foi apreendido pelo delegado Tiago Bardal.

Investigação Federal
O vídeo foi postado originalmente de uma conta do youtube (canal para reprodução de vídeos) hospedada no Chile. Considerado crime eleitoral, ele passou a ser investigado pela Polícia Federal a pedido da coligação Todos pelo Maranhão, de Flávio Dino. A Polícia Federal e o Ministério Público vão apurar as responsabilidades pela criação e divulgação do vídeo em diversos meios de comunicação – incluindo a TV Difusora do candidato Edinho Lobão.

Jornal Pequeno

Certidão da SSP Confirma que Vídeo Contra Flávio Não Consta de Inquérito


A Secretaria de Segurança Pública, através da Delegacia Geral, pôs fim às acusações do grupo Sarney contra Flávio Dino. Em certidão emitida na manhã desta quarta (24), a delegada-geral Maria Cristina Resende Menezes confirmou que o vídeo não faz parte de qualquer inquérito em andamento ou já finalizado.

“Após buscas aos cartórios das Unidades da Polícia Judiciária e ao SIGO (Sistema Integrado de Gestão Operacional) a respeito da reprodução do referido vídeo para fins de constituição de provas em inquérito policial ou quaisquer outros procedimentos administrativos concluídos ou tramitando no âmbito da Polícia Judiciária do Estado do Maranhão,” diz o documento oficial.

A certidão foi emitida após o pedido da coligação “Todos pelo Maranhão” para que a Secretaria atestasse a autoria do vídeo anônimo postado do Chile. Entre outras ações, a coligação pediu também o acompanhamento da Polícia Federal para elucidação do caso.


O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, repudiou a montagem de vídeos para tumultuar as eleições. “Não vamos permitir que a festa democrática seja levada para a lama, como alguns querem”, disse. O caso vem sendo usado por Edinho Lobão e aliados para atacar a candidatura de Flávio Dino. Para a coligação, trata-se de uma armação eleitoreira criada para tentar reverter o quadro de derrota que se avizinha ao grupo Sarney – que está há 50 anos no poder.

do Blog do John Cutrim 

Intervenção Federal no Maranhão Já!



Por: Lígia Teixeira - Jornalista

Em janeiro, quando Ana Clara de seis anos morreu barbaramente incendiada em um ônibus da capital e o Maranhão virou manchete mundial, o governo federal enviou a São Luís o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo para sondar a possibilidade de intervenção federal no Maranhão.

Roseana estrebuchou. Saiu-se com a estranha versão de que o Maranhão é rico, que ela era a responsável que tudo que estava acontecendo e gritou que ela se tratava de uma pessoa com sobrenome Sarney, maneira clara de intimidar o governo federal.

Os berros de Roseana surtiram efeito.  A Intervenção  Federal não veio, o governo Dilma limitou-se a enviar integrantes da Força Nacional de Segurança, que foram sistematicamente impedidos pela Secretaria Estatual de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) de fazerem algo para impedir que Pedrinhas continuasse um inferno.

Com  mais esse agravamento da crise na Segurança Pública, fica ainda mais evidente que  o governo Roseana Sarney não tem a menor condição de lidar com a situação, não apenas porque dá sinais de desinteresse com a violência nas ruas, mas porque há indícios graves de que o aparelho de segurança está sendo usado com finalidade eleitoral. Mas esse é assunto para outro texto.


Em tempo, a oposição reforçou por meio da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, o pedido de intervenção federal. A Coligação Todos pelo Maranhão requereu a vinda imediata da Força Nacional de Segurança para garantir a segurança e a paz nas ruas.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

A Carreata do Constrangimento e os Pancadões da Saudade

Pancadão Magno 2012

Pancadão Magno Ana do Gás 2014

Os atos políticos do último final de semana serviram apenas para demonstrar que nem de longe se comparam aos eventos da campanha política 2012.

Em 2012 havia uma clara polarização entre duas forças políticas. Neste 2014 – além de quatro grupos (Isaías/Paulo Neto, Magno/Ana do Gás, Belezinha/Inácio e um grupo de oposição liderado por Levi Pontes e sob a inspiração de Flávio Dino – há um certo distanciamento do povo na participação de eventos e em manifestações pública de voto.

