Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Perseguição da Prefeitura Contra Vereador Eduardo Sá Pode Inviabilizar Vinda do Grupo Mateus a Chapadinha

Placa no Terreno do Grupo Mateus 

Uma placa colocada em um terreno situado às margens da BR 222, anunciando a desapropriação do imóvel supostamente para a construção da futura Rodoviária do município, cumpre uma ameaça feita pelo secretário de obras Aluísio Santos contra o vereador de oposição Eduardo Sá (PRTB).
Sem que Eduardo Sá tenha sido notificado ou previamente informado por qualquer meio colocaram uma placa de desapropriação em um terreno de propriedade do vereador e do grupo Mateus.
Cumprindo Ameaça
No final do mês de outubro, em entrevista concedida à rádio Cultura, o secretário Aluísio, fazendo referência a discurso de Eduardo Sá sobre desapropriações da prefeitura, ameaçou de forma clara tomar terreno do vereador. “O Eduardo Sá ele tá se reclamando por terreno A, terreno B, que tá sendo desapropriado, mas é bom ele deixar pra chorar no momento em que a gente for desapropriar o terreno dele pra fazer a rodoviária, isso ai é uma coisa que vai acontecer”, ameaçou Aluísio.
Documento do Terreno Vendido ao Mateus 

Mateus Comprou Terreno por 200 mil reais

Desapropriação Atinge Grupo Mateus
Como Eduardo Sá vendeu parte de seu terreno em 15 de fevereiro de 2013, para o grupo Mateus e a desapropriação inclui a área onde a empresa líder do setor de supermercados no Maranhão pretende instalar o Mix Mateus de Chapadinha, a ação da prefeitura contra Eduardo Sá pode inviabilizar o empreendimento.
De acordo com Eduardo Sá a placa que anuncia a desapropriação está colocada dentro do terreno que hoje pertence ao grupo Mateus. “Em fevereiro vendi parte do meu imóvel ao Mateus, cerca de 20 metros ao lado, e foi justamente no terreno do Mateus que a prefeitura colocou a placa”, disse o vereador.
Eduardo Sá declarou ainda que o terreno que tem em sua propriedade é menor que o indicado pela placa e para atingir os 15 mil metros quadrados terá que pegar a parte que hoje pertence ao Mateus. Sá disse que já esperava sofrer algum tipo de perseguição porque isso foi anunciado pelo secretário Aluísio, mas se declarou surpreso com a inclusão do terreno do grupo Mateus no episódio. “De certa forma eu já estava preparado para enfrentar essa perseguição, mas lamento que a vingança da prefeita contra mim chegue ao absurdo de atingir quem não tem nada com a política de Chapadinha e que isso possa impedir a vinda de um grupo empresarial que poderia gerar emprego, renda e ajudar a desenvolver o município”, lamentou Eduardo Sá.



Fotos do Primeiro Terreno Onde a Prefeitura Iria Construir Rodoviária - Vila Isamara 

Mudando o Local
O vereador oposicionista demonstra que a prefeitura teria escolhido outro terreno na mesma rodovia, só que em frente à cerâmica do Barreto como local para construir a rodoviária e teria mudado o local com o intuito de prejudicá-lo.
Compra de Amigos e Desapropria de Adversários
Sá também lembrou que a prefeita Belezinha comprou de um amigo, pagando preço até acima do mercado, o terreno onde está sendo construído o Hospital Regional pelo governo do estado. Para um amigo e aliado político o terreno é comprado e no caso de adversário a prefeitura utiliza da desapropriação onde os terrenos ficam abaixo do preço. “De um amigo ela soube comprar o terreno e de pessoas que não votaram nela ela entra com desapropriação querendo ficar com imóveis alheios a preço de banana” protestou Sá.
Resistência
O vereador Eduardo Sá disse que já entrou em contato com seus advogados, que pretende reagir contra o que taxou de pura perseguição política e garantiu que tais manobras não irão lhe intimidar.
Outro Lado

Nossa reportagem procurou a assessoria da prefeitura que até o fechamento da matéria não havia se posicionado sobre o assunto. 

“O PT Se Prostituiu”, Diz o Petista Manin Lopes


Ao debater a desfiliação de alguns petistas marcada para hoje o vereador Manin Lopes (PT) declarou que o PT não é mais o mesmo de antes e agora está prostituto.

Manin (foto) lembrou que durante 15 anos o PT evitou fazer alianças e conservava certa pureza ideológica. “O PT passou uns 15 anos desvinculado a qualquer vício político e era como uma mocinha intacta”, disse o vereador petista.

