Publicidade

Publicidade

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Exclusivo! Alunas Brigam em Frente de Escola em Chapadinha



Duas alunas do Colégio Paulo Ramos, da Rede Estadual de ensino de Chapadinha aparecem brigando nestas imagens que teriam sido gravadas por outro estudante. O vídeo, enviado ao blog pela internet, mostra as duas se agredindo em frente do estabelecimento de ensino.

O tumulto aconteceu perto do portão da escola sem que se tenha visto qualquer professor, diretor ou funcionário da instituição intervindo no sentido de conter a violência. As imagens, em alguns trechos, foram desfocadas para preservar a identidade das jovens que aparentam ser melhor de idade.

Rio Hoje


Globo.Com

Gerências e Gerentes Regionais

A governadora Roseana Sarney (foto) anunciou ontem (25) a volta das Gerências Regionais na estrutura administrativa. A idéia de ter um representante direto do governo nas diferentes regiões é boa, o problema percebido nas experiências anteriores foi a falta de definição quanto ao papel dos gerentes.

Como município mais importante do Baixo Parnaíba, cabe a Chapadinha sediar a Gerência. Mas o cargo nunca foi ocupado por um chapadinhense devido às disputas políticas locais. Para não correr o risco de contrariar os grupos paroquiais, os governantes optaram por indicar pessoas de fora para o cargo.

Nos governos Roseana e José Reinaldo, por aqui passaram vários gerentes. Alguns tão apagados que nem puxando muito pela memória conseguimos lembrar seus nomes.

Dentre os representantes imediatos do governo, apenas dois deixaram boa impressão em Chapadinha. O primeiro gerente regional Carlos Eduardo e o último, Tadeu Lima.

Carlos Eduardo fixou residência em Chapadinha, era interessado em todos os assuntos do governo ao ponto de intermediar pessoalmente conflitos agrários comuns à época de modo a evitar violência policial em reintegração de posse, por exemplo. Além disso, Cacá, como ficou conhecido por todos, fez amigos até entre os setores de oposição ao grupo Sarney.

Tadeu Lima matinha o mesmo esforço em participar da vida pública e social de Chapadinha, homem de diálogo e com muitos serviços prestados, sobretudo na Zona Rural, Tadeu nunca se desligou de Chapadinha, mantendo aqui até hoje inúmeras amizades e seu domicílio eleitoral.

Fica a torcida para que o próximo Gerente Regional seja da mesma estirpe dos dois que consegui me lembrar.

Charge Rio


quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Base do Governo Define Márcia Gomes Para Presidência da Câmara

A base de apoio ao governo municipal bateu o martelo e fechou questão em torno do nome da vereadora Márcia Gomes (foto) para presidência da Câmara. Márcia já teria registrado sua chapa e espera receber votos da ala governista e até do bloco de oposição.

A vereadora Hilda Pontes, que vem acompanhando o governo durante as votações, mas se articula em torno de parlamentares de oposição, ainda não oficializou a candidatura. Caso a vereadora Márcia Gomes consiga atrair algum voto da oposição é mais provável que Hilda Pontes desista da disputa.

Conduto, eleição de mesa diretora de Câmara de Vereadores pode mudar a qualquer momento, reviravoltas nunca devem ser desconsideradas e tudo pode acontecer.

Psol deve Lançar Candidato a Prefeito em Chapadinha

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), mais novo partido de esquerda, fundado em 2004, a partir de dissidências do PT, deve entrar no cenário político de Chapadinha lançando, em 2012, um nome como candidato a prefeito. Entre as estrelas nacionais do partido destacam-se a ex-senadora Heloisa Helena, a deputada Luciana Genro (RS), os deputados Ivan Valente (SP) e Chico Alencar (RJ) e o professor Plínio de Arruda Sampaio, candidato a presidância este ano.

Ainda em fase embrionária o Psol deve surgir em torno de debates mantidos, até o momento, por funcionários públicos, profissionais liberais, estudantes, intelectuais e até pequenos empresários.

Segundo fontes ligadas ás articulações iniciais, o nome do futuro candidato deve surgir do meio acadêmico, possivelmente um professor universitário.

