Publicidade

Publicidade

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Eleições 2012: PT de Chapadinha Desiste de Candidatura Própria


Por: Eduardo Braga - Jornalista 

Em respeito às regras estatutárias e o Regulamento de Encontros e Prévias 2012 do partido, o PT de Chapadinha realizou ontem, na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) o seu Encontro de Tática Eleitoral.

Atingido o quorum regimental, o secretário de articulação política, Juvenal Neres, e o militante Chico da Cohab informaram a inviabilidade da pré-candidatura da Dra. Doracy Reis por entraves jurídicos no seu processo de aposentadoria. "A presença dela elevou o nível do debate político na cidade, mas ainda não será em 2012 que nós poderemos contar com ela como candidata", lamentou Juvenal.

O presidente do diretório municipal, Francisco Paiva, também lamentou a retirada do nome de Doracy. "Ela vinha agregando apoios dentro e fora do partido. Seria uma candidatura com chances reais de vitória", afirmou.

Diante a circunstância, o partido decidiu retirar a candidatura própria que vinha sendo discutida internamente, mas mantêm a disposição de estar presente em uma das chapas majoritárias da disputa. "Se nós não teremos candidato a prefeito, devemos pleitear a vaga de vice-prefeito com quem quiser fazer aliança conosco", defendeu a secretária-geral Maria Coelho.

Com a decisão, será formada uma comissão responsável por negociar com as pré-candidaturas postas no cenário pré-eleitoral as condições para a aliança. Além da vaga de vice, o partido estipulou como prioridade a eleição de vereadores da legenda. "A sociedade se mobilizou na audiência pública para discutir a instalação da fábrica da Suzano no município, no dia seguinte a sessão da Câmara abriu e encerrou sem ter um orador inscrito para debater a questão. Há um descompasso. Mandatos de vereadores petistas, certamente, contribuirão muito para melhorar a realidade política da cidade", defendeu o ex-secretário de Assistência Social, Eduardo Braga.

A comissão negociará com os pré-candidatos e levará para o conjunto do partido os diálogos e os compromissos de cada para que os militantes tomem a decisão democraticamente com base no melhor para a cidade e para o projeto petista no município.


Prazos

O partido decidirá até o dia 10 de junho quem apoiará pra prefeito e sua nominata de candidatos a vereador. Até o final do mesmo mês, a convenção oficial decidirá homologará a decisão e definirá a coligação proporcional.

sábado, 28 de abril de 2012

Prefeitura Inaugura Escola no Residencial José de Sousa Almeida



Pais, alunos, professores, secretários e  moradores do residencial José de Sousa Almeida, participaram na tarde desta sexta-feira (27), da aula inaugural da mais nova escola  da cidade de Chapadinha,  a  Unidade Integrada  "Coronel Joaquim Nunes”.

A escola possui seis salas e vai atender cerca de 450 estudantes da educação infantil e ensino fundamental que foram transferidos de outras escolas da rede municipal de educação por causa da mudança de residência dos pais beneficiados pelo Programa Minha Casa Minha Vida.


Dona Jayana, mãe de sete filhos morava no bairro São José, ela foi uma das beneficiadas do programa e teve que  mudar para o residencial. A principal preocupação dela era matricular os filhos próximo de casa. “Aqui é muito longe, não tem transporte,  só uma bicicleta. Eu  não tinha matriculado meus filhos em outra  escola, esperando esse dia”, afirmou a dona de casa.

Para a secretária de educação Enir Ferreira Lima, a escola é um ganho siguinificativo para a comunidade do Residencial José de Sousa Almeida, uma vez que mil famílias residem no local. “Nós já temos alunos matriculados da educação infantil ao oitavo ano. Não obtivemos números suficientes para formar a turma do nono ano.  Mas, há uma grande expectativa  que   nos próximos dias a gente consiga matricular alunos na EJA – Educação de Jovens e Adultos no turno noturno e também alunos do ensino médio em  parceira com a secretaria de estado da educação”, frisou Enir Ferreira.
A prefeita Danúbia Carneiro, resaltou a importância da escola para comunidade.“ O importante é que nós estamos  acolhendo quase 500 crianças e adolescentes. Eu vi um brilho especial nos olhos desses meninos e meninas nesta escola, pra mim, um  momento todo especial compartilhada com todos os presentes nesta cerimônia”, disse Danúbia.

