Publicidade

Publicidade

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Saúde: Verbas Aumentam e Serviços Caem


Enquanto o sistema de saúde de Chapadinha vem sendo alvo de reclamação de usuários e críticas da imprensa, os repasses aumentaram. Conforme se apura no sitio do Fundo Nacional de Saúde, Chapadinha recebeu ano passado mais de 14 milhões de reais para a saúde, verbas que nos três primeiros meses já somam mais de 3 milhões, incluindo parte de Abril.

Fazendo um comparativo entre este trimestre inicial de 2009 e o mesmo período de 2008 verifica-se enquanto o ano anterior os repasses foram da ordem de 1,8 milhão o atual verificou 2,5 milhões, um acréscimo de quase 700 mil reais (veja quadro abaixo).

Profissionais da área, avessos a polêmicas, têm vindo a público expor os problemas. Foi o que aconteceu recentemente quando o médico Josué Portela divulgou uma carta-aberta relatando a situação e lamentando que a queda da qualidade dos serviços venha no caminho inverso do aumento das verbas.

Os usuários reclamam que é comum faltar medicamentos básicos como antiinflamatórios e anestésicos. Recentemente um impasse entre setor de compras da prefeitura e fornecedores levou ao desabastecimento de alimentos aos hospitais HAPA e HCC, o que foi contornado pela criatividade dos funcionários. As ambulâncias, recurso fundamental onde faltam médicos de plantão ou condições efetivas de resolução das urgências, a cidade que já contou com 4, hoje só tem uma para servir a população de um município com mais de 70 mil habitantes, indo e vindo constantemente de São Luis, ameaçando parar definitivamente a qualquer hora.

Os problemas na área da saúde chegaram a tal ponto que já seriam alvo do ministério público. As promotorias estariam investigando as condições de atendimento nos hospitais e já teriam requisitado prontuários de pacientes que vieram a óbito.

Mesmo depois que a situação da saúde e do atendimento nos hospitais se agravaram, provocando reações da sociedade, nem Secretaria de Saúde ou Prefeitura se manifestaram a respeito. Sem saber o que as autoridades pretendem fazer a respeito a população segue desassistida.



Por: Alexandre Pinheiro
* Matéria Publicada na 3ª Edição da Folha do Baixo Parnaíba que começar a circular hoje, 30 de abril.

Siameses Para o Bem ou Para o Mal

Desde que foi escolhida candidata à sucessão, com o apoio do então prefeito Magno Bacelar, Danúbia Carneiro vinha sendo alvo de críticas quanto à sua capacidade administrativa e, agora, que é de direito a gestora, as dúvidas quanto a quem detém o poder de fato só tem aumentado.

A lógica é que a política se exerce em grupo e sempre temos líderes fortes conduzindo as agremiações. Indagações do tipo estão presentes até em nível nacional. Recentemente disseram que Lula era o presidente e quem mandava na república era Sarney, depois que Sarney presidia o Congresso, mas, quem dava as cartas era Renan Calheiros e assim por diante.

Imaginário popular e fofocaria a parte, no caso de Chapadinha, há fatos que reforçam essa percepção: prefeita e ex não descolam por nada, assim, interlocutores que desejam tratar isoladamente com um ou com outro têm sérias dificuldades; Magno conservou no estafe de Danúbia a espinha dorsal de seu antigo governo; embora Bacelar se esforce em reiterar publicamente a autonomia da prefeita, esta em seus pronunciamentos, acentua gestos de busca de aprovação de seu mentor nos mais variados temas.

Nesse universo de aparências e de boatos que não dizem respeito ao debate público não se pode perder de vista que sem a bênção do antecessor Danúbia não seria ungida prefeita. Sem a liderança de Magno, o grupo não teria tido o desempenho que teve. Por isso, quem acaso almeje, dentro do grupo, intrigar criatura e criador faz o jogo da oposição.