As carreatas e pancadões de sexta e sábado, promovidos por candidatos ligados ao grupo Sarney, foram de certa forma uma reação à tendência demonstrada por seguidas pesquisas que colocam Flávio Dino com enorme dianteira na disputa para o governo e Levi Pontes como o líder das intenções de votos para deputado estadual em Chapadinha.

Pancadão Belezinha 2012

Carreata Belezinha 2014
Apesar de o grupo da prefeita comemorar ter escapado do fiasco a base de muita intimidação a contratados, comissionados e fornecedores e farta de distribuição de combustível, a verdade é que no dia que a prefeitura deixar de colocar 150 carros num cortejo político é melhor fechar o palácio municipal.  

Quantitativamente falando é só comparar as fotos de 2012 com as deste ano para ver que Magno, Isaías e Belezinha definharam muito: pela divisão ou pelos momentos finais da oligarquia que servem ou por ambos os motivos.

Assim como não temos mais showsmícios, nos próximos pleitos é possível que a legislação eleitoral avance mais uns passos rumo à politização do debate e reveja alguns eventos. Sem mudança nas regras pode ser que os pancadões voltem em 2016, nesta campanha atual eles só serviram para encher de saudades aos que ganharam e hoje estão rachados quanto aos que perderam e hoje estão partidos. 

Desespero! Blogueiro Sarneysista Tira Falso Vídeo do Ar Após Reação dos Internautas


O candidato Edinho Lobão deu entrevista hoje à TV Mirante – da família Sarney – afirmando que há uma “origem político-eleitoral” por trás da crise de Pedrinhas. Logo após a insinuação, o blogueiro Daniel Matos, também da Mirante, publicou um falso vídeo, postado do Chile, com uma pessoa anônima, algemada, acusando Flávio Dino de envolvimento com crimes. O vídeo estava postado em espanhol, com muitos erros de ortografia. O candidato a governador era identificado como “Flavio Diño”.

Menos de uma hora depois, diante das reações dos internautas que ridicularizaram o vídeo, Matos retirou a postagem do ar. Mais cedo, o próprio Flávio Dino havia alertado pelo Twitter: “Recebi informações de que a oligarquia vai forjar “provas” para tentar me culpar pela grave crise na segurança do Estado”.

Do site Maranhão da Gente

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Deputados Marcos Caldas e Lima Neto anunciam apoio a Flávio Dino


Os deputados estaduais Marcos Caldas (PRP), candidato à reeleição, e Lima Neto (PMN) declararam apoio a Flávio Dino, candidato da Coligação Todos pelo Maranhão ao governo do Estado, nesta segunda-feira (22).

“Hoje, 80% das pessoas que votam comigo também votam em Flávio Dino. Os eleitores já vinham me pedindo há muito tempo, e eu vinha amadurecendo essa ideia. E então tomei essa decisão de marcharmos juntos”, afirmou Marcos Caldas (de camisa polo na foto).

Já o deputado Lima Neto (de gravata na foto) disse que, por onde anda, o desejo de eleger Flávio Dino é muito grande. “Esse apoio apenas reflete a vontade popular”, afirmou.

Lideranças de Timon

Lideranças da cidade de Timon também estiveram reunidos nesta segunda-feira com Flávio Dino. Edivar Ribeiro (de camisa vermelha na foto), candidato a deputado estadual, afirmou que “Flávio é o caminho certo para fazer as grandes transformações e cuidar principalmente da segurança e da saúde”.

“Temos a Oportunidade de Mudar a História do Maranhão”, Diz Levi Pontes em Entrevista



Por: Fernando Atallaia

O médico, empresário e articulador político Levi Pontes é daquelas figuras que apesar das adversidades, contrariedades e contradições que povoam o ambiente político das eleições, pensa além do período e com robustez. 

Ácido, coerente e desmitificando teorias direitistas e esquerdistas, o hoje candidato a deputado estadual proveniente da cidade de Chapadinha concedeu a ANB Online uma entrevista descortinadora.

Entusiasta e um dos melhores quadros, senão o melhor, das fileiras dinistas, Levi é um dos principais apoiadores da campanha de Flávio Dino no Maranhão a quem tem a liberdade de orientar e aconselhar sempre que acha necessário. O candidato tem trânsito livre nos bastidores e meandros da Coordenação. 