O vereador Samuel Nistron, representando a câmara municipal, destacou o projeto da escola  que seguiu  um padrão determinado pelo ministério da educação. “Participar desse momento e da execução desse projeto que passou pela câmara é importante para esses pais que fizeram questão de prestigiar o evento. Parabenizo, professores e  alunos desta escola”,  afirmou o parlamentar.  

A Unidade Integrada “Coronel Joaquim Nunes”, dispõe de uma completa infra estrutura como biblioteca,  área de recreação, banheiros (inclusive para pessoas especiais), cozinha e salas especiais. As aulas terão inicio na próxima segunda-feira, (30).



Fotos e Texto: Blog CN1 e Luis Carlos Jr.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Paróquia Critica Audiência e Declara Oposição a Instalação de Fábrica da Suzano



Texto Extraído do Blog da Paróquia de Chapadinha

"Como estava previsto, realizou-se a Audiência Pública sobre a construção da unidade industrial da Suzano na Região. Uma grande multidão presente. O ginásio do Pequeno Príncipe completamente cheio. Gente vinda até de outros Municípios. Muitas autoridades. Ambiente de grandeza com tudo bem definido. Primeiro falaram os diretores da Empresa e os coordenadores dos trabalhos preparatórios de análise e projeção da unidade industrial. Exposição fantasticamente técnica e científica e, segundo foi dito, tudo segundo a lei. Só teve um defeito que foi positivo para quem estava atento: de vez em quando escapavam aos expositores as palavras: riscos, impacto ambiental, consequências negativas, medidas mitigadoras, compensação ambiental, influências diretas e indiretas... Até se poderia pensar que se estava preparando a vinda de alguma árvore sagrada para enfeitar os presépios de natal. Mas não. Era o plantio do eucalipto que estava em causa. Os presentes mantinham-se calados, admirando a solenidade do ambiente. Uns dormitavam, outros admiravam os gestos da tradução para surdos. Alguns prestavam atenção apenas à promessa de futuro trabalho, o que muito foi falado.

Foi uma exposição alienatória, enganadora, dizendo bem da empresa Suzano, engrandecendo sua história, elogiando sua grandeza e especificando os benefícios que vai trazer à região do Baixo Parnaíba. Insistiu-se demais na criação de empregos e na especialização da mão de obra. As perguntas, por escrito, que se seguiram foram só pedidos de esclarecimento sobre  as exigências do emprego. Na parede do ginásio, apenas, uma faixa dos movimentos populares contra a construção da unidade industrial da Suzano. Depois de duas horas, vieram as intervenções orais, apenas de três minutos.

O primeiro a falar foi P. Neves que referiu ter sido boa a exposição industrial feita, mas lamentou ter sido desastroso o esquecimento da enumeração dos prejuízos enormes do plantio de uma árvore que vai degradar nossa região, desertificar os terrenos, afastar ainda mais a água duma área  do cerrado, semi-árida, causar enorme êxodo rural, acabar com a fauna e com muitas espécies de árvores da região. Os terrenos atingidos nem capim vão mais produzir e até os pássaros e outros animais vão fugir. É falso que as raízes dos eucaliptos são pequenas. O eucalipto vai buscar água longe, acabando com nascentes, brejos e secando depressa até correntes de água. Essas unidades industriais costumam lançar tão mau cheiro no ambiente que atinge quilómetros de distância. Os parceiros que aderirem ao plantio de  que vão viver enquanto os eucaliptos crescem? E na venda das toras de madeira que a Empresa, única na região, vai comprar ao preço que quiser será que esses parceiros vão ter dinheiro para retirar os ramos restantes que são favoráveis a grandes incêndios? A geração de empregos para nós devia-se fazer com a promoção da agricultura familiar sustentável, porque o nosso povo está com fome e trabalha só para subsistir. Seca já temos e em demasia. Vejam o que nos está acontecendo este ano! Os paliativos de projetos apresentados só demonstram os enormes prejuízos que vão acontecer. Até vocês compreendem, mas não querem referir. Se os benefícios fossem tão grandes, como querem, que nós acreditemos, pergunto: porquê o plantio do eucalipto só se faz nos países e nas regiões mais pobres? Maranhão é o Estado mais pobre da Federação e a Região do Baixo Parnaíba a mais necessitada.