Erra mais grave ainda quem pensa que queimando Danúbia ou impedindo que ela faça um governo melhor que o anterior, na perspectiva de um descarte futuro, estaria se credenciando a voltar por cima sem prestar contas de seus atos pretéritos, desdenha perigosamente da inteligência alheia e terá que apostar na burrice de toda a sociedade.

Mais do que permitem enxergar vaidades antigas ou deslumbramentos recentes, as feições que deram – Magno e Danúbia – às suas imagens, transformaram tal relação em azougue inquebrantável e o tempo os prendeu como siameses políticos rumo ao futuro.
Por: Alexandre Pinheiro
* Texto Publicado na 3ª Edição da Folha do Baixo Parnaíba que começar a circular hoje, 30 de abril.

quarta-feira, 29 de abril de 2009

Folha do Baixo Parnaíba nº 03

NESTA QUINTA-FEIRA, 30 DE ABRIL
Capa da 3ª edição da Folha do Baixo Parnaíba

Adquira seu exemplar ligando para a Equipe Folha:
Alexandre Pinheiro – 9119 7352
Romário Sousa – 9141 4421
Samara Almeida – 9114 5959

Origem da Gripe Suína

Foto: site kibeloco

Enem Confirma: Pequeno Príncipe é a Melhor Escola de Chapadinha


Uma lista das melhores e piores escolas do Brasil, segundo avaliação feita pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2008), de responsabilidade do ministério da Educação, indica que as melhores notas continuam no Sul e Sudeste.

Duas Escolas de Chapadinha ficaram entre as 100 melhores do estado. Como era de se esperar a escola “O Pequeno Príncipe” é a escola de melhor desempenho em Chapadinha, ficando em 31º lugar no estado, com 56,11 pontos. Ainda integra o ranking a Escola Nossa Senhora de Fátima, em 91º, com 47,64. Em terceiro, mas fora da lista dos 100, vem o colégio FAC, em 111º, com 46,13 pontos.

As três escolas públicas de Chapadinha que são citadas na lista, ficaram todas abaixo das particulares. Na posição 150º vem Dr. Otávio Passos – antigo Bandeirantes – seguido do Raimundo Araújo (241º) e Paulo Ramos (269º).

Foto: Antenor Ferreira - Blog Interligado

terça-feira, 28 de abril de 2009

HAPA Para Talvane



O Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA) deve voltar ao controle do governo do estado. A casa de saúde receberia uma verba de 300 mil e teria o ex-candidato petista Talvane Hortegal(foto) como administrador. Com a concordância de Magno e Danúbia, que se livrariam do problema, o único senão fica por conta da passagem anterior, digamos, não muito frutífera do futuro diretor.

Mirante Informa

Em contato com o blog a Direção da Mirante de Chapadinha informa que somente a Televisão foi afetada pela intervenção da ANATEL, a FM continua no ar e funcionando sem nenhuma restrição. O Sistema, que deve se pronunciar por meio de nota nas próximas horas, garante que a transmissão da programação da TV Globo volta o mais breve possível.

Mirante Chapadinha Fora do Ar

Atendendo determinação da ANATEL a Mirante de Chapadinha acaba de retirar do ar o sinal da TV Globo local e da Mirante Sat FM. A emissora deixou apresentar a Outorga de Funcionamento, exigência burocrática que já está sendo providenciada pelo departamento jurídico da empresa. O restabelecimento das atividades normais da Mirante de Chapadinha ainda deve demorar alguns dias.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Magno no Hemomar


O ex-prefeito e atual secretário finanças Magno Bacelar também deve ocupar cargo de relevância do governo Roseana Sarney. A chefia do HEMOMAR seria a principal pedida. Resta saber se estaria disposto a se afastar de Chapadinha nesta fase inicial da gestão de Danúbia.