O médico que visivelmente é confundido com o humanista no discurso que defende, traça sua campanha a AL com o vigor dos jovens políticos esperançosos por mudança e renovação nos Legislativos brasileiros. Mas aquém dessa constatação, Levi Pontes mostra estrato, substância e, sobretudo, rigidez e exigência quando o assunto é uma nova governabilidade para o estado. 

Ele defende um pacto para o Maranhão onde as velhas práticas político-hereditárias sejam definitivamente exterminadas do convívio social. Foi sob essa premissa que Pontes recebeu nossa equipe em bate papo amistoso e descontraído, mas não menos contundente. Veja aqui: 

Agência Baluarte- O Sr. tem fama de excepcional articulador político e grande humanista. Essas classificações se justificam? 

Levi Pontes - Bem, primeiro eu queria agradecer a vocês de estarem aqui e dizer que São José de Ribamar é uma cidade que amo muito, portanto é uma honra conceder esta entrevista ao blog mais acessado da cidade. Agora respondendo a sua pergunta, eu acredito no ideal da mudança, sou um idealista pragmático e vejo que nessas eleições temos a oportunidade de mudar a história do Maranhão, vivemos um momento único onde temos um homem que coube e cabe dentro do projeto de um estado justo, igualitário e digno para todos os maranhenses. Se acreditar num futuro de igualdade  para todos é ser humanista, então eu o sou. Agora, quanto ao fato de ser considerado um articulador político, realmente temos, dentro de nossas possibilidades, evitado tropeços e prevenido movimentos desfavoráveis à mudança e alternância de poder. E assim sendo, o que pudermos fazer no sentido de aparar determinadas arestas o faremos. É a nossa contribuição para um Maranhão de todos nós. 



Agência Baluarte- Depois de uma vivência histórica e pioneira em muitas frentes da Medicina maranhense, porque agora o Sr. é candidato a deputado estadual?

Levi Pontes - É a aquela antiga história de se chegar ao ponto. Uma exigência interior. Os movimentos da vida e das transformações. Não se tem como ficar apático ao que acontece hoje em nosso estado. Precisamos unir todas as forças em torno do projeto de um novo Maranhão onde Flávio Dino é o nosso líder e foi por esta razão que pus meu nome à disposição de nossa população para Assembleia Legislativa. Sabemos todos que muitas pessoas buscam na política a maneira mais rápida de ‘se dá bem na vida’, só para lançar mão do jargão popular. Mas eu não. Não preciso dessa ‘política’, graças a Deus sempre tive, a custo de muito esforço e trabalho, minhas empresas e negócios; vejo que a política brasileira e a de nosso estado é que precisa em caráter de urgência de conceitos forjados na contemplação do que é humanitário, popular e democrático. Chega dessa coisa de centralizar a vida de milhões de maranhenses nas mãos de duas, três famílias. Os maranhenses como um todo e o vasto tecido social já disseram não a essa corrupção. Sou candidato para defender um Maranhão dos maranhenses e para os maranhenses e disso eu não abro mão. 

Agência Baluarte - Flávio Dino, o seu candidato a governador, é às vezes criticado por conta de ações duvidosas e irresponsáveis de algumas pessoas da coordenação da campanha comunista que parecem não compreender a dimensão do projeto que o Sr. defende. Se eleito deputado estadual como será sua atuação na Assembleia independentemente de sua opção pessoal, partidária? 

Levi Pontes - Você tocou num ponto chave de toda discussão em torno de Flávio para o Governo do Maranhão. O que difere Flávio de seu adversário e porque ele é meu candidato? Isso explica a pergunta: Flávio é um juiz, sabe discernir, é austero e imparcial. Essa austeridade vem acompanhada de humildade e compromisso com as demandas sociais de nossa população; eu vi isso de perto quando ajudei a formar o Programa de Governo de Flávio; caminhamos centenas de municípios maranhenses e nos envolvemos ainda mais com a realidade de nosso estado, suas precariedades, tristezas, desilusões e os índices alarmantes de desigualdade social ali batendo à porta. O nosso projeto, o meu a Deputado Estadual e o de Flávio Governador é a resultante desse envolvimento com as populações e vem carregado de substância,  princípios, distanciamento e combate ao favoritismo. Tenho a mais absoluta certeza que esse modelo de exclusão que aí está há décadas não conseguirá sobreviver ao grito de mudança e liberdade dos maranhenses em todos os municípios maranhenses. Agora em relação àqueles que ainda não provaram e não sabem o gosto dessa estrutural conjectura, estamos muito atentos; há sim, como é até habitual a presença de algumas pessoas que ainda precisam reeducar-se em prol desse novo Maranhão, mas por outro lado não diremos não a ninguém que queira somar ao projeto político que mudará em definitivo a história de nosso estado. Discernimento nós temos. 