Por tudo isto e muito mais que apresentaria se o tempo desse, sou contra o projeto. Que Governo é o nosso que mais privilegia o lucro de uma grande empresa que o progresso da nossa gente? A audiência pareceu despertar e aclamou a posição do Pároco por várias vezes. Outras intervenções foram na mesma linha, insistindo na necessidade da mão de obra na agricultura familiar.

O que se passou não foi Audiência Pública. Foi uma sessão pública de alienação e propaganda da Suzano, empresa em péssima situação económica. A Secretaria Estadual do Meio Ambiente não se pronunciou, as Promotorias Públicas nem estiveram presentes e a população não se pode manifestar como queria. Deve haver movimentação popular para esclarecer os prejuízos para a região que não tem agricultura familiar. Responsabilizo as autoridades por não auscultarem a população e por os motivos do projeto que querem realizar aqui serem políticos e não técnicos."

quinta-feira, 26 de abril de 2012

A Eles Só Resta Tentar Atacar

Antes certos da vitória, eles atacam tudo e todos
que ousarem discordar das suas pretensões

"Para criar inimigos não é necessário declarar guerra, basta dizer o que pensa"

(Martin Luther King Jr.)
 Por: Eduardo Braga - Jornalista 
Costume-se dizer que na política explicar é perder tempo porque seu adversário não quer ouvir suas razões e para o seu aliado não precisa explicar, ele confia em você. De qualquer forma, devo satisfações ao público, que servi como secretário de Assistência Social, e, admito, causa-me um certo prazer rebater argumentações tão distorcidas e acusações tão frágeis.

Nos últimos dias fui alvo de uma campanha orquestrada que tenta em vão ferir minha credibilidade. Não me espanta, nem me intimida. Os ataques são fruto da minha atuação política, que tem incomodado os que não contam com o meu apoio e do meu partido, o PT, para trazer de volta ao poder a truculência, a mentira e o atraso.

Na defesa cega do grupo político de Isaías, o homem que atrasava salário porque queria ser bom demais, o professor Enedilson, aquele que não gosta de sala de aula, escreveu recentemente texto no qual só faltou me culpar pelo assassinato do jornalista Décio Sá. Falou da minha vida pessoal e tentou fugir do óbvio: não foi trabalhar, teve o salário cortado, de acordo com a lei.

O Dr. Ernani Maia, porta-voz de Isaías no facebook, por sua vez, inventou uma investigação na qual eu seria acusado de ter beneficiado com intenções eleitorais 300 famílias no programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Poderia até me poupar o trabalho de responder a provocação, visto que o parlapatão, covarde que é, não teve a coragem sequer de citar meu nome na sua escrita. A coragem, meu caro, é característica condicionante para quem quer posar de herói, a História não costuma perdoar quem falta com ela.

Para se ter idéia do absurdo, a suposta investigação, da qual ele chega a dar informações precisas, estaria sendo realizada pela Caixa Econômica Federal. Ora, além de aprovadas no Cadastro Único dos Programas Sociais (CadUnico), cada uma das mil famílias beneficiadas pelo programa em Chapadinha teve elaborado um dossiê com todos os seus documentos aprovados pela própria Caixa Econômica Federal atestando que se encaixam no perfil do programa. A acusação que pesaria contra mim, portanto, pesaria igualmente contra quem estaria investigando.

Segundo a própria CAIXA, não há nenhuma investigação desta natureza, muito menos meu nome está sob suspeita pela entidade. Mas não pode ficar por isso mesmo. Como o inocente acusado é sempre o mais interessado na investigação, procurei o Ministério Público hoje e protocolei pedido de investigação. Fica a dica: denúncia é pra ser investigada pelos órgãos competentes, não é pra servir de cambalacho.

Confiando que o Ministério Público, e não um fórum do facebook, investigará as denúncias com isenção e o rigor necessário, lanço um desafio ao defensor-mor de Isaías e sua trupe:Se for comprovado que favoreci uma única pessoa no programa, eu retiro a minha pré-candidatura e pedirei voto para sua pré-candidata. Caso contrário, o inverso. Será que ele topa?