Adiante em sua fala Manin lembrou o acordo com Sarney, a aliança com Magno Bacelar e a permanência no atual governo, “depois de fazer parte tanto do governo federal, quanto do municipal, que caiu para um lado e caiu para o outro, ai é como falou o deputado Magno Bacelar que disse que o PT tá prostituto”, declarou.

“O PT para entrar no governo federal se prostituiu com Sarney, aqui em Chapadinha se prostituiu com o próprio Magno Bacelar e continua prostituto, a gente tem que ser realista nas coisas” avaliou, incluindo a participação no governo Belezinha como desabonadora para o partido. 

CRAS Areal: Eduardo Sá Denuncia Corte de Energia por Falta de Pagamento


O vereador Eduardo Sá (PRTB) denunciou na sessão desta quinta-feira (28) que o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Bairro Areal está oito dias com a luz elétrica cortada por falta de pagamento. Segundo o parlamentar as atividades do  CRAS estão paralisadas pela falta de pagamento da luz e o povo segue prejudicado.

“Está sem energia não porque houve pane no sistema elétrico e sim porque cortaram a energia mesmo, são 8 dias sem energia no CRAS do Areal e segundo informações a água também deve ser cortada porque já chegou o aviso de corte”, alertou o parlamentar.

Ainda em sua fala Eduardo Sá voltou a denunciar falta de pagamento de um lava-jato e de uma loja de autopeças que fornecem para a secretaria de saúde. Segundo Eduardo Sá, em conversa com os proprietários do lava-jato e loja de autopeças a secretaria de saúde fez todos os procedimentos para pagar os débitos, mas o setor de finanças da prefeitura não conclui o pagamento dos fornecedores.

Sá lembrou do não pagamento da primeira parcela do décimo terceiro de aposentados e servidores da saúde também como sinais do desequilíbrio financeiro da prefeitura apesar do volume de recursos recebidos neste ano de 2013. 

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

CRAS Sem Luz, PT Prostituto e Outros Assuntos na Sessão da Câmara


# “Cortaram a Luz do CRAS do Areal”, Diz Eduardo Sá;


# Eduardo Braga Lamenta Desfiliações de Petistas;


# “O PT se Prostituiu”, Reconhece Manin Lopes. 

Detalhes nas Próximas Postagens   


Folha Circulando


Pegue seu exemplar da Folha do Baixo Parnaíba na Papelaria Galvão. 

Justiça Anula Indicação de Washington para o TCE


O juiz José Edilson Caridade Ribeiro, da 5ª Vara da Fazenda Pública, concedeu há pouco, liminar em ação popular protocolada pelo deputado federal Domingos Dutra (Solidariedade) e pelo deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) e suspendeu o procedimento de indicação do vice-governador Washington Oliveira (PT) à vaga de conselheiro do TCE-MA.
O petista havia sido eleito na manhã de hoje (28).
“CONCEDO A MEDIDA LIMINAR, para o fim de suspender o procedimento de indicação pela Assembléia Legislativa em relação à escolha do Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão ora em tramitação, inclusive a sua eleição, para ensejar a que se afira a observância do devido processo legal (legislativo) na sua realização, apenas como já mencionado na parte que diz com a ampla publicidade do certame. Decisão que se toma ad cautelam, para mais adiante evitar-se mal maior e até porque, pequeno retardamento para observação legal do procedimento constitucional/legal, em nada inviabiliza o funcionamento daquele órgão de contas. Por outro lado entendo, que tal decisão, antes de afrontar a independência do legislativo, prima em lhe possibilitar ainda maior engrandecimento”, despachou.

Daqui a pouco mais informações.

do Blog do Gilberto Léda 

Professor Telmo Recebe Cidadania Chapadinhense nesta Sexta-Feira


O professor Telmo José recebe o título de cidadão chapadinhense em sessão solene da Câmara Municipal de Chapadinha nesta sexta-feira, 29. Paulista de São Bernardo do Campo, professor da Universidade Federal do Maranhão e engenheiro civil desde que chegou em Chapadinha Telmo vem participando da vida social da cidade. Telmo foi secretário municipal de meio ambiente e permanece atuando na área ambiental.


A solenidade de entrega do título honorário de cidadão Chapadinhense tem início às 16, no Palácio Legislativo Francisco Almeida Carneiro, que fica na Praça Coronel Luís Vieira e deve contar com a presença dos secretários estaduais Vitor Mendes (Meio Ambiente), Claudio Azevedo (Agricultura), Maurício Macedo (Indústria e Comércio) e do Reitor da UFMA Natalino Salgado, além de várias autoridades locais.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Vem Ai o Convênio que Vai Salvar Chapadinha


A imprensa governista estampa como nova grande conquista da prefeita Belezinha mais um importante convênio na área da infraestrutura. Leiam, abaixo, a salvação da lavoura e depois volto comentando.

