Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Fala Sério! “E o carnaval não começa pra valer, só no sábado ou no domingo?”


Sobre a escolha da data desta sexta-feira para a prestação de contas da prefeitura, de repente a discussão sobre se hoje já podemos dizer que começou o carnaval é o grande debate proposto pelo blogueiro William Fernandes a partir de manchete do nosso blog. “E o carnaval não começa pra valer, só no sábado ou no domingo? E mesmo que começasse na sexta, o que impediria as pessoas interessadas ou comprometidas, em fiscalizar os gastos públicos de cumprirem seu papel nessa data? Às 17h de sexta, estariam todos os cidadãos de Chapadinha com a cara branca de maisena?”, indaga William chamando os opositores de piadistas.

Ora senhores, a primeira coisa a ser dita é que se fosse marcada no sábado ou domingo quando começaria de fato o carnaval segundo William (vocês têm certeza que ele é brasileiro?), certamente a prefeita e seus assessores não falariam sozinhos nem escapariam de questionamentos. Estaria como esterei lá e se tiver oportunidade farei perguntas.

No texto do blogueiro não se consegue demonstrar a escolha da data como oportuna e favorável à divulgação que uma audiência pública destas deveria ter. Além de esvaziar, mesmo por saber que a cidadania livre de Chapadinha estará presente, o principal intento da prefeita é diminuir a repercussão do fato em meio aos dias seguidos de folia.

Setores da oposição e da mídia independente devem mesmo levar algumas coisas na piada. Até para rir das lições sobre dever de fiscalizar vindas de alguém que participou de todos os governos municipais de Isaías, Osvaldo Lobo, Magno, Danúbia e agora Belezinha dizendo que cada um deles é melhor e mais honesto que o antecessor. Mas isso é assunto pra depois dos debates da audiência de hoje e para depois do carnaval.       

Carnaval: Já Não Estamos Entre os Melhores, E Daí?


Enquanto o carnaval leva multidões aos municípios de Pinheiro, Pedreiras e Barra do Corda, a festa de momo em Chapadinha é prenunciada como mais fraca que caldo de peteca. Apesar de apresentar bandas de nome (para o gosto da maioria; na moda do Forró Elétrico), a bem da verdade não houve divulgação e a prefeitura não conseguiu manter o clima de anos anteriores, quando nossa cidade disputava as primeiras posições entre os melhores carnavais no interior maranhense.

Por investir pesado no carnaval os governos passados eram acusados de promover a política do “pão & circo” em detrimentos da qualidade de serviços públicos básicos. A atual administração não faz nenhuma coisa nem outra. Seria até razoável a falta da promoção do carnaval se traduzisse em melhoria na saúde e educação, mas contrário disso em muitos casos ocorreu até piora em algumas obrigações públicas da prefeitura e o aumento das suspeitas de corrupção no governo do sem pão, sem saúde, sem educação, cultura, circo...

Contudo nesta sexta-feira não adianta reclamar. Resta destacar o que ainda pode animar o povo pacifico e festeiro da nossa Chapada das Mulatas. O blog destaca – abaixo – algumas iniciativas interessantes.

Baile a Fantasia – Puxado pelo grupo Chapadinhamente Nós o tradicional Baile do Aldeota (sábado) onde as fantasias não deixam nada a desejar ao luxo e requinte das grandes cidades, sem falar nas marchinhas e no prazer de rever amigos que só nos visitam por ocasião desta festa.

Bloco do Quiabo – Idealizado pelo poeta Herbert Lago, tem a participação de artistas como Casagrande e Renardo e conta com a alegria e irreverência do povo do Bairro do Cruz que tem o mesmo espírito folião da Madre Deus em São Luís.

Bloco do Sujo – Sem comissão organizadora ou “donos” o Bloco de Sujos completa 22 anos sem falhar uma segunda-feira de carnaval, saindo por volta das 17 horas do cruzamento entre a Rua 15 de Novembro e Avenida Gustavo Barbosa. O Bloco de Sujo é o resumo da alegria do carnaval: homens sérios (outros nem tanto) todos vestidos de mulheres em companhia das famílias.