Tenho certeza que não topará. O episódio é apenas uma desesperada tentativa de mostrar serviço ao seu grupo político e garantir seu lugar na fila para ser um dos doze secretários de Saúde do possível futuro governo Isaías-Dulcilene.

Sei que outros ataques virão e até piores. Eles queriam que eu ficasse calado vendo os cupinchas de Isaías falando em ética e moralidade como se isso fosse a coisa mais normal do mundo. É muito difícil...

Como eu não vou me calar, continuarei incomodando e muito. Já soube, inclusive, que há serviçais destacados para a tarefa de acompanhar todos os meus passos durante a campanha eleitoral e gravar tudo para tentar cassar um possível mandato, é me dar muita importância mesmo. O episódio que ocorreu na escola Dr. Almada Lima Filho no dia da eleição de 2010 mostra que não sou eu quem devo temer flagrantes.

É lamentável ver o árduo trabalhador dentista tentando formar opinião se valendo das mesmas práticas pebas de sempre. Não lhe cai bem este papel. 

Polícia Prende Suspeitos de Matar Décio Sá


A Polícia do Maranhão já prendeu quatro pessoas, sob a acusação de envolvimento no assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá.
A informação foi confirmada na manhã de hoje (26) ao Jornal Pequeno pelo secretário estadual de Segurança Pública, Aluísio Mendes (foto), que preferiu não informar mais detalhes sobre as prisões.
O secretário (foto ao lado) afirmou que qualquer nome só será revelado à imprensa quando as investigações comprovarem a participação dos suspeitos no crime.

Décio Sá foi morto com seis tiros – quatro deles na cabeça – de pistola ponto 40 (de uso exclusivo da polícia), no fim da noite de segunda-feira (23), no bar Estrela do Mar, na Avenida Litorânea.
O secretário Aluísio Mendes também desmentiu, ao JP, notícia publicada hoje no jornal carioca O Globo, de que a polícia já teria identificado um ex-presidiário que seria comparsa do pistoleiro que assassinou Décio.

Segundo Mendes, a investigação ainda está na fase inicial, de ouvir depoimentos de testemunhas, confeccionar um retrato falado do pistoleiro e analisar as imagens de câmeras instaladas nos prédios próximos ao local em que o matador desceu da garupa da moto que lhe deu fuga e entrou num carro.
A polícia também aguarda o resultado de análise, por parte da Polícia Federal, das impressões digitais deixadas num carregador de munição que o criminoso deixou cair durante a subida numa duna da Litorânea.
“Também vamos poder localizar a origem da arma pelo número de série do carregador e identificar o lote de munição de onde saíram as balas que mataram o jornalista”, disse Mendes.
A polícia do Maranhão ainda não revelou se já há um suspeito de mandar executar Décio Sá, mas, segundo o secretário Aluísio Mendes, o crime foi “encomendado e meticulosamente planejado”.
Em seu blog, Décio Sá denunciava tanto casos de pistolagem e corrupção como também escrevia sobre a vida pessoal de vários políticos e personalidades maranhenses.
A polícia também tem sido subsidiada por um grande número de informações, recebidas diariamente pelo Disque Denúncia do Maranhão, que até a tarde de ontem (25) já havia contabilizado 27 ligações.
O serviço está oferecendo R$ 100 mil por pistas que levem aos autores do crime. A recompensa só é equiparada à oferecida pelo Disque Denúncia do Rio de Janeiro, no início dos anos 2000, na busca do traficante Fernandinho Beira-Mar, preso em 2002.
O assassinato de Décio Sá provocou manifestações de indignação de várias entidades jornalísticas – como a Associação Brasileira de Imprensa, a Repórteres Sem Fronteiras e o Sindicato dos Jornalistas de São Luís –, que cobraram a rigorosa apuração do caso e a aprovação no Congresso Nacional de projeto de lei que federaliza os crimes cometidos contra os profissionais de comunicação.
Jornal Pequeno

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Polícia Já Tem Nome e Imagem do Suspeito de Matar Décio Sá


A Secretaria de Segurança já tem o nome do principal suspeito do assassinato do jornalista e blogueiro Décio Sá, executado com seis tiros de pistola ponto 40, anteontem, à noite, no bar Estrela do Mar, na Avenida Litorânea. Desde o final da tarde passada, uma verdadeira caça está sendo empreendida ao suspeito.