“A prefeita Belezinha continua sua luta para tirar o município da situação de atraso pelo qual passou por vários anos, sobretudo em algumas áreas, como a infraestrutura, por exemplo. No momento em que todos os municípios brasileiros se preparam para fechar suas portas no dia 13 de dezembro, em protesto contra o que os prefeitos classificam de “o maior arrocho financeiro dos últimos 25 anos”, devido à falta de compromisso do governo da União para com os mais importantes entes da federação, a prefeita de Chapadinha, Ducilene Belezinha, arregaça as mangas e sai de porta em porta, em busca de recursos “para o município não parar”.

“Se não for assim, a gente não consegue nada. Temos que ir a busca dos recursos, pedir mesmo, pois a situação dos municípios brasileiros é a pior possível, desde os últimos 25 anos. Fora os recursos garantidos para a Educação e a Saúde, só o FPM não dá para tocar o município com uma grande lista de despesas e ainda ter que realizar obras. Não é só Chapadinha, mas são todos os municípios da federação que estão atravessando esta terrível crise”, assinalou Belezinha.

E como estes recursos não caem do Céu, Belezinha foi atrás e, mais uma vez, voltou com uma boa notícia. Ontem à tarde, acompanhada do secretário municipal de Infraestrutura, Aluízio Santos, ela esteve reunida, na capital maranhense, com o chefe da Casa Civil, João Abreu e com o secretário de Trabalho e Emprego, Antonio Helluy, onde assinou mais um convênio para o município, na área de infraestrutura.”

Comento

Se não bastasse a estranheza de um convênio da área da infraestrutura ser assinado pelo chefe da Casa Civil e secretário de trabalho, a “antimatéria” se encerra sem que se consiga saber o que será feito com o tal convênio. Alguém ai pode esclarecer? 

Sair do PT pra Caminhar de Cabeça Erguida


Seguindo o exemplo do petista histórico Chico da Cohab um grupo de militantes escolheu a próxima sexta-feira (29) como data para deixar o Partido dos Trabalhadores. Como refundador do PT em Chapadinha no final dos anos 80, período em que sequer tinha idade para ter filiação ou mesmo votar, a percepção de que o Partido de Lula hoje é mera legenda negociável e que ali – como enumerarei adiante – não há mais respeito às regras nem como se travar um embate interno democrático, me impõe – com tristeza – seguir os companheiros pelos motivos (recentes) que destaco apenas alguns adiante.

60 Rejeitados Locais
A direção partidária de Chapadinha, depois de receber cerca de 80 filiados formados em grande parte por contratados da prefeitura, rejeitou 60 novas filiações propostas pela ala petista que faz oposição ao governo da dona Belezinha. Entre estes 60 havia vários militantes históricos como o João Taboca, integrante de grupo de jovens da Igreja e que nos anos 80, também sem idade legal de se filiar, ajudou a fundar o PT. João foi a uma plenária onde lamentou a injustiça e obteve pedido de desculpas de parte da executiva. Mas a exclusão não foi revista. Para se obter uma vitória desrespeitaram João Taboca e vários outros companheiros.

Quem Manda é o Sarney
De 2010 até o hoje, tocado pela mão de ferro do diretório nacional, o PT do Maranhão não é mais que um braço do grupo Sarney. Os exemplos são inúmeros: decidimos apoiar Flávio Dino em 2010 e teve virada de mesa em nível nacional, o segundo turno legítimo do PED deste ano negado pelo diretório... Maioria pra que se impera a vontade do Sarney.

Macaxeira no TCE
Entre todas as passagens da vassalagem petista ao grupo Sarney a mais acintosa é a indicação de Washington Luís ao TCE depois de jurar em todos canto, na época do PED, que jamais aceitaria entrar nessa trama. Ao renunciar à vice para pegar cargo vitalício na corte de contas Washington abriu caminho para uma eventual candidatura de Roseana ao senado, para Luís Fernando virar governador de forma indireta e impediu o PT de comandar o estado por quase um ano. É preciso dizer mais alguma coisa para fazer entender que este não é mais o PT porta-voz das lutas? 

Pior de tudo é que nem partido pragmático consegue ser: quando poderia assumir o governo estadual, trocou a possibilidade por cargo vitalício de um único “militante”.

Tô Fora
Por estas e por outras saio junto com outros companheiros. É hora de debater a procura de um novo rumo. Vamos buscar outros instrumentos que reafirmem nossos compromissos com a organização popular na cidade e no campo. Que nos permita continuar a luta por mudanças neste Maranhão dominado por uma das mais antigas e implacáveis oligarquias e cujos indicadores sociais são pra lá de vexatórios.