domingo, 26 de abril de 2009

Chapadinha: Cargos do Estado Perto de Definições

Não é nada oficial, mas uma fonte palaciana informa que já estão praticamente definidos os ocupantes de cargos do estado em Chapadinha. Para a Regional de Educação iria a pedagoga Edilene Souza, esposa do ex-prefeito Zé Almeida. O ex-presidente da Câmara Carlos Henrique Marques trocaria a Agede pela Regional de Saúde. Para a gerência da Caema iria o professor Lourinaldo que já é funcionário da estatal. A Ciretran ficaria com Zé Carlos Nunes, experiente funcionário da Ciretran de Santa Inês e irmão da presidente da Câmara Graça Nunes.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

PF em Chapadinha


Como a Polícia Federal não deixa almoço pra janta e por onde passa prende comerciantes envolvidos com mercadorias roubadas, políticos corruptos e criminosos de toda ordem, a chegada da PF em Chapadinha, hoje, sexta-feira, 24, não deixou de gerar expectativas. Temores logo superados, pois a Federal apenas dava suporte para a realização de uma audiência entre Procuradores da Universidade Federal e ocupantes irregulares de terras pertencentes ao Campus IV, no Bairro Boa Vista.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Região Ganha Mais um Deputado

Com a posse dos suplentes dos deputados que assumiram cargos no governo Roseana, a Região ganhou mais um representante nesta quinta-feira, 23, o deputado Fábio Braga (foto) que é natural e tem base política em Vargem Grande.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa deu posse hoje (quinta-feira, 23), durante a sessão ordinária, aos suplentes de deputados Valdivino Cabral (PV) e Fábio Braga (PMDB). Eles assumiram, respectivamente, nos lugares dos deputados Fufuca Dantas (PMDB) e César Pires (DEM), que se licenciaram da Casa para integrarem o governo Roseana Sarney (PMDB). Leia mais na Folha do Baixo Parnaíba.

Capangas Supremos

Não tenho nenhuma simpatia pelo Ministro Gilmar Mendes (Presidente do Supremo), tampouco concordei com o nível do debate ocorrido, ontem (22), naquela Corte.

Gilmar é conservador a ponto de criminalizar verbalmente – ou pré-julgar, como queiram – um movimento por supostos atos de seus membros. Foi o que aconteceu ao falar do MST num episódio de confronto ainda em apuração na esfera policial. Seguindo a lógica de Mendes a PM do Pará deveria estar por completa atrás das grades, por conta da inconteste chacina de Eldorado dos Carajás, como se um policial que fizesse segurança num prédio público ou pacífico militante dos Sem-terras respondessem por conduta contrária à Lei de qualquer de seus pares.

Além de emprestar a voz contra o MST, Gilmar Mendes ainda fez declarações sobre a revisão da Lei da Anistia, teria exigido o afastamento de Paulo Lacerda (Abin) e, segundo a Revista Carta Capital, estaria se empenhando para restringir a ação da Polícia Federal, alegando supostos abusos no uso de escutas telefônicas.

Já seu antagonista no episódio Ministro Joaquim Barbosa (foto) tem protagonizado cenas inusitadas e picantes demais para o gosto sóbrio das demais excelências. No TSE ele perdeu a paciência com um ministro que pediu vistas “suspeitas” e se retirou da sessão. Somam-se a Gilmar, Marco Aurélio Melo e Eros Grau na lista de desafetos de Barbosa.
Retesias pessoais a parte, a passagem do bate-boca que Joaquim dissera a Gilmar que não é um “de seus capangas do Mato Grosso”, não pode ficar sem o devido esclarecimento. A menção de que um Ministro do Supremo usa tais expedientes supera o âmbito das picuinhas de colegas de repartição e das vaidades doutrinárias, afinal, contra o chefe máximo do poder judiciário nacional não pode pairar tal suspeita.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Maranhão Tem 20 mil Desabrigados


Mais de 20 mil pessoas tiveram que deixar suas casas por causa das enchentes no Maranhão. Doze cidades decretaram situação de emergência.
A situação piorou nas cidades maranhenses de Trizidela do Vale e Pedreiras, onde há dois mil desabrigados na região. O Rio Mearim subiu e está seis metros acima do nível normal. Alguns moradores ainda insistem em permanecer nas casas, mesmo com a água já dentro dos imóveis.