A polícia chegou ao suspeito depois de conseguir imagens do circuito externo de um prédio localizado no Calhau, onde ficou estacionado o veículo que resgatou o executor logo depois que ele abandonou a moto usada no crime. As imagens levaram à foto de uma determinada pessoa que foi reconhecida por testemunhas com quase 90% de certeza.
Depois do morro – Depois de assassinar Décio Sá, o executor pegou a moto do outro lado da pista, em frente ao Estrela do Mar (bar conjugado com o Alternativa Beach) e foi deixado pelo executor antes do radar da Litorânea, para despistar a Polícia, que, baseada nas informações colhidas no local, diligenciaria à procura de duas pessoas numa moto.

Ao deixar a moto, o executor subiu um morro, passou por um grupo de evangélicos, deixou cair o carregador da pistola, e pegou o veículo que estava parado em frente a um edifício residencial, com circuitos interno e externo de câmeras. Essas imagens foram repassadas à polícia, que, a partir delas, chegou à foto do suspeito e levou para reconhecimento.
Uma fonte da Secretaria de Segurança garantiu ao Jornal Pequeno, ontem, à noite, que o suspeito número 1 foi reconhecido através da foto com quase 90% de certeza. E que a polícia já estava diligenciando no sentido de capturar o suspeito. Até o fechamento desta edição as buscas não haviam obtido sucesso.
Informações: Jornal Pequeno

Suzano: Audiência de Hoje é Exigência da Lei


Hoje, a partir das 19 horas, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão (SEMA) realiza audiência pública referente à instalação da unidade industrial da Suzano Energia Renovável na cidade de Chapadinha (MA). A solenidade acontece no Ginásio da Escola O Pequeno Príncipe, no Centro do município.

O evento é aberto ao público e haverá transporte gratuito para os interessados em participar. Os ônibus sairão da Igreja Matriz de Urbano Santos e de São Benedito do Rio Preto no próprio dia 25, às 17 horas.

Audiência Pública
Data: 25.04.12
Horário: 19 horas
Local: Ginásio da Escola O Pequeno Príncipe
Endereço: Rua Comércio, 797 – Centro – Chapadinha (MA)

Nota do Blog:
Antes de demonstrar transparência da empresa Suzano, as audiências são exigências legais impostas pelo processo de licenciamento ambiental. Infelizmente o titular deste blog – por motivos de inadiáveis compromissos acadêmicos – não participará da audiência, contudo, adianto duas questões fundamentais: a Suzano tem evitado falar sobre o impacto da cultura do eucalipto, restringindo-se aos danos da implantação e funcionamento da fábrica e apresentou expectativa de geração de emprego muitíssimo abaixo do inicialmente prometido.

É possível tratar do impacto ambiental da fábrica sem relacionar com os efeitos da plantação de eucalipto? Entre a abundância de emprego anunciado e a redução apresentada qual o número real? Pergunta-se ainda: quem mentiu, os governos (do estado e municipal) ou foi a empresa Suzano?

Vamos ver se alguém pergunta e se haverá resposta. 


terça-feira, 24 de abril de 2012

Morte de Décio Sá: Polícia Prende Homens com Dinheiro e Pistola Ponto 40 e Imprensa Piauiense Especula Sobre Relação com o Caso Fernanda Lages



O blog do Luís Cardoso (aqui) noticia que dois homens foram presos e encaminhados para a SEIC. Segundo informações, eles portavam uma pistola P.40 (modelo igual ao usado na execução do jornalista Décio Sá, na noite desta segunda-feira, na Avenida Litorânea). Com eles a polícia encontrou dinheiro.
A polícia investiga se existe relação dessas pessoas com o assassinato do jornalista que chocou o país pela brutalidade e violência.
O site Maio Norte de Teresina (aqui) especula sobre provável relação entre o assassinato de Décio Sá com o homicídio da estudante Fernanda Lages. De acordo com a página, o secretário de segurança do Estado do Maranhão, Aluísio Mendes (foto), afirmou na tarde desta terça-feira(24), que a morte do jornalista Décio Sá na noite de ontem em São Luís-MA, será investigada a fundo pela polícia e que uma resposta será dada a sociedade sobre o crime, já que Décio era um jornalista combativo.