Aos de luta que permanecem no PT, digo que a luta é maior que os partidos e em assim sendo continuamos companheiros. Já à militância que busca um novo caminho, a certeza de ser feliz em caminhar de cabeça erguida. 

Diligentes...


terça-feira, 26 de novembro de 2013

Atenção! Querem Calar a Mirante


“Atenção, vereadores! É hora de pedir o fim do contrato entre Câmara Municipal de Chapadinha e a empresa SOFIA...” Assim começa a mais nova tentativa de abafar as críticas ao governo.

Sob o pretexto de questionar um contrato entre a Câmara Municipal e a empresa de comunicação que garante a transmissão das sessões por duas diferentes emissoras locais, os blogs do governo miram na Sofia querendo acertar a Mirante.

Evidente que se fossem questionar algum contrato irregular de empresa de comunicação não poderiam deixar de fora a relação entre prefeitura de Chapadinha e a MPL, empresa do radialista Paulo Lima, pai de uma ex-candidata a vereadora, firma criada vinte e poucos dias depois de Belezinha virar prefeita, que funcionaria em uma residência, diz que paga uma rádio comunitária e outras mídias favoráveis ao governo... Reveja (aqui). Mas o caso aqui é outro. A investida deles é contra a Mirante.

Esquecendo que a Câmara remunera a transmissão das sessões às rádios Cultura e Mirante, os blogs de Belezinha conclamaram os vereadores a exigirem o fim do contrato que leva as sessões aos lares chapadinhenses, sob a alegação de que a Mirante critica o governo e sua base aliada no parlamento. Que a cultura tem um programa do mesmo Paulo Lima da MPL que vive de atacar vereadores e outros opositores do governo, nem mencionam.

A proposta não teve qualquer ressonância na câmara na sessão desta segunda-feira, ninguém deu a mínima à sugestão da imprensa “chapa branca” e cuja insistência tende a ser mais um desgaste inútil, pois, se não há meios de cancelar contrato regular com a firma de comunicação, menos ainda é possível fechar veículos de comunicação por vontade de prefeita e outros pretensos poderosos. 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Velha Política do Cremosinho e Cozidão

Magno PF de Cozidão, em Foto de Ivandro Coêlho

Não tem como deixar de repercutir a notícia da volta da dupla Magno e Danúbia ao cenário político social da Chapada. O jornalista Ivandro Coêlho foi quem trouxe a boa nova da aparição da ex-prefeita e do deputado no aniversário do senhor João Oliveira Soares, na localidade Curralinho. Pontuando a presença do casal como um ato da velha política de sempre, Ivandro conta que chegou a ser contemplado com um “cremosinho” ofertado por Danúbia.

A festa tava mesmo boa, reparem este trecho da postagem do professor: “o que faziam os dois em um lugar tão simples, em pleno dia de domingo? O de sempre: a velha política. Mas de um jeito muito peculiar: enquanto ele “proseava” com os moradores fazendo o marketing de sua parceira inseparável e futura candidata a deputada, a loira distribuía simpatia e – pasmem! – um monte de cremosinho para os convivas, especialmente para as crianças. Até eu ganhei um, não é hilário?” relata Ivandro.

Essa onda de político marcando presença em aniversário não tem nada de novo. Sabendo que Magno, Isaías, Danúbia e Belezinha só perdem aniversário ou velório e tiver muito longe do período eleitoral, fiquei curioso mesmo foi pra saber o que meu amigo jornalista Ivandro Coelho fazia ali.

Foi então que me contaram que o professor chegou ao Curralinho (lugar tão simples), no carro da prefeita Belezinha e integrando comitiva do secretário Aluísio Santos. Além de Ivandro, Aluísio tinha a companhia do policial civil Itamar e do funcionário da secretaria de cultura Arnaldo Costa.

Não me intrigou a presença de Magno & Danúbia, Aluísio & Ivandro, pois é costume da boa gente do interior convidar gregos ou baianos e não se faz distinção entre governo e oposição. Aliás, fui informado ainda que Magno Bacelar, em retribuição ao convite, mandou de presente um de seus bois para abastecer a festa, o que também é corriqueiro.

A novidade no caso é a narrativa do Ivandro que, assumindo a companhia de Aluísio, confessa ter ido fazer a mesma velha política de sempre, comendo cremosinho da Danúbia e cozidão do Magno.   

Levi Pontes Participa de Evento ao Lado de Flávio Dino em Araioses


Ao lado dos líderes locais Remi e Luciana Trinta e do deputado Bira do Pindaré (PSB) o médico Levi Pontes participou de mais uma edição dos chamados “Diálogos Pelo Maranhão”, na noite do último sábado (23), em Araioses,  ao lado do presidente da Embratur, Flávio Dino.