Cerca de 5,5 mil alunos não terão aulas em Trizidela do Vale a partir de quarta-feira (22) porque as escolas foram transformadas em abrigos para receber as famílias.

Informações G1 / Foto Imirante

Comentário Nosso: Procurei no noticiário e na internet alguma informação sobre como fazer doações ou ajudar de alguma forma, nada encontrei. Fiquei imaginando que muitas pessoas talvez estejam sem saber como socorrer nossos conterrâneos nesta hora de dificuldade. Temo que a desinformação seja só a ponta do iceberg da desorganização das autoridades no enfrentamento da calamidade.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Marcos Lobo Confirmado na Procuradoria

A governadora Roseana Sarney completou sua equipe na tarde de hoje. Os nomes são basicamente os que a imprensa já havia mencionado. O advogado Marcos Lobo foi confirmado na Procuradoria Geral do Estado. Nas primeiras ações do governo a pemedebista Roseana, além de dar duas secretarias para o PT, abriu vaga em Brasília para Washinton Oliveira (ex-presidente regional do PT) ao nomear Waldir Maranhão para a Ciência e Tecnologia, numa manifestação de que pretende ter o partido do presidente Lula em sua base política.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Roseana Assume e Jackson Resiste

Enquanto Roseana assumia o governo na Assembleia Legislativa o ex-governador Jackson Lago declarava por telefone ao jornalista Ricardo Noblat que não sairia pacificamente do Palácio dos Leões. “A não ser que me arrastem com violência ou que me tirem a vida, permanecerei no palácio até que o Supremo Tribunal Federal dê a última palavra sobre o caso”, disse o ex-governador.

Como o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou e finalizou sua parte no episódio, da mesma o fizeram o TRE, ao diplomar a segunda colocada, conforme mando da Corte Superior e Assembleia ao dar posse a Roseana no lugar de Lago, o problema da permanência de Jackson nos Leões cai, agora, nas mãos da governadora empossada.

Roseana já teria sinalizado que vai agir com máxima cautela e espera que Lago saia breve e sem gerar fato de repercussão nacional. Contra essa expectativa tem pelo menos três centenas de radicais por trás de um líder que parece ter perdido completamente o senso.



Ele é o Cara Mesmo

Surfando em elevados índices de popularidade que resistem à crise, o presidente Lula pode ser visto na TV americana: ele fez uma "participação especial" no episódio "Pinewood Derby", do desenho animado "South Park", que foi ao ar na noite de quarta-feira nos Estados Unidos.

No desenho, os personagens recebem apoio dos maiores líderes mundiais quando estão prestes a receber a visita de uma nave espacial. Lula não tem "falas" no episódio, mas como é "o cara", na opinião do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, faz uma ponta no desenho, ao lado de personalidades como a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente da França, Nicolas Sarkozy.

Chapadinhenses no Primeiro Escalão de Roseana


Os advogados chapadinhenses Marcos Lobo (foto) e Erik Marinho estão cotados para o primeiro escalão do governo Roseana. Marcos Lobo, que teve importante papel no processo contra Jackson, vai assumir a Procuradoria Geral do Estado. Já Erik Marinho, que também atuou no caso, de acordo com o jornalista Décio Sá (O Estado do Maranhão), deve ficar na direção do Iterma.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Desfecho Final

Os Embargos que tentam evitar a cassação do Governador Jackson Lago já constam da pauta de hoje do TSE (veja recorte). O governador foi comunicado do fato e deve acompanhar a sessão ao lado de correligionários. Já a senadora Roseana Sarney, se encontra em São Luís, aguardando o desfecho do caso e espera ser diplomada pelo TRE e empossada pela Assembleia logo amanhã. Vai ser uma noite histórica para a política no Maranhão.