Ele ressaltou que todas as hipóteses serão analisadas, inclusive se o crime teria ramificações com o caso Fernanda Lages, estudante morta há sete meses em Teresina. "Vamos trabalhar com o que já foi divulgado sobre a morte da estudante e analisar as postagens do blog de Décio, que serão peças importantes nas investigações", informou Aluísio Mendes, secretário de segurança do Maranhão.

Secretário de Segurança Fala Sobre Execução de Décio e Retrato Falado do Executor Deve Ser Divulgado em Instantes


O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, foi taxativo, na manhã de hoje (24), ao classificar o brutal assassinato do jornalista Décio Sá, morto a tiros ontem à noite (23) na Litorânea.
Em entrevista à Rádio Mirante AM, Mendes declarou que a execução foi um “crime para chocar a sociedade” e pensado nos “mínimos detalhes”.
Apesar disso, o secretário ressaltou que foram deixados “rastros importantes” pelos criminosos.
“Foi um crime praticado por profissionais. Um crime que visava chocar a sociedade. Foi planejado nos mínimos detalhes. Eles prepararam esse crime há bastante tempo, mas deixaram rastros importantes. Iremos fazer uma força-tarefa para a apuração deste crime”, afirmou.
Retrato Falado
O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, deve apresentar, daqui a pouco, em entrevista coletiva na sede da SSP, o retrato-falado do assassino do jornalista e blogueiro Décio Sá.
Na coletiva, a cúpula da Segurança do Estado também apresentará a comissão de delegados responsável pela elucidação do crime.
Ainda não há informações oficiais detalhadas sobre as investigações, mas o blog apurou que a polícia já trabalha com duas hipóteses. Para não atrapalhar o trabalho, contudo, as linhas não serão divulgadas, por enquanto.
 O corpo de Décio Sá está sendo velado na Pax União da Rua Grande. O enterro está previsto para as 16h, no cemitério Jardim da Paz.
Informações: Gilberto Léda 

Morte de Décio Foi Um Atentado Contra a Liberdade de Imprensa, Diz Sindicato dos Jornalistas do Maranhão

Populares e Colegas de Décio Sá no Local do Crime – Foto do Facebook 

O presidente do Sindicato dos Jornalistas do Maranhão, Leonardo Monteiro disse que a morte do jornalista Décio Sá foi um atentado contra a liberdade de imprensa. "Eu estou muito abalado com esse trágico acontecimento que é uma covardia e um atentado contra a liberdade de expressão. Eu estou comunicando o fato a todo o país para que esse fato chegue às autoridades do Ministério da Justiça", afirmou.

G1 Noticia Assassinato de Décio Sá



O jornalista Décio Sá foi executado a tiros, na noite desta segunda-feira (23), por volta de 23h30, na Avenida Litorânea, em São Luís. Ele levou dois tiros de um homem que estava numa moto. Segundo informações, um homem desceu da motocicleta, atravessou a pista e foi até um bar onde o jornalista se encontrava e disparou 3 tiros. Um outro homem ficou aguardando o assassino do outro lado da pista.

"Foi um crime muito ousado. Foi um crime encomendado. As pessoas que entraram aqui no bar vieram com a intenção de executar o jornalista Décio Sá. As pessoas que testemunharam o fato disseram que o autor dos disparos não escondeu nem a cara", disse o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes.

Segundo Aluísio Mendes, o jornalista Décio Sá levou três tiros.
Décio Sá era repórter de política de O Estado do Maranhão e autor de um dos blogs mais acessados do Maranhão.