Lula Diz que Vai se Tornar 'Tuiteiro' e 'Blogueiro' Após Deixar Governo


Em entrevista a blogueiros, concedida nesta quarta-feira (24), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse que, depois de “desencarnar” do cargo de presidente da República, pretende se tornar "tuiteiro" e "blogueiro".

“Quero ficar quatro meses sem fazer nada, quero desencarnar primeiro, para a gente começar a conversar. Pode ficar certo de que serei tuiteiro, blogueiro. Eu vou ser um monte de coisa que eu não fui até agora”, disse.

Em uma conversa de cerca de duas horas, Lula falou sobre eleições, reforma política, aborto e a relação com a mídia nos quase oito anos de governo. Ele criticou o ex-candidato à Presidência José Serra, por causa do episódio em que teria sido atingido por uma suposta bolinha de papel, durante a campanha eleitoral. Serra foi acusado de forjar um ataque e, segundo Lula, teria de se desculpar com o povo brasileiro.

Esta é a primeira vez que o presidente Lula concede entrevista exclusiva a blogueiros. Internautas que acompanharam a entrevista também fizeram perguntas ao presidente pelo Twitter.

G1

Para ler a íntegra da entrevista clique aqui

Belezinha e Noni Braga no PT

Fontes ligadas ao PT de Chapadinha afirmam que o partido tem sido procurado por personalidades da sociedade local em busca de filiação em seus quadros.

Entres os possíveis novos integrantes da agremiação estariam a empresária Dulcilene Pontes, a Belezinha e a educadora Noni Braga, da Faculdade do Baixo Parnaíba. Belezinha e Noni aparecem a esquerda na foto – tirada em um evento da campanha de Dilma Roussef, segundo turno – na qual posam ainda o vice-prefeito Antonio Prata, o vice-governador eleito Washington Oliveira, o advogado Erik Marinho – que há tempo também flerta com PT – e o presidente do diretório municipal da legenda, Paiva.

Ainda de acordo com a fonte, o ingresso de Noni, por seu serviço prestado à educação da região, é até comemorado pelo Partido dos Trabalhadores.

Já com relação a Belezinha há um porém: os petistas não querem pessoas ligadas a ala política do ex-prefeito Isaías, por isso teriam sinalizado que caso ela venha a descartar qualquer vínculo com a turma de Isaías e esteja disposta a construir uma alternativa aos dois grupos dominantes locais, a empresária será bem aceita nas hostes do partido da presidente Dilma.

Foto: Blog Interligado

terça-feira, 23 de novembro de 2010

IPEA Aponta Desigualdade na Educação

Pesquisadores do Ipea tomaram os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2009, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (PNAD/IBGE) e traçaram um quadro detalhado da situação da escolarização da população brasileira atual, o apurado revela um cenário de muita desigualdade na educação.

O quadro encontrado pela Ipea está no estudo PNAD 2009 – Primeiras Análises: Situação da educação brasileira – avanços e problemas, apresentado na semana passada. As desigualdades mais expressivas estão localizadas entre a população urbana e rural.

Segundo o estudo é preciso combater as desigualdades de raça e cor com políticas afirmativas e promover crescimento de renda.

O analfabetismo na população de 15 anos ou mais ainda é considerado elevado: 9,7% da população nessa faixa não sabe ler nem escrever. Grandes diferenças são encontradas entre a população urbana e rural (4,4% contra 22,8%), branca e negra (5,9% contra 13,4%), e das regiões Sul e Sudeste (5,5% contra 18,7%).

Quando comparados os 20% mais ricos da população e os 20 % mais pobres, a diferença também é grande: 2% contra 18,1%. Quanto à idade, a faixa acima de 40 anos registra o maior percentual: 16,5% de pessoas que não sabem ler e escrever.

A média de anos de estudo na população com 15 anos ou mais de idade é de 7,5, abaixo do mínimo de oito anos previsto na Constituição Federal. Outro problema enfrentado pela educação brasileira é falta de adequação da idade ao grau de ensino. A defasagem na faixa entre 15 e 17 anos, mais de 85% das pessoas estão na escola, mas apenas 50,9% frequentam o ensino médio.

Leia aqui o estudo do Ipea

Do Blog do Itevaldo