Flávio Dino, que já vinha do município de Água Doce, foi recebido lideranças e populares na entrada de Araioses, de onde saíram em carreata até a Praça do Viva Araioses. No auditório da Praça, uma multidão já aguardava a comitiva que além de Flávio, Levi, Luciana e Remi Trinta e Birá do Pindaré, contava com a presença do ex-deputado Rubens Pereira e do vice prefeito de Água Doce, Zé Wilson.  

Convidado a compor a mesa, Levi seguiu o exemplo de outros componentes que declinaram da fala em função do adiantar da hora, para que a anfitriã Luciana e o convidado Flávio pudessem discursar mais a vontade.


Flávio em Chapadinha
Após o encerramento do evento Flávio Dino conversou com Levi Pontes e Irmão Gomes, que aproveitaram a ocasião para convidar o presidente da EMBRATUR para um encontro, em Chapadinha, com as lideranças da região já engajadas no projeto da pré-candidatura de Levi Pontes. O evento deve acontecer em janeiro e Flávio Dino confirmou presença. 

Auditório Lotado para Ouvir Flávio Dino

Remi e Luciana Trinta Recebem Flávio Dino e Lideranças em Araioses 

Flávio Dino Chegando ao Auditório 

Irmão Gomes e Levi Pontes com o chapadinhense Zé Luis que reside em Araioses 
Da Assessoria 

O Grito

Por: Anaximandro Cavalcanti – Psicólogo

Quinta feira 21 de novembro de 2013 ficará marcada na historia política de Chapadinha pela luta de seis indivíduos contra os contínuos desagravos cometidos pela classe politiqueira, que supostamente nos representa.

Quéops, carro do lixo, peixe podre, 38 mil vassouras, e para completar, a diminuição no numero de vagas em concurso; essa serie de espoliações contra os cidadãos chapadinhenses ocasionou em meia dúzia de revoltosos um ímpeto de indignação contra os rumos da politica local.

Talvez a casta política ligada ao governo não acreditasse na possibilidade de revolta em meia dúzia. Todavia, nossa sociedade, tão idiotizada pelos vereadores de situação se torna consciente do seu poder singular perante os ditames do poder executivo, se sente na obrigação de lutar contra essas determinações alienantes, e se une em prol da afirmação dos seus direitos políticos perante uma realidade social que se caracteriza justamente pelo vazio do espectro político local.

Os chapadinhenses testemunham a crise da base aliada em um momento histórico no qual os vereadores se afastaram das suas propostas fundamentais, dissolvendo-se em uma massa informe regida pelas negociatas e desejos de manutenção do poder acima de tudo.
Nossos nobres vereadores, apenas referendam a opressão do executivo sobre aqueles que contestam as suas arbitrariedades legitimadas. Em vez de promover a cidadania, o autoritarismo fascista do poder executivo triunfa sobre os sonhos da juventude estudante que ali se fez presente, impondo dor e humilhação para todos aqueles que estão desamparados politicamente perante a arbitrariedade do poder estabelecido em conluio com os foragidos dos eleitores. Mas essa “derrota” imposta pelo executivo repressor sobre as aspirações da juventude será conquistada pela voz da esperança que já começa a ecoar nesses grupos que emergem de todos os lados, visando fazer seus direitos desapropriados paulatinamente pelos espoliadores chancelados pelo poder do executivo. Seja daqui para a próxima semana seja daqui até a próxima eleição.

Para os vereadores da base governista, na hipocrisia de sua “generosidade”, são sempre os oprimidos, que eles jamais obviamente chamam de oprimidos, mas de “essa gente” ou de “meia dúzia”, são sempre os oprimidos os que bagunçam a Câmara. São sempre eles os “malvados” quando reagem à violência do executivo.


Gostaria de encerrar com uma frase de Henry David Thoreau, “todos os homens reconhecem o direito de revolução: isto é, o direito de recusar obediência ao governo, e de resistir a ele, quando sua tirania ou sua ineficiência são grandes e intoleráveis [...] Em um governo que aprisiona qualquer um injustamente, o verdadeiro lugar para um homem justo é também a prisão”.