Paredões e Novos Blocos – Trazendo modernidade temos as novidades do Bloco “Oz Primos” e o Bloco dos Paredões que devem reunir um público jovem e prá lá de animado pra detonar o melhor do som eletrônico.

Bares – Arinos, Associação Boa Vontade, Pantanal, Associação Cangaia, Bar do Alcides, Buteko, Chico Tripa, Old Bar, Delivery Massas, Almeida Bar, Chico Pirão todos com programação para carnaval, são algumas das inúmeras opções que temos.


Correndo o risco de esquecer alguém na lista, o Blog rema contra o pessimismo do "Carnaval Caldo de Peteca" e, diante da certeza de que já não estamos entre os melhores carnavais do Maranhão, pergunto: e daí?     

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Visita de Flávio Dino ao Fórum de Educação da FAP Repercute na Imprensa Estadual

O pré-candidato a governador Flávio Dino (PCdoB) participou do Fórum Regional dos Educadores do Baixo Parnaíba e reafirmou o compromisso com a Educação Pública de qualidade.
Em diálogo com milhares de professores e profissionais da educação de 18 cidades do Baixo Parnaíba, Flávio Dino destacou o papel da Educação para mudar o quadro social do Maranhão. Afirmando que o maior desafio para o desenvolvimento do Maranhão é melhorar a vida das pessoas, Dino falou do papel do professor nesse processo.
“O professor está diariamente formando pessoas, cidadãos que vão construir o Maranhão que nós queremos para nossos filhos e nossos netos. Com Justiça, Igualdade e Desenvolvimento,” disse Flávio Dino ao destacar o dia-a-dia dos professores.
Neste aspecto, a prioridade de investimentos na Educação Pública – Ensino Médio, Superior e Profissionalizante – é a chave para o desenvolvimento do estado. Em diversos eventos pelo Maranhão, Flávio Dino tem apresentado a ideia de regionalização das universidades no Maranhão e de ampliação de vagas para ensino profissionalizante.
Histórico de atuação na Educação
Depois de deixar a presidência da Embratur, Flávio Dino volta a dar aula no curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão de São Luís. “Para mim é uma honra ser professor há mais de 20 anos. Sei o que é corrigir prova, sei o que é estar em sala de aula e aprendi todos os dias nessa função,” relembrou Flávio Dino.
Como deputado federal, Dino atuou fortemente na defesa dos direitos dos professores. Como é o exemplo da sua participação na aprovação do piso salarial nacional para professores.
Além de acompanhar de perto a tramitação na Comissão de Constituição e Justiça, Dino apresentou uma emenda importante que estendeu o benefício dos professores também aos educadores aposentados.
Também nesta Comissão, Dino votou pela obrigatoriedade de que os professores tenham 1/3 da carga horária semanal dedicada ao planejamento e preparação para as aulas. Trata-se de uma reivindicação antiga dos professores que teve atuação direta de Dino como deputado federal.
Blog Marrapá

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Vereador Manin Demonstra Independência, Irrita Belezinha e Pode Ser o Próximo a Deixar o Governo

Vereador Manin Lopes PT entregando relatório de CPI da Administração Anterior /

A cada dia o vereador Manim Lopes do PT (que compõe a base aliada) vem demonstrando mais independência com relação ao executivo, chegou a criticar o valor que considerou irrisório para o financiamento de atividades do esporte amador, ouviu reprimenda da prefeita e agora estaria sofrendo pressões de dentro do PT para se manter calado ou evitar externar críticas ao governo Belezinha.

Na sessão da quinta-feira Manin Lopes disse que era obrigação de qualquer dos vereadores fiscalizar a aplicação dos recursos. “Temos o dever de fiscalizar, é constitucional e quem errou deve responder, deve ser processado e se merecer deve ir pra cadeia. Não só a prefeita, nós também somos cúmplices se não denunciarmos”, declarou registrando que o vereador Marcelo Menezes passou um ano sem fazer denúncia.

Domingo, dia 23, quando participava do evento de entrega de troféus aos vencedores do campeonato da Zona Rural Manin reclamou da verba de 20 mil reais para organização e custeio daquele torneio. Em sua fala a prefeita teria manifestado contrariedade com a fala de Manin e disse que 20 mil reais era muito dinheiro e que se quisesse o vereador poderia complementar.

