Publicidade

Publicidade

quarta-feira, 22 de março de 2017

UPA: Irmão Gomes Reúne com Instituto IDAC e Confirma Presença na Sessão da Câmara


O superintendente de articulação do governo do estado na região do Baixo Parnaíba, Irmão Gomes, esteve reunido hoje com o senhor Antônio Aragão, representante do Instituto IDAC, acompanhando os últimos preparativos para inauguração da UPA e buscando informações sobre o funcionamento e administração da unidade.    

Em companhia do diretor regional de saúde, Alex Marinho, Irmão Gomes ouviu da direção do IDAC detalhes sobre a UPA como o valor investido pelo estado, custo mensal da unidade, critérios e exigências para a contratação de pessoas e outras informações que ele divulgará na Câmara Municipal durante a sessão desta quinta-feira.

“Fui convidado a comparecer à sessão de quinta-feira na câmara para dialogar com os vereadores sobre a UPA e outras ações do governo do estado em benefício de Chapadinha. Honrado com o convite e em respeito aos parlamentares vou levar a mensagem do governador Flávio Dino que tem feito muito por nossa cidade e pretende ter os vereadores como parceiros de muitas conquistas”, declarou Irmão Gomes.


A sessão da Câmara com a participação de Irmão Gomes acontece nesta quinta-feira, 23, a partir das 16 horas, no Palácio Francisco Almeida Carneiro. 

Saúde de Chapadinha: Incompetência ou Boicote?

Vereadores Fiscalizam HAPA/arquivo

Por mais que o prefeito Magno esteja pessoalmente empenhado em melhorar o quadro da saúde com iniciativas como a inauguração da UPA em parceria com o governo Flávio Dino e ajuda do deputado Levi e com a decisão de abrir 30 novos leitos exclusivos de maternidade, a gestão da Secretaria/HAPA não passa um dia sem reclamações que vão da falta de remédios dos mais simples e baratos a erros no pagamento de salários de médicos e outros servidores.  

Muito diferente do primeiro governo do Dr. Magno, lá pelos anos 2001, quando o “Nota 10” municipalizou e produziu grande avanço na saúde de Chapadinha com três hospitais funcionando com dezenas de médicos, criou uma rede de PSFs, abriu a casa de saúde em São Luís e tantas outros feitos, as falhas do setor hoje são tão absurdas que só podem ser resultado de incompetência militante e insensível ou boicote malicioso.  

A incompetência remeteria a escolha errada que pode e precisa ser corrigida urgente.

O boicote apontaria que alguém com poderes irresistíveis e exagerados impede a equipe da SEMUS de realizar sua tarefa.

Sendo incompetência ou boicote, das duas uma, ou um pouco de ambas, o resultado é péssimo para a imagem do prefeito médico que – até por sua formação profissional – tem obrigação de resolver a confusão e interromper o sofrimento do povo.  

terça-feira, 21 de março de 2017

As Trombadas Contra Vera e Seus Interesses Ocultos

Presidente Vera ao lado de Magno Bacelar

O comando da Câmara Municipal de Chapadinha pela Professora Vera tem sido de longe o mais combatido dos últimos tempos e isso não acontece somente pelo poder do cargo ou pela forma atípica como ela venceu a eleição.

Vera superou vereadores mais antigos e que se achavam mais espertos, colocou no bolso apadrinhados da ex-prefeita Belezinha e driblou nomes da preferência do prefeito Magno, mas tudo isso é apenas pano de fundo da oposição que a presidente enfrenta.

Da colocação em pauta e agilização de matérias do interesse do prefeito aos recursos administrados mensalmente (algo em torno de 7% do FPM) a chefia do poder legislativo tem seus atrativos em Chapadinha e em qualquer município do Brasil, a vontade de tirar a Professora Vera, contudo, tem motivações mais elevadas.

Por trás das trombadas contra Professora Vera está – principalmente – a expectativa de que o presidente da câmara, seja quem for, possa assumir a prefeitura em caso de vacância decorrente do recurso pelo qual a ex-prefeita Belezinha ainda tenta cassar o prefeito Magno e mudar o resultado de outubro em nova eleição.