Bernardo Coelho de Almeida*



Inauguramos este espaço dedicado às letras na Folha do Baixo Parnaíba trazendo uma das maiores personalidade do mundo literário do Maranhão, o homem chamado Bernardo Coelho de Almeida, natural de São Bernardo, onde até hoje moram muitos amigos e familiares. Conheci a obra de Bernardo meio que por acaso. Em Minha casa havia um exemplar de O Bequimão sempre preterido face à ignorância deste editor. Um dia na falta de um “Dom Quixote” da vida, passei a ler as aventuras do herói maranhense na vibrante narrativa de Bernardo Almeida. Li num sopro e fiquei fã desde ilustro visinho de Região.


Mas fui tocado ainda mais fortemente por suas crônicas, sobretudo quando fala da antiga São Luis e das histórias do rádio (uma paixão na minha vida). Agora, como ganho intelectual dessa pesquisa, encontro o Bernardo poeta (leia poemas abaixo) e na contradição da imortalidade da palavra escrita ante o perecimento da matéria humana, reafirmo Éramos felizes, e não sabíamos.


Biografia
Bernardo Almeida foi o nome literário e jornalístico de Bernardo Coelho de Almeida, que nasceu em São Bernardo, MA., em 13 de junho de 1927. Em 1938, já estava em São Luís, como seminarista, no Seminário de Santo Antônio, de onde passou ao Colégio Maranhense dos Irmãos Maristas. Transferiu-se de São Luís para Parnaíba-PI e depois para Fortaleza-CE, onde continuou os estudos, tendo concluído o curso secundário, no Liceu Maranhense, em São Luís. Escritor, poeta, romancista e cronista. Jornalista, iniciou-se na imprensa, escrevendo no Jornal do Povo, tendo escrito em outros jornais como em O Imparcial, onde semanalmente assinava uma crônica na seção “Ponto de Prosa”. Atuou, também, nos jornais O Estado do Maranhão e Jornal Pequeno.

Suas crônicas, lia-as, em um programa da Rádio Difusora, ao meio-dia, “Difusora Opina”, em algumas delas escritas, para esse programa, pelo saudoso jornalista Válber Pinheiro. No Rio de Janeiro e em Volta Redonda, trabalhou na Companhia Siderúrgica Nacional. Em 1950, de volta a São Luís, participa da campanha política das Oposições Coligadas. Foi deputado estadual por três legislaturas, uma voz eloqüente na tribuna. Gerencia a Tipografia São José, em 1955, quando trouxe de volta ao público o jornal O Maranhão. Fundador da revista Legenda. Durante muitos anos trabalhou na Rádio Difusora e, posteriormente, na TV Difusora. Foi adido cultural na Embaixada do Brasil, no Peru, professor do Centro de Estudos Brasileiros de Lima. Presidente da Fundação Cultural do Maranhão, sub-chefe do Gabinete Civil do Governo João Castelo, membro do Conselho de Contas dos Municípios e da Academia Maranhense de Letras. Autor de livros como Luz! Mais Luz!, poesia; A gênese do Azul, poesia; Galeria, crônicas; A última promessa e Bequimão, romances; Éramos felizes e não sabíamos, crônicas.

Fonte da biografia: http://www.guesaerrante.com.br/

Poesia
Soneto do reencontro

A ausência que há em mim se transfigura
e mãos e em olhos súbitos no poço,
onde venho saciar, mais com ternura,
a sede do cismar outrora moço.

No fundo espelho a virgem prematura
desnuda-se e reveste-se em colosso;
e ao eco milenar que me tortura,
responde cada voz que já não ouço.

Oculta face pousa em minha face.
Não sei de onde ela vem, de que distância:
- se das raízes líquidas da pedra

ou se de mim, se do silêncio medra,
como a canção com que ressuscitasse
os sepultados ídolos da infância.


Elegias de maio

II

E é maio quando a tua indiferença,
num canto fácil, lento, vem do fundo
das sombras do silêncio do teu mundo
de uma piedade e uma amargura imensa.