O petista Manin Lopes começou a relatar o episódio na sessão da segunda-feita (24) porém, dominado pela emoção, não concluiu o discurso e foi apoiado pelos colegas vereadores.

Oriundo dos movimentos populares e da luta por transparência e combate à corrupção nas contas públicas, a história de Manin se choca com os interesses do Partido dos Trabalhadores que comanda três secretarias na gestão Belezinha e já tem o vereador Eduardo Braga na oposição ao governo.


A medir pela falta de habilidade pra tratar das divergências internas, intolerância com as críticas e o exemplo da saída traumática do líder Isaías, ou Manin se curva ou será o próximo a deixar o governo.  

É Brincadeira! Belezinha Marca Audiência de Prestação de Contas Para Sexta-Feira de Carnaval


Depois de publicar as resenhas dos contratos milionários da prefeitura nos últimos dias de 2013 (30 e 31 de dezembro), a gestão Belezinha dá mais uma evidente demonstração de que não liga pra transparência e marca a Audiência Pública para Prestação de Contas do Terceiro Quadrimestre de 2013 para às 17 horas da sexta-feira, 28, as vésperas do feriadão do carnaval.

A prestação de contas é obrigatória por lei a cada quadrimestre e precisa ser amplamente divulgada e marcada de forma a permitir não só a vereadores mais a qualquer cidadão indagar sobre ou questionar os gastos públicos. Ao escolher a sexta-feira que antecede a maior festa brasileira a prefeita Belezinha passa mais um recibo de que teme o confronto dos gastos da prefeitura e o enfrentamento das graves denúncias de corrupção contra sua administração.
   
A audiência seria ainda oportunidade para a prefeitura apresentar os gastos reais dos contratos e compras da prefeitura com relação ao publicado do diário oficial que a cada dia surge um novo escândalo, sendo que o mais recente, a contratação de um buffet que funciona em um prédio de Belezinha por quase 400 mil reais.   

O vereador Eduardo Braga/PT repudiou a escolha da data: “esse governo se esforça ao máximo para manter as contas públicas às escondidas. Fazer uma audiência pública em plena sexta-feira de carnaval é uma piada. Quem tem medo da transparência é porque realmente tem muito a esconder”, avaliou o vereador.

O ofício (veja abaixo) solicitando o espaço da Câmara chegou na tarde de hoje (25) e pegou os parlamentares de surpresa e – a exemplo das anteriores – não se tem notícia de que sindicatos, entidades sociais ou associações tenham sido comunicados da audiência que deveria ser pública e parece que será mesmo secreta ou propositalmente esvaziada em função da data marcada.    



segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Levi Demonstra Força Política na Visita de Flávio Dino a Chapadinha


Sob o comando do médico Levi Pontes o Partido Solidariedade demonstrou organização, quadros políticos importantes e força eleitoral no Baixo Parnaíba por ocasião da passagem de Flávio Dino no 1º Encontro Regional da legenda.

Com caravanas de 21 cidades que vão de Itapecuru a Araioses, o Solidariedade já conta com 20 vereadores de mandatos e pelo menos três dezenas de suplentes no Baixo Paranaíba. Entre os presentes, falaram o ex-deputado estadual Zé Orlando, que atualmente é vereador em Tutóia e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e ex-vice prefeito de Buriti, Antonio Flora. Zé Orlando destacou que Levi é o único nome com chances reais de vitória ao lado de Flávio Dino em todo o Baixo Parnaíba. Antonio Flora registrou que o partido tem dois vereadores em Butiri e a pré-candidatura de Levi já conta com apoio de três parlamentares daquele município.

Ex Deputado Zé Orlando Declara Apoio a Levi Pontes
Roberto Rocha, Domingos Dutra, Simplício Araújo e Flávio Dino também ressaltaram o papel de Levi no fortalecimento do Solidariedade como um partido que já nasceu no campo da oposição estadual e avaliaram a liderança de Levi Pontes como estratégica para a vitória no Baixo Parnaíba, que pelos indicadores sociais é região mais pobre do Maranhão e tradicional reduto da oligarquia Sarney.