Se remota possibilidade vagar o cargo de prefeito com base nas decisões da Zona Eleitoral e do TRE, mais improvável ainda, por absoluta falta de tempo, é que consigam tirar Vera antes do julgamento do TSE.

Já se a conspiração continua, isso vai depender do tamanho da omissão ou do aval de Magno aos desafetos da presidente Vera que tem sido leal ao seu governo.     



sexta-feira, 17 de março de 2017

Santa Quitéria: Parceria entre Levi Pontes e Alberto Rocha Garante Asfalto, Viva Cidadão e Restaurante Popular


Uma parceria política entre o deputado Levi Pontes / PC do B e o prefeito Alberto Rocha / PDT começa a render bons frutos para o município de Santa Quitéria.

Por intermédio do deputado Levi, o prefeito Rocha e sua vice-prefeita Ana Cláudia, participaram de audiência com o governador Flávio Dino, na tarde desta quinta-feira(16), no Palácio dos Leões, quando apresentaram uma série de reinvindicações para beneficiar Santa Quitéria.

Entre os pedidos apresentados pelo prefeito Rocha alguns programa do governo do estado como Restaurante Popular e o Viva Cidadão, que já são realidade em Chapadinha por reivindicação do deputado Levi Pontes. O prefeito Alberto Rocha também reivindicou asfalto, reforma e equipamentos para o hospital da cidade, poços artesianos para a zona rural, bloquetes para pavimentação de ruas; uma ambulância, uma viatura policial, abastecimento de água para a Santa Quitéria “Velha” e a reforma da Escola Estadual Cônego Nestor Cunha.

De pronto o governador Flávio Dino assegurou ao prefeito e ao deputado que todos os pedidos serão atendidos e adiantou que ainda neste primeiro semestre será realizado o asfaltamento urbano e instalado o Viva Cidadão. O Restaurante Popular a previsão é de que entre em atividade no segundo semestre de 2017.

“Foi um encontro maravilhoso, os pedidos foram aceitos, agora é só esperar a oficialização das demandas para que elas cheguem ao nosso povo, que tanto precisa e espera por esses benefícios”, disse o prefeito Alberto Rocha.

O deputado Levi agradeceu ao governador por receber a comitiva e atender as reivindicações de Santa Quitéria e se colocou à disposição dos demais município da Região. “Mais uma vez o governador Flávio Dino demonstra muita sensibilidade com os problemas do Baixo Parnaíba atendendo as demandas do prefeito Rocha em favor do povo de Santa Quitéria. Agradeço ao governador e me coloco à disposição de todos os municípios do Baixo Parnaíba”, declarou o deputado Levi Pontes.


O governador Flávio Dino disse que ficou muito feliz em receber os representantes da prefeitura de Santa Quitéria. Ele enfatizou que sua gestão busca otimizar recursos, com a realização de parcerias com os municípios. “Eles saem daqui com a certeza de que suas metas serão cumpridas e que o Governo do Estado dará todo o apoio necessário para melhorar a vida da população de Santa Quitéria”, concluiu o governador.

Com Informações da SECOM/Santa Quitéria

Professores do Maranhão receberam 22,05% de reajuste nos últimos dois anos


Com o aumento de 8%, concedido pelo Governo do Maranhão para todos os educadores do Subgrupo do Magistério da Educação Básica, o governador Flávio Dino garantiu, em 26 meses de gestão, o equivalente a 22,05% de reajuste.
O percentual é superior à inflação do período, que foi de 16,96%, valor superior, também, ao reajuste concedido por outros estados brasileiros. A partir de maio, com o reajuste integral, que está sendo pago em duas parcelas, o Maranhão terá o maior salário para professores de 40 horas em início de carreira do Brasil: R$ 5.384,26.
“A gestão pública estadual no Maranhão com o governador Flávio Dino passa por uma revolução e na educação não é diferente. As coisas devem ser ditas como elas são. No atual governo há verdade, honestidade e trabalho. Muito trabalho. Os avanços são nítidos”, disse o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, ao avaliar as ações da pasta.
Ainda de acordo com o secretário, nos últimos dois anos, o Governo do Maranhão concedeu mil progressões, promoções, titulações e estímulos e reajustou por duas vezes os salários dos professores contratados. “Nenhum professor da rede estadual recebe abaixo do valor do Piso Nacional, sequer no vencimento básico, tanto para 20 horas, quanto para 40 horas”, ressaltou Camarão.