G1

Covardia: Jornalista Décio Sá é Morto a Tiros na Litorânea



Blogs de São Luís noticiam que o jornalista Décio Sá, de O Estado do Maranhão e dono de uma das páginas mais acessadas do Maranhão acaba de ser executado com dois tiros na avenida Litorânea.  Mais detalhes em instantes. 

sábado, 21 de abril de 2012

Encontro Nacional da ASA Debate Problemas do Baixo Parnaíba


Dias 11 a 13 de abril, estiveram reunidos em Recife-PE, no Viver Hotel Fazenda, a Comissão Executiva Nacional da ASA e, participantes dos Estados que compõem a articulação do Semiárido Brasileiro: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.
Integração dos 10 Estados do semiárido
O Encontro tinha por objetivo a alteração do Estatuto da AP1MC transformando sua atuação por tempo indeterminado, a ampliação do contratar com o governo e particulares, a avaliação da ação da ASA, as perspectivas futuras, e a preparação para o VIII ENCONASA, a realizar-se de 19 a 23 de novembro próximos, em Januária – MG.


O Maranhão foi representado no evento por seus Coordenadores Executivos Nacionais Juvenal Neres de Sousa – AAAFDLIS/Chapadinha -MA, e, Edna Maria Alves Rodrigues Souza – ASSOLIB/Codó - MA; Pelo Coordenador Estadual Josimar Coelho Neto – AMAP/ Pastos Bons – MA e, por Ermelinda Maria Dias Coelho – Fórum Segurança Alimenta e Nutricional de Colinas/Colinas –MA.
Coordenação da ASABRASIL ampliada os 10 estados
As propostas apresentadas, pelo Maranhão, para discussão e para serem incluídas como prioritárias na ação da ASABRASIL nos próximos anos foi a REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA e a implantação dos BANCOS DE SEMENTES CRIOULAS (conhecidas na Paraíba como SEMENTES DA PAIXÃO).
Outras propostas apresentadas foram focar a ação na:
1 -  Ampliação da conquista do DH à água para outros usos e situações de emergência;
2 -  Política de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER);
3 -  Expansão do fornecimento de gêneros, pelos povos do Semiárido Brasileiro, ao PAA e ao PNAE;
4 -  Maior estruturação da ASA.
Assembleia Geral da ASABRASIL
Propostas que serão debatidos também por ocasião da realização do ENCONASA.

 
Encontro Nacional da ASABRASIL VIII

Trabalho em grupo do Maranhão: Ermelinda, Juvenal, Edna e Josimar.
Ascom: ASA-MA

sexta-feira, 20 de abril de 2012

4 Deputados e 3 Senadores Maranhenses Não Assinam CPI



Quatro deputados e os três senadores maranhenses não assinaram o requerimento de CPI que pretende investigar as relações do contraventor Carlinhos Cachoeira com políticos e empresários.
Na Câmara, fugiram da CPI os deputados Cléber Verde (PRB), Edivaldo Holanda Júnior (PTC), Nice Lobão (PSD) e José Vieira (PR).

Além deles, os senadores Clóvis Fecury (DEM), Edison Lobão Filho (PMDB) e Epitácio Cafeteira (PTB) também se eximiram de responsabilidade.

No total, 396 deputados e 72 senadores assinaram a CPI, que deve ser uma das mais importantes dos últimos anos.
Nenhum dos deputados ou senadores maranhenses justificou a recusa em assinar o requerimento…
Com informações do G1 e Marco D’Éça 

Em Brasília - Edmilson Carneiro Reúne Com Ministro Lobão e Presidente Nacional do PT

Edmilson Carneiro e Dirigentes Estaduais Com o Presidente do PT
O pré-candidato a prefeito de Vargem Grande Edmilson Carneiro esteve, esta semana, em Brasília cumprindo agenda de contatos políticos que incluiu reuniões com a direção nacional de seu partido, o PT, e com o ministro Edson Lobão, de Minas e Energia.


Na audiência com o ministro Lobão, Edmilson foi acompanhado por pelo presidente do Partido Verde de Vargem Grande Marcelo Freire. Segundo Edmilson o ministro Edson Lobão tem sido um grande incentivador de sua trajetória política.
Força do PT
Ao lado do presidente estadual do PT Raimundo Monteiro e do vice-governador Washington Luís, Edmilson Carneiro participou de uma reunião com o presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão. Na conversa com Rui Falcão Edmilson falou da crescente aceitação de seu nome como alternativa para Vargem Grande e teve do presidente nacional da legenda a garantia de apoio incondicional do PT e dos principais líderes partidários a seu projeto para Vargem Grande.  
             Edmilson Carneiro, Lobão e Marcelo Freire