E inquieta as tuas mãos, move os teus passos,
a gestos e a caminhos imprecisos,
os lábios esboçando estranhos risos,
corpo a reclamar ocultos braços.

E longo, lento, o canto transfigura
a tua imagem triste em escultura
talhada em pedra, ausência, sombra, sono.

E maio é quando um instante nos esqueces,
para reflorescê-lo em tuas preces
— rosa de primavera não, de outono.

(A Gênese do Azul/1955)

* Texto que Inaugura a Coluna Achados e Perdidos Literários, Publicada na Edição da Folha do Baixo Parnaíba de 15 de Abril de 2009.

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Saúde Responsabilidade de Todos

Não é de hoje o descontentamento da população que precisa de serviços médicos em Chapadinha. Continuar negando as dificuldades pelas quais passamos na área da saúde tem o mesmo efeito de tapar o sol com a peneira ou enxugar gelo.

Reafirmando aqui minha condição de eleitor da prefeita Danúbia, seu companheiro político e amigo que muito torce por seu sucesso, não posso deixar de manifestar minha preocupação com a continuidade desses problemas.

Como o assunto é excessivamente complexo, considero fundamental um profundo debate sobre o tema. Um diálogo que envolva profissionais da área, entidades de classe, vereadores, usuários da saúde, conselho municipal e todos que desejarem um serviço mais digno para a população. A frente dessa iniciativa deve vir a prefeita municipal no seu papel de liderar e assumir responsabilidades.

Move-me neste momento duas razões: primeiro, a garantia básica de atendimento de saúde, como obrigação legal dos administradores e meta de segurança e qualidade de vida a que a cidadania (independente de posição política) tem dever de lutar e colaborar; depois na condição de partidário que abomina submissão e destoa das relações de vassalagem com o poder, preocupa-me que desses percalços possam restar frustradas nossas esperanças de dia melhores e natimorta a promissora carreira política que deveria começar com toda força pra continuar.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

O Ser Político

Uma onda de denúncias contra senadores tem tomado conta do noticiário depois que José Sarney voltou a presidir a Câmara Alta. No fundo de cada escândalo residem práticas políticas nada republicanas e tão antigas quanto o primeiro parlamento a que se tem conhecimento. Já a leitura que se faz de tais fatos, essa sim tem revelado porções cavalares de preconceito e cinismo de órgãos de comunicação e correntes de pensamento político.

O ensejo inicial era execrar a vitória de Sarney como o triunfo do supra-sumo do atraso nacional. A partir daí todas as mazelas de gestões anteriores caíram na conta do maranhense. Miríades de diretorias, gastos excessivos e mordomias mil... Simples. Tudo culpa do ex-presidente.

Mas, o vale-tudo que acabou tomando conta do senado deixou claro que, longe de ser propriedade privada dos “caciques dos grotões”, o problema da transparência afeta dos próceres da oposição conservadora como Tasso dos jatinhos às vestais da esquerda como Tião do celular.

Aqui na Paróquia aconteceu coisa parecida. Alforriado do “diabólico”, o Estado foi entregue aos “anjos” da libertação. Como resultado: a repetição de imposturas, o agravamento de certos vícios e a percepção de que entre o Sarney ufanado de estadista habilidoso que sepultou o arbítrio e o aviltado de oligarca, existe o político contraditório e tão vítima do maniqueísmo quanto qualquer de seus pares, mas, como tais, imprescindível à democracia.

terça-feira, 7 de abril de 2009

Prefeituras Perdem R$ 8 bi com a Crise

Brasília - A crise financeira internacional causará, em 2009, um prejuízo superior a R$ 8 bilhões para os municípios brasileiros por causa da redução do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) com a queda na arrecadação dos impostos. A previsão é da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), que lançou hoje (6) o estudo A Crise Econômica e as Finanças Municipais. Leia a Matéria Completa na Folha do Baixo Parnaíba.