Grande Público no Aldeota Clube 

O deputado federal Simplício Araújo disse que o Solidariedade vai apresentar uma chapa com 39 candidatos a estadual e que Levi Pontes está muito bem situado e deve ser o mais votado da agremiação que avalia eleger três deputados estaduais.


Em sua fala Levi Pontes agradeceu as caravanas que vierem, citando cada um dos municípios presentes, chamou a atenção de Flávio Dino para o ginásio de esportes de Chapadinha que está sendo construído a 22 anos sem que o governo do estado conclua a obra, fez referências aos problemas do sistema de saúde do Baixo Parnaíba e conclamou o partido e seus apoiadores “a fortalecerem a luta pela conquista de um mandato que será exercido com muita dignidade e participação popular, em um trabalho para mudar o Maranhão pra melhor” finalizou Levi Pontes.    

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Chapadinha Faz Festa Pra Flávio Dino


A vinda de Flávio Dino para participar do 1º Encontro Regional do Partido Solidariedade acabou se transformando em manifestação de apoio ao pré-candidato ao governo do estado e em demonstração de força de Levi Pontes em Chapadinha e região.
Nas próximas postagens o Blog traz todos os detalhes (e mais fotos) da visita de Flávio Dino e do encontro político promovido por Levi Pontes e pelo deputado federal Simplício Araújo. 
Aldeota Clube Lotado

Deputado Federal Simplício Araújo

Levi Pontes: Liderança Regional do Solidariedade

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Levi Pontes Prestigia Etapa dos Diálogos Pelo Maranhão em Santa Quitéria

Por: Antenor Ferreira -  Blog Interligado 

Foi dado início na manhã dessa sexta-feira, 21, a mais uma etapa do programa Diálogos Pelo Maranhão, do pré-candidato ao governo do estado Flavio Dino, do PC do B. 

Dino está a cumprir eventos em dois municípios: Santa Quitéria e São Bernardo. O político está sendo acompanhando por uma caravana de militantes, políticos e lideranças, onde se destaca o pré-candidato ao legislativo estadual de Chapadinha, o médico Levi Pontes de Aguiar.
Dr. Levi discursa durante Diálogos Pelo Maranhão em Santa Quitéria

Dr. Levi esteve participando ativamente da solenidade do Diálogos, ocorrida pela manhã em Santa Quitéria. O evento reuniu centenas de pessoas.
Quiterienses declaram apoio a Flavio Dino

Levi que fez parte da mesa de honra do evento fez questão de destacar em discurso a necessidade de mudança de comando no governo do estado, lamentando as décadas em que o povo vêm sendo penalizado pela família Sarney.

O médico relatou sérios problemas sociais enfrentados em nossa estado e especialmente na região do baixo Parnaíba, mostrando o desejo de lutar pelo revertimento desse quadro.

Dr. Levi disse que não é preciso apenas que o povo maranhense eleja como governador Flavio Dino, mas que também coloque ao seu lado políticos leais e honestos, que representam esse desejo de mudança.

As declarações do pré-candidato foram bastante ovacionadas pelo público presente. Levi seguiu ainda com a comitiva de Flavio Dino ao município de São Bernardo, onde seriam realizados mais 2 eventos do Diálogos pelo Maranhão.