sábado, 23 de novembro de 2013

Pressão de Sarney deixa indefinido a realização do PED do PT neste domingo


Do Blog do Garrone
O PT está batendo cabeça e nem mesmo o diretório nacional se entende. Enquanto o Sistema Nacional da Eleição Petista (SisPED) envia as cédulas eleitorais para o segundo turno no Maranhão, a Secretaria Nacional de Organização (Sorg) envia ofício adiando a decisão sobre a realização do segundo pleito que ocorreria neste domingo.
O ofício, aliás, feito às pressas, devido as pressões de Sarney e seus petistas de tiracolo, troca data e retroage no tempo. Com data de hoje, 22 de novembro, a Secretaria Nacional solicita todas as atas de apuração do primeiro turno, até às 23:59 do dia 12 de novembro, para subsidiar a análise de recursos impetrados por Washington & Cia.
Ainda no ofício, a secretaria diz que os atrasos na divulgação oficial – não a paralela plantada pela turma no jornal O Estado do Maranhão – prejudicou a realização do segundo turno neste domingo.
O temor da turma é que com a renúncia de Washington da vice-governadoria para assumir o TCE dificulte a vitória de Monteiro em um provável segundo turno.
Washington vai abdicar de nove meses de governo para que Roseana possa renunciar e concorrer ao Senado sem os riscos de deixar o melhor governo da sua vida nas mãos dos petistas; a quem, pelo visto, ela considera não ter competência para administrar o Estado.
A dúvida é se a decisão sobre o segundo turno cabe ao SisPed ou a Sorg. Ou melhor: se ao PT ou a Sarney.
A confusão tá grande!
Veja a cédula oficial enviada pelo diretório nacional e o ofício adiando a decisão sobre o segundo turno.
PT cédula eleitoral
PT ofício PED

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

10Zão é Assim...


Concurso: a Vitória de Quem Perde e a Derrota de Quem Ganha


Ambiguidade, no apropriado sentido de algo poder ser a um só tempo nojento e digno, é o termo em que se pode resumir o ocorrido ontem na Câmara Municipal de Chapadinha. Se o papel dos vereadores de Belezinha foi asqueroso, os parlamentares da oposição cumpriram com altivez sua missão numa tarde-noite em que a opinião pública mostrou fortaleza e o povo livre brilhou.

Flagra do Blog do Foguinho 

O Povo Contra os Amilhados
Entre diretores de escolas e pessoal contratado, aqueles que iriam aplaudir o projeto das 221 vagas chegaram cedo. Já antes das 15 horas, diretores de escolas aguardavam a abertura do prédio da câmara sob a sombra de uma figueira da Praça. Foram os primeiros a entrar ocuparam os dois lados das galerias, mas foram logo cercados por estudantes universitários, professores concursados e ativistas em geral. Numérica e moralmente abafados, a participação dos subordinados oficiais só teve relevo com uma ameaça de morte por um deles lançada: “vai morrer e não custa”, gritou um conhecido vigia contratado contra o vereador Eduardo Braga (PT).

Suspeito de Ter Ameaçado Vereador Braga /Blog do William Fernandes  


Vereadores que Votaram Contra Mais Vagas Divulgada em Redes Sociais  

Exaltação Patética
Pela afoiteza, o discurso mais deprimente foi de longe o da vereadora Marcia Gomes (PR). Quando poderia seguir seus pares, se limitando ao sim e ao não conforme o acertado com a prefeita ou imitar o tom prudente dos guias Irmão Carlos (PRB) – líder de direito – e Samuel Mistron (PMDB) – líder de fato –, Marcia optou pela fervorosa defesa do projeto e pelo deboche com o povo. Declarou (pasmem!) que cadastro de reserva obrigaria a prefeitura a chamar os excedentes e disse que a luta por mais vagas era ação de poucas pessoas: “esse movimento todo ai é debate de cinco ou seis pessoas em redes sociais, povo mesmo não vi”, afirmou sob vaias.


Contradição Militante
O mais incoerente foi o vereador Manin Lopes (PT), começou reclamando da falta de esclarecimento por parte do executivo com relação ao número de contratados atuais e quanto às reais necessidades e possibilidade de pagamento por parte da prefeitura. Falou que o poder legislativo deveria ficar acima de interesses pessoais, levando a crer que votaria contra ou se absteria. Depois de acompanhar integralmente a base do governo, fechou a conta proferindo a pérola: “mesmo sem a transparência (da prefeitura), meu voto é sim ao projeto”, finalizou o voto e a pretensão de ser o último guardião da ética.

Populares Apoiam Oposição/Foto Foguinho 

Oposição Aclamada
Nonato Baleco (PDT) foi o magistrado que a sessão histórica exigia. Missicley Araújo (PR) firme e em sintonia com sua classe de professora. Eduardo Sá (PRTB) fez o melhor discurso de seu mandato até aqui. Eduardo Braga (PT) defendeu com inteligência seu ponto de vista, foi o mais hostilizado pelos governistas e, sem aceitar provocações, em todo tempo pedia acordo pela retirada do projeto e pela ampliação das vagas. Resultado: foram aplaudidos pelos atores principais do espetáculo, os populares presentes, enquanto os 10 governistas saiam hostilizados.