Agência Baluarte-  Qual o seu candidato a deputado federal e o que o levou apoiá-lo? 
Levi Pontes- Tenho feito um trabalho sistemático ao lado de Simplício Araújo que foi considerado um dos melhores deputados do Brasil nos últimos dois anos e que vem mostrando uma atuação impecável. Simplício representa a mudança e a virada de página na Câmara Federal. Seu trabalho parlamentar vem sendo realizado dentro desse conceito. Obviamente, que há grande quadros de destacados candidatos que apoiam a causa da alternância de Poder no Maranhão e dos quais somos amigos e parceiros em muitas frentes e articulações. Penso o conjunto, então é difícil mensurar somente em favor de um nome.

Agência Baluarte- Bem, gostaríamos de agradecer por sua atenção e por nos ter recebido hoje aqui. Como resposta às muitas indagações e questionamentos do eleitor maranhense, qual mensagem ou Sr. gostaria de deixar à nossa população ávida por mudança?


Levi Pontes- Estamos num ano eleitoral e há menos de 40 dias das eleições. Esta é a oportunidade de darmos as mãos em favor de um projeto que mudará as nossas vidas para sempre. Pense bem antes de escolher o seu candidato. Veja qual dos postulantes tem projetos e propostas sérias e dignas para o nosso povo. Repare na história de vida de cada um, suas lutas e batalhas e o que defendem em prol do Maranhão. Ponho meu nome nesse momento à disposição de todos como candidato a deputado estadual apoiando Flávio Dino a Governador. Mas ponho, sobretudo, meu desejo de caminhar juntamente com você eleitor rumo ao real progresso e desenvolvimento de nosso estado a partir da presença efetiva de todos os maranhenses, agricultores, artistas, comerciantes, pescadores, estivadores, professores, motoristas, médicos, enfermeiros, advogados e todos aqueles que fazem o nosso grande Maranhão. O Maranhão precisa ser governado pelo povo e não por quatro cinco pessoas ou duas ou três famílias, essa é a diferença; o gabinete do deputado precisa está aberto ao povo e não fechado pelos ar-condicionados. Chegou a hora de darmos um basta definitivo nessas práticas de endeusamento dos parlamentares e dos políticos em geral; deputado eleito é servidor público e serve ao povo, não deus, estrela de cinema e outras idiotices. Minha mensagem passa por essas premissas, verdade que acredito e que defendo há décadas, mas para não me alongar mais diante do espaço, deixo aqui meu sincero agradecimento a vocês da Agência Baluarte e um grande abraço ao povo de Ribamar e da Grande São Luís. Dia 05 de outubro conto com todos e saibam que poderão contar comigo para além de qualquer eleição.

Ao lado de Levi e Simplício, Cristiane Bacelar mostra força em Coelho Neto

A vereadora Cristiane Bacelar (Solidariedade) e mostrou força ao realizar em Coelho Neto uma grande caminhada na manhã deste sábado (20).
Acompanhada dos candidatos a deputado estadual Levi Pontes (estadual) e Simplício Araújo (federal) a esposa do ex-prefeito Magno Bacelar tem demonstrado traquejo e habilidade política na condução do grupo que lidera e no apoio aos seus candidatos.
A caminhada que percorreu as principais ruas e avenidas da cidade chamou atenção pela mobilização da militância e a organização durante todo o trajeto. A parlamentar que apóia ainda Flávio Dino (governador) e Roberto Rocha (senador) fez uma avaliação positiva do evento.

“Estou feliz da população ter atendido ao nosso convite. Fomos muito bem recebidos e por onde passamos fizemos questão de destacar a proposta de mudança defendida pelo nosso candidato a governador Flávio Dino e pelo nosso candidato a senador Roberto Rocha. Tanto Dr. Levi quanto o deputado Simplício Araújo estão juntos com a gente nesse projeto de virar essa página política do Maranhão e que Coelho Neto não pode ficar de fora”, finalizou ela. 








Da Assessoria