Veja mais imagens da solenidade:
Levi Pontes compõe mesa de honra do evento





Ladeado por lideranças pré-candidato ouve atentamente discurso de Dino

Deputado Federal Simplício Araújo e Dr. Levi

Flávio Dino Visita Tabuleiro de São Bernardo

O movimento Diálogos pelo Maranhão visita o Tabuleiro de São Bernardo, projeto do Governo Federal de irrigação para o Baixo Parnaíba. No município de Magalhães de Almeida, Dino vai até o local em que foi instalada grande parte do maquinário do projeto de irrigação, programa federal para o leste maranhense e Piauí, mas que ainda precisa de esforços conjuntos entre as três esferas de poder – Federal, Estadual e Municipal – para atender às necessidades maranhenses.
A visita ao tabuleiro São Bernardo é marcada pela prioridade dada por Flávio Dino ao desenvolvimento do Maranhão com o incentivo à agricultura e a valorização do pequeno e médio agricultor. A efetivação de políticas voltadas para o desenvolvimento da agricultura faz parte do compromisso com a atenção aos arranjos produtivos pelo Maranhão, proposta amplamente debatida pelo pré-candidato ao governo do estado.
Na opinião de Flávio Dino, a atenção e o investimento de políticas públicas para a agricultura maranhense fazem parte não só de uma política de incentivo à produção, mas de melhoria nos índices sociais – incidindo diretamente na vida das pessoas – gerando emprego e renda para maranhenses, valorizando nossas riquezas e evitando o êxodo da população nascida no Maranhão em busca de oportunidade em outros estados.
Ao longo dos debates ocorridos no movimento Diálogos pelo Maranhão em todas as regiões do estado, a priorização da agricultura familiar tem sido uma questão presente. Flávio Dino defende o investimento e parcerias para dinamizar a produção, a industrialização e a comercialização dos produtos gerados pelo potencial agropecuário e pesqueiro maranhense.
Exemplos de desenvolvimento através da agricultura existem no Brasil e no Nordeste, como é o caso de Petrolina em Pernambuco, que hoje exporta manga e uva para exportação. Além do impacto econômico positivo para todo o estado, Petrolina é polo da região e melhora a qualidade de vida, renda e emprego para a população.
O Governo Federal já possui um diagnóstico completo a respeito das condições do tabuleiro São Bernardo, que está incluso no Programa de Aceleração do Crescimento. Para coloca-lo em prática, é necessário além dos esforços federais, que obras que beneficiem a agricultura familiar sejam colocadas em prática com esforço de um governo estadual comprometido com o desenvolvimento da área, atendendo a população da região.

É o que se constata ao perceber que, dos 5 mil hectares de irrigação previstos, apenas 178 realmente funcionam hoje, produzindo banana, goiaba, macaxeira, coco, milho, caju e mamão. Organização e funcionamento do tabuleiro São Bernardo são passos fundamentais para que a produção agrícola em pequena e média escala se desenvolvam na região do Baixo Parnaíba.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Militância do Partido Solidariedade Prepara Festa Para Receber Flávio Dino no Sábado


Reunida com o presidente municipal do partido, o médico Levi Pontes, a militância do Solidariedade de Chapadinha tratou - na noite da última terça-feira (18) - dos últimos detalhes do 1º Encontro Regional do Solidariedade do Baixo Parnaíba e da mobilização que pretende realizar para receber o pré-candidato ao governo do Estado, Flávio Dino. 

A reunião de trabalho aconteceu na casa de Levi Pontes e envolveu vereadores, suplentes, ex-vereadores, dirigentes de entidades, empresários e personalidades do meio social e político. Ao falar na reunião Levi Pontes fez questão de agradecer a presença de todos e destacou o evento de sábado como um ato preparatório do partido para o embate das eleições de outubro: “precisamos unir, fortalecer e entrosar o Solidariedade que é um partido que já conta com mais de 23 diretórios no Baixo Parnaíba e regiões vizinhas e pelo menos duas dezenas de vereadores de mandato. O Solidariedade é um partido que já nasceu grande e precisa se organizar para demonstrar força este ano com a eleição de seus candidatos”, disse ele.

O ex-vereador Delmar Carneiro também destacou o presidente estadual do Solidariedade, deputado Simplício Araújo, como um dos melhores quadros da política maranhense. “Tenho acompanhado o desempenho do deputado federal Simplício, sei que ele foi escolhido pela imprensa nacional como um dos 20 melhores e mais atuantes deputados do congresso e por isso será uma honra recebê-lo em Chapadinha neste sábado”, declarou Delmar.


Além de declarações políticas, manifestações de apoio a Levi Pontes e entusiasmo com a presença das lideranças da oposição estadual, a militância do Solidariedade tratou das últimas tarefas e providências para receber Flávio Dino com festa no próximo sábado (22), com recepção na ladeira do Angelim a partir das 8 horas da manhã e deslocamento até o Aldeota Clube, aonde acontecerá o encontro partidário. 

Material de Divulgação do Encontro do Solidariedade      




quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Imprensa Chapa Branca ou a Balada dos Idiotizados


Obrigados a defender um governo recordista em rejeição e esculachados pela garotada nas redes sociais, a vida dos defensores de Belezinha não tem sido fácil. Pincei aqui algumas passagens pitorescas que resumem um pouco das agruras dos coleguinhas governistas.