Belezinha Cara de Poucos Amigos: Foto Adorildo Japa 

A Vitória de Quem Perde
Estampada em matérias de todos os blogs governistas, o olhar distante e o semblante de indisfarçável amargura, a prefeita Belezinha em foto ao lado do secretário Francejane (Educação) era a cara da derrota, a face de quem perdeu a batalha da opinião pública e comprou caro uma aprovação que só lhe acrescenta desgaste.  

Populares Acompanhando à Sessão Debaixo de Chuva 

A Derrota de Quem Ganha

O povo anônimo, agitado e altivo; do cidadão que de ouvidos atentos teve o rádio como testemunha de corações e mentes irradiando esperança e vibrações positivas ao plenário João Batista Barros; do chapadinhense distante, mais um exilado pela falta de emprego, que acompanhou a tudo pela internet; àquele que solitário ou em grupo, debaixo de chuva, se dirigiu ao Palácio Legislativo e ali prenunciou o fim do conformismo: foram estes, senhores, os vitoriosos desta quadra da nossa história.   

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Base Governista Aprova Concurso com 221


O projeto de lei que estabelece o concurso com 221 acaba de ser aprovado por 10 votos contra 3. Votaram por mais vagas os vereadores Eduardo Sá (PRTB), Eduardo Braga (PT) e Missicley Araújo (PR). O presidente Nonato Baleco (PDT) só votaria em caso de empate. 

Pelas 221 vagas votaram Manin Lopes (PT), Irmão Carlos (PRB), Levi Murici (PRB), Lívia Saraiva (PTB), Raimundinha Vasconcelos (PRB), Francisca Aguiar (PV), Marcia Gomes (PR), Toinho Marinheiro (PR), Antonio Odilon (PRB) e Samuel Nistron (PMDB).

Mais detalhes em instantes.  

Imagens da Sessão

Câmara Lotada Antes da Sessão

Povo Acompanhando Sessão de Baixo de Chuva

Marcelo Menezes Tem Crise Hipertensiva e Falta à Sessão


Após sofrer crise hipertensiva e ser atendido no hospital UDI, na noite de ontem, o vereador Marcelo Menezes (PRP) comunicou oficialmente que não participará da sessão de hoje.

O parlamentar informou que sua pressão chegou a 18 por 10, que já foi controlada, ele passou a amanhã de hoje realizando exames em São Luís e seu cardiologista não teria liberado sua vinda a Chapadinha.

Marcelo reafirmou aos colegas o desejo de participar da sessão e lamentou que seu estado de saúde não permita. 


Mais detalhes em instantes.  

Sessão do Concurso Promete Parar Chapadinha

Imagem do Facebook Conclamando Vereadores da Base a Votarem por Mais Vagas

É grande a mobilização com relação à sessão da Câmara Municipal que decide o projeto de lei que autoriza o poder público a realizar concurso.

Mobilização  
Enquanto os favoráveis a um maior número de vagas no concurso se movimentam utilizando redes sociais, fazendo panfletagem, cartazes e usando carros de som, o governo defende o projeto das 221 vagas convocando contratados e cargos comissionados para lotar as galerias e se manifestar durante a sessão.

Vereadores
Definida a posição favorável a um maior número de vagas pelos vereadores Missicley Araújo (PR), Nonato Baleco (PDT), Eduardo Sá (PRTB) e Eduardo Braga (PT), os demais parlamentares não anteciparam como votam.

O governo precisa do voto de 8 vereadores e há rumores de que pelo menos três parlamentares – dos 11 da base – estariam  pendentes a se abster, deixando o governo no limite dos oito necessários. Nos bastidores se tem notícia de que muitos vereadores não querem aprovar o projeto estariam sofrendo pressões da prefeita Belezinha para votar favorável.

Mídia Calada
Outro sintoma do desgaste governista é a falta de defesa do governo nos blogs aliados e nas redes sociais quanto ao projeto de 221 vagas.

Tudo Pode Acontecer

Entre as manifestações legítimas da população e as manobras da prefeita Belezinha, a Sessão de hoje gera expectativa parar Chapadinha, mas já se consolidou como grande fato político independente do destino do projeto das 221 vagas nanicas. 

Mirante de Volta ao Ar e “Direto ao Assunto” Extra às 11 horas

A energia elétrica só foi restabelecida no prédio da rádio Mirante no meio da manhã de hoje. A programação das rádios AM e FM volta à normalidade a partir das 10 horas e as 11 tem edição extraordinária do programa Direto ao Assunto tratando de vários temas e atualizando notícias sobre a Sessão da Câmara que acontece na tarde desta quinta-feira.   