Entre os avanços no sistema de educação do Estado, o Governo realizou eleições para escolher gestores escolares em 2015 e 2016, envolvendo mais 600 mil pessoas das comunidades escolares. “Além da gestão democrática, garantimos melhores condições nas escolas. Até junho chegaremos a mais da metade das escolas com intervenções na rede física”, destacou o gestor.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Irmão Gomes Participa de Reunião e Destaca Papel das Superintendências Regionais

As políticas públicas do Governo do Estado, a relação gestão e comunidades e os resultados alcançados nos últimos dois anos de gestão foram temas dos debates no ‘III Encontro de Superintendentes Estaduais – Atuação Regional: Desenvolvimento e Mudança no Maranhão’.

O evento, realizado na manhã desta quarta-feira (15), no Salão de Atos do Palácio dos Leões, reuniu os 31 superintendentes regionais do Estado para apresentação do atual cenário em todas as regiões do Maranhão, a partir da atuação de cada superintende. No encontro foi articulado o conjunto de ações a ser coordenado e executado, ao longo de 2017, pelas Superintendências Regionais, nos 217 municípios maranhenses.

O secretário de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Márcio Jerry, reforçou que as superintendências mostram sua relevância na articulação das políticas públicas estaduais nos municípios com a efetiva participação das comunidades. “Cumprem uma importante missão articulando o trabalho do Governo em todas as regiões, e, hoje, nesse encontro, vamos avaliar o trabalho, propor a intensificação destas ações e melhorar ainda mais as estratégias com fins a fazer uma gestão cada vez mais próxima das comunidades”, reiterou. O titular da Secap ministrou a palestra de abertura, fazendo análise do tema principal do encontro.

O papel fundamental das superintendências é a articulação das políticas públicas do Governo com a população, informando e ouvindo as comunidades para que suas demandas sejam convertidas em ações, explica o secretário-adjunto de Articulação Regional, Ronaldo Chaves.

“O que avaliamos, nesses dois anos de atuação, é a eficácia deste trabalho de acompanhamento dos importantes programas de Governo e a interlocução exitosa entre comunidades e representantes dos agentes públicos nas regiões. Para o Governo não basta executar ações, é imprescindível ouvir e envolver a população. Esse é o papel das Superintendências Regionais”, enfatizou Chaves.

O evento consolidou as metas da atuação das superintendências em áreas essenciais e consideradas prioridades da gestão, em temas como Saúde, Educação, Infraestrutura e Saneamento Básico. Os superintendentes têm a atribuição de acompanhar todas estas ações, entre elas, o ‘Mais Asfalto’, ‘Escola Digna’, ‘Bolsa Escola’, ‘Iemas’, ‘Sim, eu Posso’ e outros. “Esse monitoramento e fiscalização tem como objetivo garantir o êxito destas ações e que alcancem seu público destinado”, reitera Ronaldo Chaves.



As Superintendências comprovam ainda mais a eficácia considerando o momento que vive o Maranhão, avalia o superintendente regional de Articulação de Chapadinha, Francisco das Chagas Gomes (Irmão Gomes). “Estamos tendo a experiência de viver uma gestão participativa de fato. Na minha região, que sempre foi desassistida, agora a população já tem outra noção do que é governar. E temos nos esforçado para levar as ações do Governo a quem precisa e a população reconhece e participa. Avalio que com esta experiência das Superintendências estamos indo no caminho certo”, afirmou.


No encontro, os gestores regionais puderam, ainda, mostrar os resultados do trabalho desenvolvido em cada região, conhecer experiências de outras regiões e avaliar as ações do Governo em suas localidades. A apresentação do programa ‘Caravana Governo de Todos’, que objetiva levar serviços públicos a todas as regiões do Maranhão, encerrou o evento.