A angustia por notícia positiva é tão grande que já destacaram inauguração de ladeira e lançam manchete-expectativa do tipo: “PREFEITURA DE CHAPADINHA ESTÁ CONCLUINDO NOVA PONTE DA RUA DO COMÉRCIO” e “PREFEITURA DE CHAPADINHA ABRE CAMINHOS NA ZONA RURAL: LADEIRA DO POVOADO CANTO DOS BOIS JÁ ESTÁ QUASE PRONTA”.

O que se poderia dizer quando relatam visita do secretário Aluísio em obras do governo do Estado como grande feito? “PREFEITURA DE CHAPADINHA, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA, VISITA CANTEIRO DE OBRAS DO HOSPITAL REGIONAL” e “PREFEITURA DE CHAPADINHA, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA, VAI FISCALIZAR OBRAS DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA E BARRAGEM DA ITAMACAOCA”. Será que pensam que o chapadinhense vai se confundir e achar que e a prefeitura e super Aluísio que pagam e tocam as obras?

Adiante, alguns comunicadores quase chegaram ao clímax tentando passar como generosidade da prefeita o anúncio do pagamento da educação dia 22, com aumento de 8% (quando seria obrigada a reajustar em pelo menos 15%). “Por essa a oposição não esperava”, comemorou um deles... Quando o correto seria dizer que por essa a oposição, os educadores e o povo não esperavam – mas por haver verbas e ser direito, exigiam!

Além disso, a turma do governo tá com azar. Não tinha outro caminhão pra quebrar a ponte da Rua do Comércio, tinha que ser uma caçamba de Dona Chefa? 

Teve também aquela foto (veja acima) em que a prefeita acena e ninguém dá a mínima. Muitos disseram que a assessoria pisou na bola ao publicar imagem tão constrangedora, outros dizem que tinha flagrantes mais desfavoráveis à popularidade da prefeita, por isso foi o jeito lançar a que apenas deixou a gestora no vácuo. Vai que publicam alguém dando o dedo... Nan!

Pra fechar a conta, reparei que a nomeação de Allan Montelles foi muita mais comemorada porque frustrou expectativa lançada por nosso blog, que chegou a especular outro nome, do que pelas qualidades do novo secretário que (“de tão bom”) até hoje a população de Anapurus clama por sua volta ao comando da saúde de lá. “Essa tu perdeu, ó plebeu”, disse lá um dirigente sindical, sem reparar que quando pontua que este plebeu perdeu aquela é sinal que muitas outras ganhou e vem ganhando. Em todo caso ser membro da plebe rude é contingência de classe social, mas trair seus pobres e desabonados companheiros pra se aliar à rainha rica é opção por ser vassalo.

É capaz de a prefeita ter escolhido outro secretário de saúde só pra me sacanear? É capaz!...

Mas brincadeiras a parte, se comunicadores e prefeita se alternam em patacoadas, na exata noção de que todo governo passa e nós ficamos, lamento que bons profissionais estejam se idiotizando a olhos vistos.         

Supermercado GG e Prefeitura: 46 Contratos no Valor de Quase 3 Milhões em 2013


Com 46 contratos com a prefeitura, revelados pela publicação do Diário Oficial do Estado nos dias 26, 30 e 31 de dezembro, o Supermercado GG Ltda, surge como o maior fornecedor de material de limpeza e expediente para todas as secretarias, em um conjunto de licitações que previam gasto total de R$ 2.944.906,50 (dois milhões, novecentos e quarenta e quatro mil, novecentos e seis e reais e cinqüenta centavos), até dezembro de 2013.

Material de Limpeza Parte I
Deste total cerca de R$ 768.673,50 foram licitados por meio do pregão eletrônico 001/2013 e diz respeito à aquisição de material de limpeza para todas as secretarias, sendo que a maior parte delas (9 secretarias) contratou o valor de R$ 17.307,50, enquanto as secretarias maiores contrataram R$ 98.101,00 a secretaria de administração, R$ 161.811,00 a saúde e a educação a soma de R$ 352.994,00.