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Pane de Energia Suspeita Tira Rádio Mirante do Ar

Subestação da Mirante: Pane Restrita à Rádio 

Uma pane de energia que atingiu apenas o prédio do sistema Mirante de Chapadinha acabou tirando do ar as rádios AM e FM (às 13:30h), minutos antes do início do programa “Direto ao Assunto”, na tarde de hoje, acabou gerando uma série especulações e suspeitas.

Após esperar por alguns minutos o restabelecimento da energia, funcionários da emissora verificaram junto a estabelecimentos comerciais no entorno da Praça Coronel Luís Vieira e perceberam o problema era restrito ao prédio da Mirante.

Descartada a falta de energia elétrica nas redondezas, um técnico da Mirante constatou que o problema era na subestação individual do prédio da emissora, que se encontrava com uma das três canelas desativadas.

Como há a possibilidade de alguém facilmente sabotar derrubando a canela e a emissora é a única na cidade que tem dado voz a vereadores de oposição, entidades e populares que se posicionam contra o projeto da prefeita que abre apenas 221 vagas em concurso público e em meio a muita pressão da opinião pública por mais vagas, em projeto que será votado amanhã, a direção da emissora – mesmo não tendo condições de categoricamente afirmar ter havido sabotagem – exige investigação com relação ao caso.

“Com os elementos que tenho não posso dizer que tenho certeza de que a rádio Mirante tenha sido vítima de armação para sua retirada na tarde de hoje, mas tenho o direito de exigir uma investigação sobre o caso”, disse Léo Castro, diretor do Sistema Mirante de Chapadinha.

Castro mencionou um princípio de incêndio misterioso no início do ano (nos fundos da Mirante) e lembrou que o prédio de uma TV foi totalmente queimado por questões políticas em Vargem Grande. “O que pode ser uma simples intimidação ou pequeno boicote pode terminar com um atentado mais grave como o que aconteceu ano passado em Vargem Grande”, finalizou Léo Castro, relembrando o caso da TV Líder que sofreu um incêndio criminoso em 2012.

Até o fechamento desta da postagem a CEMAR não tinha chegado à Mirante e a rádio, por consequência da falta de energia, continuava fora do ar.

Detalhe da Canela Fora do Lugar 



Lideranças de Coelho Neto e Duque Bacelar Anunciam Apoio a Flávio Dino

Por: Samuel Bastos - Portal Gaditas 
O Presidente da Embratur Flávio Dino recebeu na manhã de hoje (20) em Brasília, a visita de lideranças políticas da região leste do Maranhão. A comitiva formada pelo vice-prefeito de Coelho Neto Sérgio Guanabara (PSD) e pelo vice-prefeito de Duque Bacelar Jorge Oliveira (PcdoB) serviu para hipotecar apoio a pré-candidatura do comunista ao Governo do Maranhão.
20131120_124404
Durante a reunião que contou com a presença do ex-prefeito de Coelho Neto Raimundo Guanabara e do Procurador Federal Claudio Furtado foi definido que uma grande frente de lideranças e partidos oposicionistas será formada em defesa do nome de Flávio Dino na região.
20131120_130403
Ao defender o nome do comunista o vice-prefeito de Coelho Neto Sérgio Guanabara salientou que o Maranhão precisa experimentar um novo modelo administrativo onde o interesse coletivo esteja acima dos interesses individuais. “Estamos aqui porque paramos para ouvir a voz das ruas que clama por mudança e entendemos que o nome de Flávio Dino representa esse sentimento de romper esse ciclo que já dura quase 50 anos”, disse ele.
20131120_141332
Ao reivindicar as deficiências da região, o vice-prefeito de Duque Bacelar Jorge Oliveira pontuou que os prefeitos têm sofrido com a ausência de políticas públicas que de fato melhorem a vida do povo.  “As deficiências que temos nas áreas da saúde, da segurança, do saneamento básico e da educação, por exemplo, mostra que o modelo administrativo que ai está não tem dado resposta a altura do que o povo almeja e necessita”, pontuou.
20131120_141408(0)
Ao final da reunião o pré-candidato ao governo do Maranhão Flávio Dino agradeceu a manifestação de apoio e enalteceu o compromisso das lideranças com a região. “Estamos muito felizes com esse grupo forte de lideranças que se levantam para defender esse projeto de mudança que o Estado anseia. Não temos dúvida que eles serão multiplicadores da nossa mensagem e nos ajudarão nesse grande desafio de construir junto com a população, a plataforma de um governo feito do povo e para o povo”, destacou.
20131120_141523
Fizeram parte da comitiva ainda o Presidente da Câmara de Chapadinha Nonato Baleco (PDT) e a ex-candidata a Prefeita de Imperatriz Rosângela Curado (PDT).