Só para o fornecimento de material de limpeza foram assinados 14 contratos entre as secretarias e o Supermercado GG, todos na mesma data (13 de março de 2013) e com duração de 10 meses.


  
Da Limpeza ao Peixe
Ainda dos extratos de licitações aparece o contrato Nº 149/2013 que revela que o Supermercado GG também ganhou a concorrência para aquisição de peixes que teriam sido distribuídos na semana santa. O valor da compra foi orçado em R$ 187.500,00. O contrato foi assinado em 26 de março pelo secretário de assistência social Francisco Lima Paiva.

Do Peixe ao Material de Expediente
Já com relação ao fornecimento de material de expediente para todas as secretarias, foram celebrados 15 contratos, perfazendo um total de R$ 1.714.963,00, distribuídos em 10 contratos de R$ 30.901,50, para as secretarias de cultura, trabalho, finanças, esporte, transportes, agricultura, mulher, igualdade racial, obras e meio ambiente.

Ainda de acordo com o publicado no Diário Oficial, a previsão de consumo de material de expediente das demais secretarias apresentam os seguinte valores: R$ 142.895,00 (saúde), R$ 298.990,00 (administração) e R$ 964.062,00 (educação).

Os contratos para o fornecimento de material de expediente foram assinados por cada secretário no dia 08 de abril de 2013 e tiveram duração de 8 meses.

Do Material de Expediente de Volta ao Material de Limpeza
Mesmo tendo contrato a compra de material de limpeza em 13 de março de 2013, no dia 08 de abril a prefeitura voltou assinar contrato, com validade de 8 meses, para aquisição também de produtos de limpeza. Em outros 16 contratos a prefeitura licitou mais R$ 273.770,00 para a mesma finalidade e na vigência de contratos pelos quais já havia previsto gasto de R$ 768.673,50.

Indagações
Se os contratos de março tinham duração de 10 meses e os de abril, 8 meses, e ambos terminariam em dezembro, se pergunta: qual a finalidade de sobrepor ou de fazer contratos para a mesma finalidade e vigência? Poderá a prefeitura alegar ser mera previsão de gasto? Dizer que o contrato não obriga a aquisição e achar que ninguém vai estranhar valores e quantitativos tão exorbitantes? Vai esclarecer motivos lógicos para tantos contratos nitidamente com valores exagerados? Quanto desse total foi realmente pago? Houve de fato concorrência? Perguntas que temos direito de fazer e a prefeitura obrigação de responder.

Outro Lado

Procuramos a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Chapadinha e o Supermercado GG e não tivemos resposta de nenhum deles.  Mesmo assim o Blog/Folha do Baixo Parnaíba continuam abertos a esclarecimentos ou manifestações posteriores.

Relação dos Contratos entre Prefeitura e Supermercado GG








   

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Pesquisa São Luís: Flávio Lidera, Eliziane em Segundo e Luis Fernando Cai pra Terceiro

Pesquisa divulgada nesta terça-feira (18) pelo Instituto DataM de São Luís mostra vantagem virtual do candidato ao governo do estado Flávio Dino (PCdoB).
Na disputa com os candidatos Eliziane Gama (PPS), Luís Fernando (PMDB), Hilton Gonçalo (PDT), Zé Luís Lago (PPL) e Pedrosa (PSOL), Dino sai na frente com 38,1% da preferência do eleitorado.
Eliziane Gama fica na segunda colocação com 17,5%, seguida por Hilton Gonçalo com 0.1%. Os demais candidatos não apresentaram pontos expressivos. Votos nulos corresponderam a 24,8% da pesquisa. Não sabem ou não responderam 10%.
A vantagem de Dino para o governo aparece também na pesquisa espontânea – quando nenhum candidato é apresentado ao eleitor. Nesse quadro, Dino ficou com 18,7%; em segundo, aparece Eliziane Gama com 4,7%.
Roseana Sarney (que não poderá ser candidata) aparece com 0,5% das intenções de voto, seguida pelo ex-prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB) com 0,3%. O senador João Alberto (PMDB) foi lembrado por 0,1% dos entrevistados, mesma pontuação obtida pelo vice prefeito Roberto Rocha (PSB).
O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 15 de fevereiro e ouviu 800 pessoas moradoras do município de São Luís. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob número  MA-00004/2014.
O candidato Luís Fernando aparece com o maior índice de rejeição entre os eleitores consultados  pelo Data M: com 29,7%.
Eleições para ao Senado
Considerando Roberto Rocha (PSB) e Roseana Sarney (PMDB) como candidatos virtuais ao Senado, o vice prefeito lidera a pesquisa com 32,7% da preferência de voto; Roseana Sarney aparece com 16,1%; “nenhum deles” recebeu 35,9 e 15,3% não sabem em quem vão votar ou não quiseram responder.
A governadora Roseana Sarney, segundo a pesquisa do DataM, lidera no índice de rejeição entre os 800 entrevistados, com 46,4%.
Eleições para a Presidência da República
Com a maioria dos votos, a atual presidente Dilma Rouseff (PT) sai na frente com 65% dos votos, no levantamento feito em São Luís. Na segunda colocação, Aécio Neves (PSDB) aparece com 7,8%, seguido pelo presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, com 5,8%. Votos nulos corresponderam a 14,2% da pesquisa. Não sabem ou não responderam 7,1%.

Câmara: Ausência de Governistas, Discursos Inflamados e Denúncias Contra Prefeita Quebram Tom Solene da Sessão

Vereador Marcelo Menezes / PRP 

A sessão de abertura dos trabalhos da Câmara Municipal, que era pra ser apenas solene, acabou dando mostras de como vão ser os debates e a relação entre opositores e governista neste de 2014. Apesar de o presidente Nonato Baleco / PDT ter feito um pronunciamento conciliador e formal, a ausência da bancada do governo e discursos dos vereadores Marcelo Menezes / PRP, Eduardo Braga / PT e Eduardo Sá / PRTB acabaram esquentando a sessão.

Ausência Governista 
Os vereadores Eduardo Sá e Braga lamentaram a ausência dos vereadores que compõem a base do governo. Eduardo Sá registrou a presença dos 5 parlamentares de oposição e parabenizou Lívia Saraiva / PTB e Manin Lopes / PT por terem comparecido, mas destacou que houve uma reunião na casa da prefeita onde alguns parlamentares foram fotografados e nenhum destes vereadores estavam na sessão de abertura de 2014. “Os vereadores que aparecem numa foto de reunião que houve ontem na casa da prefeita e justamente os vereadores da foto não vieram. Isso é muito estanho, foram 133 candidatos nas últimas eleições, pra serem eleitos 15 e numa sessão solene só aparecem 7”, lamentou Eduardo Sá.

O petista Eduardo Braga também citou nominalmente os presentes, destacando a presença de Manin e Lívia e lamentou a ausência dos demais. “Ressalto a presença do Manin e mais especialmente ainda a vereadora Lívia Saraiva, cuja presença na sessão de hoje dá uma clara demonstração de que fazer parte da base aliada não significa se prestar a todo e qualquer papel. É possível se aliar e apoiar um governo mantendo a correção e está é a mensagem que vejo aqui na vereadora (Lívia) que se faz presente”, ressaltou Braga.

Maecelo Menezes: “Em apenas um ano (Belezinha) já protagonizou mais escândalos do que o Magno Bacelar”
Em seu discurso o vereador Marcelo Menezes voltou a se desculpar por ter votado em Belezinha e a denunciar corrupção no governo que ajudou a eleger. “Quero pedir perdão pelo grande erro de avaliação que cometi. Pois pedi voto e me envolvi na campanha de uma prefeita que demonstrou não merecer o meu voto e muito menos o dos meus amigos”, disse Marcelo.


Depois de destacar que a prefeita Belezinha é rejeitada pela ampla maioria da população e de listar escândalos que atingiram o governo municipal, Marcelo avaliou como o governo mais corrupto que Chapadinha já teve: “Eu que sempre combati o Magno Bacelar acreditando ser ele o maior corrupto da história de Chapadinha, hoje me vejo diante de uma prefeita que em apenas um ano já protagonizou mais escândalos do que o Magno Bacelar nos seus 12 anos de governo”, finalizou o vereador. 

Vereadores que Não Compareceram à Sessão